COMPOSIÇÃO QUÍMICA E ATIVIDADE ANTIFÚNGICA DO ÓLEO ESSENCIAL DA ESPÉCIE EUCALYPTUS DUNNI MAIDEN NO CONTROLE DO FUNGO ANTRACNOSE EM VIDEIRAS.

Resumo

O óleo essencial do Eucalyptus Dunni Maiden, espécie de eucalipto muito cultivada na região sul do país, foi avaliado para o controle dos fungos Colletotrichum gloeosporioides e Colletotrichum acutatum.causadores de antracnose em várias culturas de importância econômica e, recentemente, associados a antracnose da videira. A metodologia aplicada para extração do óleo foi a hidrodestilação de arraste a vapor d’água, em aparelho tipo Claisen que possibilitou a separação do hidrolato simplesmente por diferença de polaridade entre a água e o óleo. Além disso, foi possível calcular o rendimento do óleo 1,20 % (v/m) e a densidade absoluta do mesmo 0,835 g/ml. Através do método analítico cromatografia gasosa acoplado a um espectrômetro de massa constatou-se a predominância dos compostos 1,8-cineol (eucaliptol) (52,61%) seguidos por Phytol (8,44%), Linalol (7,11%), α-Calacorene (4,41%) e α- Terpineol (4,26%). Sobre as percentagens de inibição do crescimento micelial (PIC) e de inibição da germinação de esporos (PIG) no C. gloeosporioides os resultados apresentaram valores satisfatórios em todas as quatro concentrações utilizadas de óleo (25%, 50%, 75% e 100%), frente à testemunha, verificando-se o efeito antifúngico, totalmente inibitório pelo óleo essencial, já a partir da concentração de 50% tanto no PIC quanto no PIG. Os valores percentuais de PIC e o PIG no C. acutatum também apresentaram efeito antifúngico em todas as concentrações de óleo utilizadas. Com a concentração de 50% observou-se controle de 88,8% da PIC. Para a PIG já com a concentração de 25% o controle foi de 86,4%. Evidenciando assim que o óleo essencial do E dunni maiden possui uma excelente capacidade de inibir o crescimento e a germinação de conídios dos patógenos responsáveis pela antracnose. 

Biografia do Autor

Ane Cristine Maria Carrafa, UNOESC- Universidade do Oeste de Santa CAtraina
Professora mestre leciona nos campus de  Joaçaba, Campos Novos e Capinzal, na área de quimica abrangendo os componentes curriculares: Quimica geral, Quimica geral experimental, Quimica Organica I e II, Quimica Analítica e Fisico quimica II.
Claudia Aparecida Guginski Piva, UNOESC
Professora mestre leciona componentes curriculares no curso de Agronomia no campus de Campos Novos.
Publicado
24-08-2016
Como Citar
Carrafa, A. C. M., Piva, C. A. G., Almeida Pires, R., & Parizotto, C. (2016). COMPOSIÇÃO QUÍMICA E ATIVIDADE ANTIFÚNGICA DO ÓLEO ESSENCIAL DA ESPÉCIE EUCALYPTUS DUNNI MAIDEN NO CONTROLE DO FUNGO ANTRACNOSE EM VIDEIRAS. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/10770
Edição
Seção
Joaçaba - Pesquisa