CARACTERIZAÇÃO E ESTUDO DA PERMEABILIDADE DO SOLO DA BACIAHIDROGRÁFICA DO RIO PATO ROXO – LACERDÓPOLIS- SC

  • Natália Ernst Kielling ACET-UNOESC
  • Fabiano Nienov ACET-UNOESC
  • Gislaine Luvizão ACET-UNOESC
  • Lucas Zampieri ACET-UNOESC

Resumo

Verificar a taxa de percolação torna-se imprescindível, para uma investigação que analisa a capacidade do solo quanto ao armazenamento ou sua capacidade de ser permeável.  Visando caracterizar e analisar a permeabilidade do solo na Bacia do Rio Pato Roxo localizada Município de Lacerdópolis, alguns ensaios foram realizados em laboratório e in loco. O Munícipio é um dos maiores produtores de suinocultura e muitos dejetos são despejados no solo após passar por esterqueiras, o que pode provocar a contaminação do solo, é indispensável a realização de estudos  para compreender a capacidade  de percolação desse solo. Foram  coletadas 10 amostras por  meio de furos de sondagem realizadas com trado e após submeteu-se a ensaios de granulometria, limite de plasticidade, limite de liquidez e peso específico real dos  grãos. Os resultados permitiram caracterizar o solo encontrado na bacia. Através  das  amostras coletadas o solo apresentou peso específico real dos grãos até 2,88g/cm³, umidade natural de 18 a 44%, sua plasticidade varia de mediamente a fracamente plástica e o solo do local pode ser caracterizado como fino. Para o ensaio de permeabilidade os valores ficaram entre 1,41x10-3 a 9,20x10-5 cm/s, que é considerada uma permeabilidade de média à baixa.

Palavras-Chave: Permeabilidae do solo. Pato Roxo.

 

Biografia do Autor

Fabiano Nienov, ACET-UNOESC
ACET - UNOESC
Publicado
24-08-2016
Como Citar
Ernst Kielling, N., Nienov, F., Luvizão, G., & Zampieri, L. (2016). CARACTERIZAÇÃO E ESTUDO DA PERMEABILIDADE DO SOLO DA BACIAHIDROGRÁFICA DO RIO PATO ROXO – LACERDÓPOLIS- SC. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/10743
Edição
Seção
Joaçaba - Pesquisa