EFEITOS DO TREINAMENTO RESISTIDO UNILATERAL E BILATERAL NA FORÇA MUSCULAR MÁXIMA

Resumo

O treinamento de força é uma das práticas de exercícios físicos mais utilizados e tem se tornado cada vez mais popular nas últimas décadas. Também conhecido como musculação, treinamento de força, exercícios resistidos ou exercício contra resistência, é um método de treinamento desportivo; cujo principal meio de treinamento são os pesos (barras, anilhas, halteres etc.). Deste modo treinamento de força é aquele em que a musculatura se movimenta, ou tenta se mover, contra a resistência gerada por algum tipo de equipamento. Geralmente os praticantes do treinamento de força buscam benefícios como aumento da força e alterações na composição corporal. O presente estudo tem por objetivo verificar os efeitos de treinamento resistido executado de forma unilateral e bilateral na força máxima, bem como verificar alterações relacionadas a hipertrofia muscular. O mesmo caracteriza-se por ser uma pesquisa experimental, no qual a amostra será composta por indivíduos masculinos frequentadores de uma academia de Chapecó e que atendam os seguintes critérios: aceitar fazer uma anamnese nutricional e treinar de forma sistematizada numa frequência de três vezes por semana por um período de 8 semanas, no horário entre as 17:00hs e 22:00hs. Como instrumentos serão realizadas, avaliações físicas antropométricas (estatura, peso, percentual de gordura, circunferência de membros) e, para a predição de 1 RM será utilizada a equação de Baechle e Groves (2000) e os exercícios determinados são: supino reto (articulado), legpress (45º) e rosca bíceps (polia). Em relação a metodologia de treino, será adotado o método multi séries ou séries múltiplas, mesclando exercícios uni-articulares e multi-articulares. Serão utilizados na metodologia 4 séries por exercício, repetições entre 1 e 6, intervalos entre séries de 2 à 3 minutos e cargas entre 80% a 100% de 1 RM. Um grupo treinará durante 8 semanas a uma intensidade entre 80% e 100% (1RM) exercícios propostos de forma unilateral (ambos os membros separadamente) e outro grupo treinará durante 8 semanas a uma intensidade entre 80% e 100% (1RM) exercícios propostos de forma bilateral (membros simultaneamente). Será utilizada análise descritiva e inferencial, utilizando-se de um teste para verificar a normalidade dos dados e a partir disso, será determinado um teste para comparação entre os indivíduos, verificando se houve diferença entre os mesmos, bem como alterações pré e pós período de treinamento.
Palavras-Chave: Força. Treinamento. Unilateral. Bilateral.

Biografia do Autor

Mariluce Poerschke Vieira, Universidade do Oeste de Santa Catarina
Professora Mestre em Ciência do Movimento HumanoCurso Educação Física Lic/Bac - UNOESC- Chapecó 
André Cesar Vial, Universidade do Oeste de santa Catarina

Graduado em Educação Física - Licenciatura - UNOESC - Chapecó

Graduando Em Educação Física Bacharelado - UNOESC - Chapecó.

Publicado
24-08-2016
Como Citar
Vieira, M. P., & Vial, A. C. (2016). EFEITOS DO TREINAMENTO RESISTIDO UNILATERAL E BILATERAL NA FORÇA MUSCULAR MÁXIMA. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/10623
Edição
Seção
Chapecó - Ensino