SANEAMENTO BÁSICO EM SÃO MIGUEL DO OESTE

Autores

  • Janaina Epping Universidade do Oeste de Santa Catarina, Unoesc
  • Larissa dos Santos Universidade do Oeste de Santa Catarina, Unoesc
  • Nivaldir Ferreira de Lima Junior Universidade do Oeste de Santa Catarina, Unoesc

Palavras-chave:

Saneamento Básico, Informação, Conscientização, São Miguel do Oeste

Resumo

A crescente urbanização das cidades ocasionou modificações na qualidade de vida das pessoas, deste modo favorecendo a assistência mínima ao saneamento básico, este assunto vem para melhorar a qualidade de vida da população e atender as necessidades dos indivíduos, para se ter um maciço urbano mais coerente com as condições básicas supridas e a preservação do meio ambiente onde se habita. Dessa forma, este artigo tem como objetivo analisar as condições encontradas de saneamento na cidade de São Miguel do Oeste, fazendo comparações com os dados do IBGE de 2001, e análise das condições apresentadas nos dias atuais. Assim, foram estudados os principais itens condicionantes do saneamento básico. Para isso utiliza-se da pesquisa exploratória com enfoque descritivo, da coleta de dados e informações do IBGE e materiais bibliográficos encontrados e respectiva análise das condições inseridas na cidade. Contudo, ressalta-se a importância de ter conhecimento do ambiente de saneamento básico de qualquer cidade para se ter uma parâmetro para analisar as condições do cenário urbano local. Para tal estudo, utiliza-se os dados da pesquisa, e comparativos destes resultados para análise da situação que a cidade apresenta em relação ao saneamento básico, o mesmo apresenta áreas com maiores déficit e potencialidades, obtendo melhor abrangência dos dados e situação que se encontra a cidade de São Miguel Do Oeste - SC.

Downloads

Publicado

19-07-2021

Edição

Seção

Eixo Temático 1: Cidades inteligentes e sustentáveis