TRABALHO E RENDA NA ECONOMIA URBANA NA CIDADE DE SÃO MIGUEL DO OESTE - SC

Autores

  • Eduarda dos Santos Universidade do Oeste de Santa Catarina, Unoesc
  • Hueliton Pelison Universidade do Oeste de Santa Catarina, Unoesc
  • Ketlin Bach Universidade do Oeste de Santa Catarina, Unoesc
  • Nivaldir Ferreira de Lima Junior Universidade do Oeste de Santa Catarina, Unoesc

Palavras-chave:

Bairro, Trabalho, Renda, Comércio, São Miguel do Oeste.

Resumo

Este trabalho apresenta as características de comércio, indústria e prestação de serviço, trabalho e renda relacionadas aos bairros da cidade de São Miguel do Oeste/SC bem como, números e análises dos dados coletados fornecendo um comparativo analítico bairro/bairro, bairros/cidade, cidade/região e cidade/país. Objetiva-se verificar o funcionamento, as localizações dos comércios e indústrias, quais as rendas dos moradores de cada bairro e organizar esses dados para que, posteriormente, possam ser utilizados para buscar melhorias e soluções em possíveis problemas encontrados. Para levantamento desses dados, utilizou-se pesquisa quantitativa e qualitativa por meio de dados disponíveis pelo censo de 2010 do IBGE. Para os dados de rendimento dos bairros apresentou-se percentagens de pessoas sem rendimento e pessoas com rendimento superior a 10 salários mínimos, podendo, assim, fazer a análise da situação da renda de cada bairro. Os dados do comércio com relação a quantidade de edificações de uso comercial e misto puderam trazer o levantamento da concentração de comércios nos bairros da cidade. O levantamento da quantidade de indústrias demonstra onde há a maior concentração desta atividade dentre os bairros, observando-se os potenciais fatores de concentração das mesmas. A partir disso, pode-se visualizar que o município possui diversas classes socioeconômicas. Sendo os bairros Santa Rita, Progresso e São Luiz (após o centro) com maior percentagem de pessoas desempregadas se comparado com o número de pessoas total do bairro.

Downloads

Publicado

19-07-2021

Edição

Seção

Eixo Temático 1: Cidades inteligentes e sustentáveis