NEUROCIÊNCIA APLICADA À ARQUITETURA: UMA REVISÃO PARA PROJETOS DE ESTABELECIMENTOS DE SAÚDE

Autores

  • João Paulo Lucchetta Pompermaier Especialista em Design de Interiores (UNICSUL). Graduado em Arquitetura e Urbanismo (UCEFF)

Palavras-chave:

Neuroarquitetura, Arquitetura hospitalar, Estabelecimentos de saúde

Resumo

Os estabelecimentos de saúde possuem como focos principais: prevenção, diagnóstico, tratamento, recuperação e manutenção da saúde. Nesse sentido, a arquitetura deve ser um instrumento capaz de contribuir com o processo de cura e promoção da saúde. A humanização dos ambientes já vem sendo falada e discutida a muitos anos. Muito se sabe sobre a importância de se ter um espaço capaz de acolher todos os usuários com as máximas condições de conforto, funcionalidade e segurança. O que também já se sabe, é que o cérebro é frequentemente influenciado pelo ambiente físico e é neste sentido que surge a neuroarquitetura, um termo popular para designar a junção de duas ciências: neurociência e arquitetura. Neste contexto, este trabalho de revisão objetiva compreender os conceitos acerca da neurociência aplicada à arquitetura com foco em projetos de estabelecimentos de saúde. A metodologia adotada consiste em uma pesquisa exploratória com delineamento bibliográfico, baseado em estudos e dados publicados em caráter científico e acadêmico. Através da aplicação de estratégias de neuroarquitetura é possível impactar positivamente os ambientes, seja para o melhor bem-estar dos pacientes ou para melhores condições de trabalho dos profissionais. Os espaços podem fazer as pessoas mais felizes e o bem-estar social, físico e espiritual do ser humano, deve ser o resultado final de qualquer projeto.

Biografia do Autor

João Paulo Lucchetta Pompermaier, Especialista em Design de Interiores (UNICSUL). Graduado em Arquitetura e Urbanismo (UCEFF)

Especialista em design de interiores pela Universidade Cruzeiro do Sul - UNICSUL (2021). Graduado em arquitetura e urbanismo pela Faculdade Empresarial de Chapecó - FAEM/UCEFF (2019).

Downloads

Publicado

19-07-2021

Edição

Seção

Eixo Temático 2: Arquitetura inteligente e sustentável