OS ASPECTOS DE GOVERNANÇA PARA O DESENVOLVIMENTO DE CIDADES INTELIGENTES E SUSTENTÁVEIS

Autores

  • Marcia Domenica Cunico Barancelli Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Pato Branco
  • Rodrigo Bordin Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Pato Branco
  • Jaqueline Martinez Oliva Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Pato Branco
  • Mateus Melo Lempek Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Pato Branco
  • Gilson Gitzel Santos Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Pato Branco
  • Christian Luiz da Silva Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Pato Branco

Palavras-chave:

Cidades Inteligentes, Sustentáveis, Desenvolvimento, Governança

Resumo

A partir da compreensão dos conceitos de Cidades Inteligentes e Sustentáveis e de Governança no contexto do desenvolvimento sustentável, o estudo tem como objetivo analisar a produção científica sobre a contribuição dos aspectos da governança para o desenvolvimento das Cidades Inteligentes e Sustentáveis. Trata-se de uma Revisão Sistemática de Literatura (RSL) nas bases de dados Scopus e Scielo, resultando em uma amostra de 13 artigos selecionados e submetidos a uma análise bibliométrica e de Conteúdo. Evidenciou-se que, “Cidades Inteligentes e Governança”, foram os dois conceitos mais utilizados entre os autores, com foco na cidade e seu aspecto regional. As relações de governança são estabelecidas por meio das competências governamentais, individuais e locais com o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) e da governança colaborativa, também chama atenção o uso da E-comunicação em relação à segurança dos sistemas, políticas públicas e dados públicos. Concluiu-se que os autores chamam a atenção para uma governança participativa, onde o cidadão ocupe um papel central e a tecnologia esteja a seu serviço, de maneira a promover qualidade de vida com foco no desenvolvimento sustentável.

Palavras-chave: Cidades Inteligentes. Sustentáveis. Desenvolvimento. Governança.

 

Biografia do Autor

Marcia Domenica Cunico Barancelli, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Pato Branco

Doutoranda Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional - PPGDR Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR – Pato Branco

Rodrigo Bordin, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Pato Branco

Doutorando Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional - PPGDR/UTFPR – Pato Branco

Jaqueline Martinez Oliva , Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Pato Branco

Mestranda Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional – PPGDR/UTFPR – Pato Branco

Mateus Melo Lempek, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Pato Branco

Especialização em Educação e Gestão Ambiental/Aluno Externo do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional – PPGDR/UTFPR – Pato Branco

Gilson Gitzel Santos, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Pato Branco

Doutor em Administração pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (2009) e mestre em Ciências de Administração e Estudos de Políticas Públicas pela Universidade de Tsukuba (2001), Japão. Possui graduação em Engenharia Industrial Elétrica - Ênfase em Eletrônica/Telecomunicações pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (1993). É professor dos programas de pós-graduação em Desenvolvimento Regional e Engenharia de Produção e Sistemas. Atualmente é professor Titular da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, onde atua desde 1994. Tem experiência acadêmica e profissional na área de Gestão da TI, Cidades Inteligentes e Sustentáveis, atuando principalmente nos seguintes temas: inovação nas cidades, avaliação do desempenho de processos/serviços.

Christian Luiz da Silva, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, Pato Branco

Professor Associado IV da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná). Professor permanente do mestrado e doutorado do Programa de Pós-graduação de Tecnologia e Sociedade (PPGTE), do Programa de Pós-graduação em Planejamento e e Governança Pública (mestrado e doutorado profissional) e do mestrado e doutorado do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Regional (PPGDR). Foi pró-reitor de pesquisa e pós-graduação da UTFPR (2019-2020). Professor visitante da Universidade Sapienza de Roma (2019). Presidente do Observatório da Política Nacional de Resíduos Sólidos desde 2020 e Membro do Observatório das Metrópoles. Graduado em economia, mestre e doutor em engenharia de produção e pós-doutor em administração pela USP. Ganhador do Prêmio Paraná de Economia em 1999, 2002, 2005, 2007 e 2009 e 2010. Escolhido pelos economista como Economista do Ano (2010) na categoria acadêmica, por sua trajetória e atuação na área. Coordenador da Área de Ciências Sociais Aplicadas da Fundação Araucária (2017-2019), coordenador adjunto dos programas acadêmicos da área de Planejamento Urbano e Regional e Demografia da CAPES (2018-2019) e dos Programas Profissionais da mesma área da CAPES (2013-2018). Presidente do Conselho Regional de Economia - 6a. Região/ Paraná em 2005. Líder do grupo de pesquisa em Políticas Públicas e Dinâmica de Desenvolvimento Territorial (PD2T) da UTFPR. Desenvolve pesquisas relacionadas a política e gestão pública para o desenvolvimento local sustentável. Possui 15 livros publicados sobre o tema. Pesquisador do CNPq e da Fundação Araucária.

Downloads

Publicado

19-07-2021

Edição

Seção

Eixo Temático 1: Cidades inteligentes e sustentáveis