PROPOSTA ARQUITETÔNICA PARA IMPLANTAÇÃO DE UM CREMATÓRIO PARA O MUNICÍPIO DE PONTE SERRADA– SC

Autores

  • Caroline Zanchet Arquiteta e Urabanista
  • Rejane Bolzan Lunkes Universidade do Oeste de Santa Catarina, Unoesc

Palavras-chave:

Crematório, Projeto, Morte, Cemitério

Resumo

A proposta deste trabalho é realizar o projeto de um crematório que abrace todas as diferentes culturas e religiões, permitindo que todos possam utilizar o espaço. Através de referencial bibliográfico compreender os conceitos de sepultamento e rituais funerários, suas origens e introduzir a cremação como uma alternativa mais viável e com menos impactos ambientais para este fim. O objetivo deste trabalho é através de um projeto de pesquisa desenvolver a proposta de um anteprojeto de crematório para a cidade de Ponte Serrada. A metodologia utilizada foi a revisão bibliográfica do tema com contextualização arquitetônica sobre os rituais e a morte, informações sobre a cremação e legislações utilizadas no espaço, estudos de caso de dois projetos para ter melhor compreensão sobre o tema proposto, análise da área e inserção urbana do espaço escolhido para implantação do projeto e estudo da proposta arquitetônica contendo pré-dimensionamento, estudo da forma, conceito, partido e materiais utilizados. Os resultados obtidos com este estudo mostram a importância de se adotar uma alternativa mais limpa para a destinação dos corpos, solucionando o problema de superlotação dos cemitérios e melhoria da saúde pública, evitando a contaminação do ambiente por subprodutos cadavéricos gerados pelo processe tradicional de inumação. A implantação de um crematório torna-se uma alternativa viável, visto que com o passar dos anos aumenta a superlotação dos cemitérios, e a necessidade de espaços cada vez maiores para construção de necrópoles.

Downloads

Publicado

19-07-2021

Edição

Seção

Eixo Temático 2: Arquitetura inteligente e sustentável