PRESERVAÇÃO DA ARQUITETURA ITALIANA E ALEMÃ NA REGIÃO SUL DO BRASIL

Autores

  • Luana Pellin Universidade do Oeste de Santa Catarina, Unoesc
  • Inara Pagnussat Camara Universidade do Oeste de Santa Catarina, Unoesc

Palavras-chave:

Colonização; Patrimômio arquitetônico; preservação.

Resumo

As transformações sociais ocorridas na Europa, principalmente no século XVIII, afetaram não somente aquele continente, mas também influenciaram a cultura na região Sul do Brasil. A imigração de italianos e alemães manifestou-se em todo o país, porém ao sul tiveram notável expressão, formando núcleos urbanos importantes, os quais carregam as tradições até os dias atuais. Este artigo busca compreender a influência da arquitetura italiana e alemã na região Sul utilizando-se de estudos de caso de edificações em cidades que foram colonizadas basicamente por uma nacionalidade. Esta pesquisa é um recorte de uma pesquisa maior onde, serão apresentados aqui duas construções de forte caráter arquitetônico, cultural e turístico e comparadas suas técnicas e elementos construtivos para compreender o que são traços típicos e o que são releituras e adaptações locais. Elaboraram-se tabelas comparativas entre as duas culturas, e em uma segunda etapa desta pesquisa, contrapõem-se as técnicas e elementos com a cidade de Videira/SC. A cidade de Videira/SC, possui sua formação política, seu desenvolvimento econômico e social, diretamente ligado à estas duas origens, as quais foram marcantes na colonização do município. Conforme os estudos avançam, fica clara que as técnicas e materiais empregados tiveram que ser adaptados ao novo território, ao clima e aos saberes construtivos perpassados por décadas de colonização.

Biografia do Autor

Inara Pagnussat Camara, Universidade do Oeste de Santa Catarina, Unoesc

Arquiteta e Urbanista (UPF-2013); Especialista em Arquitetura Comercial (IMED-2015); Especialista em Metodologia de Ensino na Educação Superior (UNINTER-2018); Mestre em Arquitetura e Urbanismo (IMED-2018); Especialização em andamento em Planejamento Urbano (2018-2020).

Downloads

Publicado

19-07-2021

Edição

Seção

Eixo Temático 2: Arquitetura inteligente e sustentável