A Proteção da imagem da pessoa e a divulgação de informação de processos judiciais sem trânsito em julgado

  • Rafaella Zanatta Caon Kravetz UNOESC

Resumo

Este artigo trata sobre a necessidade de proteção aos direitos fundamentais a imagem, honra e intimidade. Não se discute o fato de que a Constituição é a lei maior de um país. A ela devemos obediência sem qualquer indagação, mormente estar a mesma posicionada no topo hierárquico das normas. Contudo, em razão da atuação desenfreada da imprensa na cobertura de crimes, alguns preceitos ordinários e constitucionais acabam violados. Quer o presente trabalho retratar a grande discussão acerca da proteção à imagem da pessoa e a divulgação de processos judiciais sem trânsito em julgado, no intuito de preservar os princípios constitucionais.

Biografia do Autor

Rafaella Zanatta Caon Kravetz, UNOESC
Área de Ciências Sociais Aplicadas
Publicado
11-11-2011