INVESTIGAÇÃO NARRATIVA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE QUÍMICA

  • Aline Machado Dorneles Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
  • Maria do Carmo Galiazzi Universidade Federal do Rio Grande (FURG)

Resumo

No presente artigo apresenta-se um processo de investigação narrativa na formação de professores de Química, a partir de narrativas das experiências de formação e de experiências pedagógicas vividas no meu fazer profissional de professora universitária em início de carreira. Para isso, faz-se uma articulação das histórias de uma das pesquisadoras no campo da pesquisa narrativa, com compreensões teóricas e, assim, constroem-se argumentos a respeito da importância desse modo de fazer pesquisa, em que o professor, pela escrita narrativa, torna-se autor da sua prática educativa. Nesse sentido, entende-se que as experiências, quando documentadas de forma narrativa, potencializam os processos colaborativos de conversa, de leitura, escrita e reescrita, na formação de professores de Química

Palavras-chave: Investigação narrativa. Formação de Professores. Experiência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline Machado Dorneles, Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
Licenciada  em  Química.  Mestre em  Educação  em  Ciências.  Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências da FURG. Professora assistente da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). 
Maria do Carmo Galiazzi, Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
Doutora  em  Educação.  Professora Associada  da Escola  de  Química  e Alimentos e do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências da Universidade Federal do Rio Grande  (FURG).
Publicado
23-03-2016
Como Citar
MACHADO DORNELES, A.; DO CARMO GALIAZZI, M. INVESTIGAÇÃO NARRATIVA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE QUÍMICA. Roteiro, v. 41, n. 1, p. 179-196, 23 mar. 2016.
Seção
Dossiê A narrativa na pesquisa e na formação docente