AUTORREGULAÇÃO: O USO DE DIÁRIOS DE ESTUDO POR ALUNOS DO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

  • Maria Fernanda Kosour de Oliveira PUC Campinas
  • Jussara Cristina Barboza Tortella PUC Campinas

Resumo

Este trabalho é um recorte de uma pesquisa de mestrado em que foi analisada
a utilização dos diários de estudo no âmbito dos processos da autorregulação.
Trata-se de uma pesquisa descritiva com análise de dados qualitativos e quantitativos. Participaram do estudo 99 alunos do 5º ano do Ensino Fundamental. A coleta de dados foi realizada diretamente do conteúdo dos diários de estudo e do Inventário de Processos de Autorregulação da Aprendizagem (IPAA). A análise qualitativa do conteúdo dos diários revelou a importância da utilização desse instrumento, enquanto os dados do instrumento IPAA indicaram que a diferença entre o pré e o pós-teste é acentuada e estatisticamente significativa. Os resultados sugerem que o tempo para a consolidação da aprendizagem das estratégias autorreguladoras é fator preponderante.
Palavras-chave: Autorregulação. Diário de estudo. Ensino Fundamental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Fernanda Kosour de Oliveira, PUC Campinas
Mestre em Educação pela Pontificia Universidade Católica de Campinas
Jussara Cristina Barboza Tortella, PUC Campinas
Professora do Programa de Mestrado em Educação da Pontificia Universidade Católica de Campinas
Publicado
26-10-2015
Como Citar
KOSOUR DE OLIVEIRA, M. F.; BARBOZA TORTELLA, J. C. AUTORREGULAÇÃO: O USO DE DIÁRIOS DE ESTUDO POR ALUNOS DO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL. Roteiro, v. 40, n. 2, p. 395-418, 26 out. 2015.
Seção
Artigos