OS FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO MODERNA SOB SUSPEITA: A CRÍTICA PÓS-ESTRUTURALISTA E A PRODUÇÃO DE IDENTIDADES E DIFERENÇAS

  • Sirley Lizott Tedeschi Universidade Estadual de Mato Grosso Do Sul
  • Ruth Pavan Universidade Católica Dom Bosco

Resumo

No texto analisam-se os fundamentos da educação moderna e as implicações
na produção das identidades e diferenças dos sujeitos. Toma-se como referência
o campo teórico pós-estruturalista e se entende que a educação na modernidade incorpora o conceito de sujeito epistêmico e a pedagogia do método e das técnicas de ensino. Reporta-se aos estudos de Nietzsche e Foucault em uma tentativa de pensar a educação, considerando a natureza produtiva do poder, sua relação com o saber e a produção de identidades e diferenças. Esses autores possibilitam contestar as identidades hegemônicas produzidas pela racionalidade moderna mostrando sua constituição no mundo cultural e social e abrindo espaços para a constituição de outras subjetividades, outras identidades, outras diferenças.
Palavras-chave: Modernidade. Educação. Identidade. Diferença.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sirley Lizott Tedeschi, Universidade Estadual de Mato Grosso Do Sul
Professora da Universadidade Estadual de Mato Grosso do Sul - UEMS e Doutoranda em Educação na Universidade Católica Dom Bosco - UCDB
Ruth Pavan, Universidade Católica Dom Bosco

Professora do Programa de Pós-graduação em Educação – Mestrado e Doutorado – Universidade Católica Dom Bosco (UCDB)/Campo Grande.

 

Publicado
26-10-2015
Como Citar
LIZOTT TEDESCHI, S.; PAVAN, R. OS FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO MODERNA SOB SUSPEITA: A CRÍTICA PÓS-ESTRUTURALISTA E A PRODUÇÃO DE IDENTIDADES E DIFERENÇAS. Roteiro, v. 40, n. 2, p. 357-376, 26 out. 2015.
Seção
Artigos