TEORIA CRÍTICA, EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE / Critical theory, education and diversity

  • Hans-Georg Flickinger

Resumo

O recurso a alguns motivos, que levaram Max Horkheimer a elaborar sua
Teoria Crítica, providencia o fio condutor para apontar alguns dos pressupostos mais
questionáveis da Pedagogia hoje em voga, a qual se alimenta dos impulsos por esse autor, assim chamada de Teoria Tradicional. Entre as falhas mais graves dessa teoria no contexto pedagógico constam a virada empirista, o conceito ambíguo de competência e a cegueira referente ao enraizamento das diretrizes pedagógicas no status quo
da sociedade (neo)liberal. É a partir da legitimação do olhar crítico, defendido por Horkheimer, que se propõem algumas correções profundas na construção do espaço pedagógico.
Palavras-chave: Teoria tradicional. Teoria crítica. Pedagogia de aceitação. Pedagogia de resistência. Max Horkheimer.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
26-11-2014
Como Citar
FLICKINGER, H.-G. TEORIA CRÍTICA, EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE / Critical theory, education and diversity. Roteiro, p. 25-38, 26 nov. 2014.
Seção
Dossiê Educação, diversidade e ação pedagógica