O MUSEU VIRTUAL DE ARTE COMO ESPAÇO DE EDUCAÇÃO ESTÉTICA / The virtual museum of art as a place of aesthetic education

  • José Albio Moreira de Sales Universidade Estadual do Ceará - UECE, Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE/UECE
  • Gardner de Andrade Arrais Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE, Universidade Estadual do Ceará - UECE
  • Isabel Maria Sabino de Farias Programa de pós-Graduação em Educação - PPGE/UECE, Universidade Estadual do Ceará - UECE

Resumo

Este artigo discutiu possibilidades de educação estética, tomando por amostra museus disponibilizados na Internet em domínio brasileiro (.br). O objetivo foi compreender como as experiências de alunos de Licenciatura em Artes Visuais, com museus virtuais, interferem em seus processos de formação e quais possibilidades de educação estética se apresentam nesses espaços. A investigação caracteriza-se como pesquisa-ação. Os dados foram coletados em um curso no qual participaram 11 alunos de graduação. Os encontros foram registrados em áudio dos diálogos reflexivos e registros escritos nos fóruns e e-portfólios. As análises apontaram que as concepções de museus virtuais estão permeadas pelas práticas presenciais e que há uma gama de possibilidades de educação estética em museus virtuais.

Palavras-chave: Educação estética. Museus virtuais de arte. Experiência estética. Diálogos reflexivos. Formação de professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Albio Moreira de Sales, Universidade Estadual do Ceará - UECE, Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE/UECE
Doutor em História com tese sobre História da Arte pela Universidade Federal de Pernambuco (2001) e estágio de pós-doutorado em Ciências da Educação na Universidade do Porto em Portugal (2009). Mestre em Desenvolvimento Urbano e Regional pela Universidade Federal de Pernambuco (1996), Bacharel em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Ceará (1991) e Licenciado em Arte e Educação pela Faculdade Integrada da Grande Fortaleza (2013) . Atualmente é Professor Adjunto M da Universidade Estadual do Ceará. Pesquisador da área de Educação com experiência nas seguintes temáticas: docência e ensino de arte; história da arte;arquitetura escolar e patrimônio artístico e cultural. Coordenador do grupo de pesquisa Investigação em Arte, Ensino e História - IARTEH.
Gardner de Andrade Arrais, Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE, Universidade Estadual do Ceará - UECE
Aluno do Doutorado em Educação PPGE/UECE (2014). Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE/UECE (2013). Especialista em Didática pela UECE (2012). Graduado em Pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará-UECE (2011). Coordenador de Estudos e de Formação da Rede de Educadores de Museus do Ceará - REM-CE (2013). Membro do grupo de pesquisa Investigação em Arte, Ensino e História - IARTEH.
Isabel Maria Sabino de Farias, Programa de pós-Graduação em Educação - PPGE/UECE, Universidade Estadual do Ceará - UECE
Doutora em Educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC), com estágio pós-doutoral pela UNB. Licenciada em Pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Professora do Curso de Pedagogia e do Programa de Pós-Graduação em Educação (Mestrado e Doutorado) da UECE. Coordenou o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID na UECE (2010 a 2013). Líder do grupo de pesquisa Educação, Cultura Escolar e Sociedade (EDUCAS), onde desenvolve estudos sobre desenvolvimento profissional docente, inovação, pesquisa e ensino na universidade. Atualmente investiga como docentes da Educação Básica que participam do PIBID se desenvolvem, iniciativa em rede (UECE, UFOP-MG e UNIFESP/SP) apoiada pelo Edital CAPES 2012 -OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO.
Publicado
25-09-2014
Como Citar
SALES, J. A. M. DE; ARRAIS, G. DE A.; FARIAS, I. M. S. DE. O MUSEU VIRTUAL DE ARTE COMO ESPAÇO DE EDUCAÇÃO ESTÉTICA / The virtual museum of art as a place of aesthetic education. Roteiro, v. 39, n. 2, p. 487-514, 25 set. 2014.
Seção
Artigos