A LEGISLAÇÃO PARA O ENSINO DE ARTE E MÚSICA (1985-2008)

  • Wilson Lemos Junior Instituto Federal do Paraná (IFPR)/ Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR)
  • Maria Elisabeth Blanck Miguel Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).

Resumo

O presente artigo teve por objetivo analisar a situação do ensino de arte e música na legislação brasileira entre os anos 1985 e 2008. Foram analisados quatro documentos oficiais educacionais: a Lei de Diretrizes e Bases (LDB) n. 9.394 de 1996, os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) de 1997-1998, as Diretrizes Curriculares para o ensino superior de música, e a Lei n. 11.769 de 2008, que torna o ensino de música obrigatório nas escolas brasileiras. Objetivou-se traçar um panorama da situação atual da legislação acerca do ensino de arte e música, avaliando a importância e as inconsistências desse conteúdo nas escolas brasileiras.

Palavras-chave: Educação musical. Legislação educacional brasileira. Arte.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wilson Lemos Junior, Instituto Federal do Paraná (IFPR)/ Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR)
Doutorando em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) e Mestre em Educação pela UFPR. É professor de Arte e Música do Instituto Federal do Paraná (IFPR). Desenvolve pesquisas acerca da história do ensino de música no Paraná e no Brasil.
Maria Elisabeth Blanck Miguel, Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).

Doutora em História e Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Mestre em Educação – Currículo, pela Universidade Federal do Paraná. Pesquisadora PQ da Fundação Araucária, PR coordena atualmente o Programa de Pós-Graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).

Publicado
12-03-2014
Como Citar
JUNIOR, W. L.; MIGUEL, M. E. B. A LEGISLAÇÃO PARA O ENSINO DE ARTE E MÚSICA (1985-2008). Roteiro, v. 39, n. 1, p. 171-184, 12 mar. 2014.
Seção
Artigos