Casos de ensino: notas sobre uma estratégia de pesquisa e formação de professores

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18593/r.v46.27340

Palavras-chave:

casos de ensino, estratégia de pesquisa, possibilidade metodológica, formação de professores

Resumo

Este artigo apresenta discussão sobre casos de ensino, caracterizados como sendo uma produção escrita direcionada para a problematização de uma determinada temática, podendo resultar numa potente oportunidade de procedimento de pesquisa, mas também uma possibilidade formativa no campo da formação de professores. A literatura sobre casos, principalmente no âmbito da Educação, ainda é escassa, com poucas pesquisas e discussão sobre o assunto. Desse modo, neste texto, além de uma revisão conceitual (MIZUKAMI, 2006; ROESCH, 2007; MUSSI, 2007; LACERDA, 2011), também apresentamos um caso na integra, juntamente com a análise e orientações para sua utilização com professores. Esperamos que este artigo contribua para a utilização de casos de ensino como uma estratégia metodológica e de formação de professores e, com isso, amplie a divulgação dessa estratégia entre os pesquisadores em Educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marta María Olmo Extremera, Universidade Isabel I

Professora da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Isabel I (EaD), Burgos (Espanha). Pós- doutorado (CNPq) em Universidad Estadual do Ceará (UECE) (2019). Professora convidada do Programa de Postgraduação em Educação da UniRio. Doutora em Ciências da Educação pela Universidade de Granada (2017). EdD degree em Liderança e aprendizagem em organizações educativas. London Center for Leadership and Learning. Institute of Education (IOE) (2013). Mestrado em Coaching Pessoal e Ejetucive pela Universidade Camilo José Cela de Madrid (2012). Licenciatura em Pedagogia pela Universidade de Granada (2010) .Membro ativo da Rede de Pesquisa em Liderança e Melhoria da Educação (RILME). Pesquisadora do grupo de pesquisa, Formação de Professores focado na escola (FORCE), HUM-386. Universidade de Granada (UGR), Espanha. Pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Profissão e Formação Docente (GEPROD), da UFRJ. Pesquisadora colaboradora Educação, Cultura Escolar e Sociedade (EDUCAS), UECE. Entre os campos para se destacar em que trabalha são: - Liderança educativa - Liderança Resiliente - Formação em Diretores de Escola - Resiliência em Professores e Diretores - Formação continua e permanente de Professores e Diretores - Didática - TIC e espaços virtuales de formação - Inteligencia Emocional em Professores e Diretores - Técnicas de Método Qualitativos (biográfico-narrativa, estudo de casos, etnografía, etc.,) - Análise de dados Qualitativos.

Maria Mikaele Silva Cavalcante, Universidade Estadual do Ceará

Doutoranda e Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (PPGE-UECE). Graduada em Pedagogia pela mesma instituição. Professora vinculada ao curso de Pedagogia do Centro de Educação, Ciências e Tecnologia da Região dos Inhamuns (CECITEC) da UECE. Pesquisadora colaboradora no Grupo de Pesquisa Educação, Cultura Escolar e Sociedade (EDUCAS). Desenvolve pesquisas na área de Educação, precisamente sobre formação de professores, inserção profissional, permanência e evasão no magistério e desenvolvimento profissional docente.

Referências

ALARCÃO, I. Professores reflexivos em uma escola reflexiva. São Paulo: Cortez, 2003.

CAVALCANTE, M. M. da S.; FARIAS. I. M. S. Permanecer na docência. Revista Educação em Questão, Natal, v. 58, n. 58, p. 1-24, e-22474, out./dez. 2020.

CAVALCANTE, M. M. da S. Permanecer ou evadir da docência? Estudo sobre perspectivas de professores iniciantes egressos do Pibid UECE. 2018. 156 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2018.

DOMINGUES, I. M. C. S. Os casos de ensino como “potenciais reflexivos” no desenvolvimento profissional dos professores da escola pública. 2007. 157 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, 2008.

DOMINGUES, I. M. C. S. Desenvolvimento profissional de professoras alfabetizadoras em ambiente virtual de aprendizagem: contribuições de casos de ensino. 2013. 259 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2013.

FARIA, M.; FIGUEIREDO, K. F. Casos de ensino no Brasil: análise bibliométrica e orientações para autores. Revista de Administração Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 17, n. 2, art. 3, p. 176-197, mar./abr. 2013.

FARIAS, I. M. S. de. Uso de casos de ensino no desenvolvimento docente. Programa de disciplina. Programa de Pós-Graduação em Educação. Fortaleza: UECE, 2017. Mímeo.

FONSECA, M. P. Porque desisti de ser professora: um estudo sobre a evasão docente. 2013. 135 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade de Brasília, Brasília, DF, 2013.

FREIRE, P. Professora sim, tia não: cartas a quem ousa ensinar. São Paulo: Olho d’Água, 1997.

GARCÍA, C. M. Formação de profesores para uma mudança educativa. Porto: Porto Editora, 1999.

GARCÍA, C. M. O professor iniciante, a prática pedagógica e o sentido da experiência. Formação Docente, Belo Horizonte, v. 2, n. 3, p. 11-49, ago./dez. 2010.

GIL, A. C. Elaboração de casos para o ensino de administração. Contextus -

Revista Contemporânea de Economia e Gestão, Fortaleza, v. 2, n. 2, p. 7-16, 2004.

GRAHAM, A. Como escrever e usar estudos de caso para ensino e aprendizagem no setor público. Brasília, DF: ENAP, 2010.

LACERDA, C. R. A experiência do exercício da profissão e o saber ensinar: estudo com professores dos cursos de bacharelado. 2011. 249 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011.

MENEZES, M. A. A. Do método do caso ao case: a trajetória de uma ferramenta pedagógica. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 35, n. 1, p. 129-143, jan./abr. 2009.

MERSETH, K. K. Case studies and teacher education. Teacher Education Quartely, v. 17, n. 1, p. 53-61, 1990.

MERSETH, K. K. Cases and case methods in teacher education. In: SIKULA, J. (ed.). Handbook of research on teacher education. New York: Macmillan, 1996. p. 722-744.

MERSETH, K. K. Foreword: a rationale for case-based pedagogy in teacher education. In: LUNDEBERG, M. A.; LEVIN, B. B.; HARRINGTON, H. L. (ed.). Who learns what from cases andhow? The research base for teaching and learning with cases. New Jersey: Lawrence Erlbaum Associates, 1999. p. IX-XV.

MIZUKAMI, M. G. N. Casos de ensino e aprendizagem profissional da docência. In: ABRAMOWICZ, A.; MELLO, R. R. (org.). Educação: pesquisas e práticas. Campinas: Papirus, 2000. v. 1. p. 139-161.

MIZUKAMI, M. G. N.; DOMINGUES, I. M. C. S.; SARMENTO, T. Os casos de ensino na formação-investigação de professores dos anos iniciais. In: DORNELLES, L. V.; FERNANDES, N. (org.). Perspectivas sociológicas e educacionais em estudos da criança: as marcas das dialogicidades luso-brasileiras. 1. ed. Braga, Portugal: Editora da Universidade do Minho, 2012. v. 1. p. 1-15.

MIZUKAMI, M. G. N. Escola e aprendizagem da docência: processos de investigação e formação. São Carlos: EdUFSCar, 2002.

MIZUKAMI, M. G. N. Formadores de professores, conhecimentos da docência e casos de ensino. In: REALI, A. M. M. R.; MIZUKAMI, M. G. N. (org.). Formação de professores: práticas pedagógicas e escola. 1. ed. São Carlos: EdUFSCar, 2010. p. 151-174.

MIZUKAMI, M. G. N. Roteiro de atividade: “construa um caso de ensino”. Disciplina: Formação de professores. São Carlos: UFSCar, 1998. Mimeografado.

MUSSI, A. de A. Docência no ensino superior: conhecimentos profissionais e processos de desenvolvimento profissional. 2007. 189 f. Tese (Doutorado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica de Campinas, São Paulo, 2007.

NONO, M. A. Caso de ensino e professores iniciantes. 2005. 238 f. Tese (Doutorado em Educação) – Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2005.

NONO, M. A.; MIZUKAMI, M. da G. N. Casos de ensino e processos de aprendizagem profissional docente. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, DF, v. 83, n. 203-205, jan./dez. 2002a.

NONO, M. A.; MIZUKAMI, M. da G. N. Possibilidades Formativas e Investigativas de Casos de Ensino. Olhar de professor, Ponta Grossa, v. 5, n. 1, p. 115-132, 2002b.

NONO, M. A.; MIZUKAMI, M. da G. N. Processos de formação de professoras iniciantes. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, DF, v. 87, n. 217, p. 382-400, set./dez. 2006.

ROCHA, S. A. Casos de ensino como possibilidade de reflexão sobre a docência na pós-graduação. Ensino em Re-vista, Uberlândia, v. 19, n. 1, p. 159-166, jan./jun. 2012.

ROESCH, S. M. A. Casos de ensino em administração: notas sobre a construção de casos para ensino. RAC - Revista de Administração Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 11, n. 2, p. 213-234, abr./jun. 2007.

RODRIGUES, Á. M. R. O silêncio e a transgressão: contribuições das narrativas de uma menina e de um menino com trajetórias marcadas pelo insucesso na leitura e na escrita. 2009. 196 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, 2009.

SHULMAN, J. H. (ed.). Case methods in teacher education. New York: Teachers College, 1992a.

SHULMAN, L. S. Toward a pedagogy of cases. In: SULMAN, J. (ed.). Case methods in teacher education. New York: Teachers College, 1992b. p. 1-30.

STAKE, R. E. Case studies. In: DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. (ed.). Handbook of qualitative research. London: SAGE Publications, 1994. p. 236-247.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

ZEICHNER, K. M. A formação reflexiva de professores: idéias e práticas. Universidade de Lisboa, Lisboa: Educa, 1993.

Publicado

08-07-2021

Como Citar

EXTREMERA, M. M. O.; CAVALCANTE, M. M. S. Casos de ensino: notas sobre uma estratégia de pesquisa e formação de professores. Roteiro, [S. l.], v. 46, 2021. DOI: 10.18593/r.v46.27340. Disponível em: https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/roteiro/article/view/27340. Acesso em: 28 set. 2021.

Edição

Seção

Seção temática: Casos de Ensino na pesquisa e na formação de professores