Educação e questões contemporâneas na África do Sul: um olhar a partir da crise no ensino superior

Palavras-chave: África do Sul, Educação, Educação Superior, Movimentos Sociais

Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar aspectos históricos, tanto quanto uma breve conceptualização da situação socioeconômica contemporânea da África do Sul. A reflexão teórica deste artigo articula a participação de ambos os autores no movimento da juventude, "Taxas Deverão Cair" (Fees Must Fall). Com base nisso, pretende debater sobre as questões contemporâneas no campo da Educação Superior na África do Sul. Semelhante à realidade brasileira, desde 2015 houve um aumento de um movimento de estudantes exigindo educação gratuita e uma reforma decolonial do currículo do ensino superior, tanto quanto a justiça de gênero e racial. O movimento "Fees Must Fall" conduziu à, mas também protestou contra a militarização do campi, a prisão de estudantes, a depredação, o incêndio criminoso e a violência dos diferentes lados. A chamada crise da Educação Superior na África do Sul tornou propício um amplo debate na sociedade, tanto quanto serviu de modelo para muitas lutas de estudantes em outros contextos. Este artigo falará da realidade do envolvimento com estudantes para debater sobre a situação política e econômica na África do Sul e seu impacto no campo da educação superior. Metodologicamente, o artigo estabelece um debate bibliográfico sobre as razões sociais e econômicas da crise contemporânea. A conclusão dele aponta para uma lista de alguns dos motivos da crise da educação superior na África do Sul.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Felipe Gustavo Koch Buttelli, Theology of Development ProgrammeSchool of Religion, Philosophy and Classics University of KwaZulu-NatalSouth Africa

Felipe Gustavo Koch Buttelli é teólogo luterano formado na Escola Superior de Teologia (Faculdades EST). Possui mestrado em Teologia Prática pela mesma instituição. Doutor em Teologia Sistemática pelas Faculdades EST, tendo realizado parte do doutorado sanduíche na University of Stellenbosch, na África do Sul. Felipe Buttelli tem experiência docente na área das Ciências da Religião (USJ), filosofia, ética e filosofia da educação (FMP). Realizou pesquisa de pós-doutorado junto à Faculdades EST (2014-2015), tendo sido bolsista do Programa Nacional de Pós-Doutorado (CAPES). Atualmente, é pesquisador de pós-doutorado da University of KwaZulu-Natal (UKZN), em Pietermaritzburg, África do Sul.

Clint Le Bruyns, Senior LecturerDirector of Theology and Development ProgrammeSchool of Religion, Philosophy and ClassicsUniversity of KwaZulu-Natal

PhD in Systematic Theology

Senior Lecturer
Director of Theology and Development Programme
School of Religion, Philosophy and Classics
University of KwaZulu-Natal

Referências

BADIOU, A. Being and event. Tradutor: O. Feltham. London: Continuum, 2005.

BDS. 18 Highlights of BDS Impact in 2018. Available in: https://bdsmovement.net. Access in: 22 Feb. 2019.

BIKO, S. I Write What I Like. A selecting of his writings. Johannesburg: Picador Africa, 2004.

BOND, P. A Desorientação do ‘Estado Desenvolvimentista’ na África do Sul. In: OLIVEIRA, F.; BRAGA, R.; RIZEK, C. (org.). Hegemonia às Avessas. São Paulo: Boitempo, 2010.

BUTLER, A. Contemporary South Africa. 2. ed. Contemporary States and Societies. Hampshire: Palgrave Macmillan, 2009.

BUTTELLI, F. G. K. E a luta continua: propostas para uma teologia pública libertadora para o desenvolvimento construída em diálogo com a reflexão teológica sul-africana. São Leopoldo: EST/PPG, 2013.

BUTTELLI, F. G. K.; LE BRUYNS, C. “#FeesMustFall as social movement and emancipatory politics? Moving towards an apocalyptic theological praxis outside the limits of party politics”. Teologiese Studies/Theological Studies, Pretoria, ano 73, v. 3, 2017.

CABAÇO, J. L. Do Apartheid ao Neoliberalismo. In: OLIVEIRA, F.; BRAGA, R.; RIZEK, C. (org.). Hegemonia às Avessas. São Paulo: Boitempo, 2010. p. 319-335.

DE GRUCHY, J.; DE GRUCHY, S. The Church Struggle in South Africa. 3. ed. London: SCM Press, 2004. 25th Anniversary Edition.

DUNCAN, J. Protest nation: The right to protest in South Africa. UKZN Press: Pietermaritzburg, 2016.

GIBSON, J. L. Truth, Reconciliation, and the Creation of a Human Rights Culture in South Africa. Law & Society Review, v. 38, n. 1, p. 5-40, 2004.

GUMEDE, W. Restless Nation: Making sense of troubled times. Cape Town: Tafelberg, 2012.

HABERMAS, J. Mudança estrutural da esfera pública: investigações quanto a uma categoria da sociedade burguesa. Tradução: Flávio R. Kothe. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2003.

HEFFERNAN, A.; NIEFTAGODIEN, N. (ed.). Students must rise, youth struggle in South Africa before and beyond Soweto ’76. Wits University Press: Johannesburg, 2016.

IULIANELLI, J. A. S. Pobreza, Riqueza e Economia. Uma revisão da literatura sobre causalidades da pobreza no Brasil. In: MSHANA, R.; GIESE, N. (org.). Pobreza, Riqueza e Ecologia. Perspectivas Ecumênicas da América Latina e Caribe. São Leopoldo: Sinodal/CLAI, 2009. p. 92-131.

KAMANZI, B. (org.). Pathways to Free Education: From Pamphlets to Action. Third World Education and Social Welfare Programmes. 2017. v. 3.

KARIS, T.; GERHART, G. From Protest to Challenge. A documentary history of African Politics in South Africa 1882-1990. Johannesburg: Jacana Media, 2013.

KROG, A. Begging to be Black. Cape Town: Random House Struik, 2009.

LEFKO-EVERETT, K.; GOVENDER, R.; FOSTER, D. Rethinking reconciliation. Evidence from South Africa. Johannesburg: HSRC, 2017.

MABASA, K. The Rebellion of the Born Unfrees: Fallism and Neo-colonial Corporate University. Strategic Review for Southern Africa, v. 39, n. 2, Nov. 2017.

MATLWA, K. Period of Pain. Johannesburg: Jacana Media, 2017.

MDA, Z. Ways of Dying. Johannesburg: Oxford University Press, 1995.

MIGNOLO, W. (ed.). Globalization and the Decolonial Option. New York: Routledge, 2013.

MISHRA, P. The Age of Anger. A history of the present. London: Penguin Books, 2017.

MPOFU-WALSH, S. Democracy and Delusion: 10 myths in South African Politics. Cape Town: Tafelberg, 2017.

MSILA, V. Decolonizing Knowledge for Africa’s Renewal: Examining African perspectives and philosophies. Johannesburg: Knowledge Resources, 2017.

MSIMANG, S. Always Another Country: a memoir of exile and home. Jonathan Cape Town: Ball Publishers, 2017.

NAIDOO, L. A. Contemporary student politics in South Africa: The rise of the black-led student movements of #RodhesMustFall and #FeesMustFall in 2015. In: HEFFERNAN, A.; NIEFTAGODIEN, N. (ed.). Students must rise, youth struggle in South Africa before and beyond Soweto ’76. Wits University Press: Johannesburg, 2016. p. 180-190.

NEOCOSMOS, M. Constructing the domain of freedom: Thinking politics at a distance from the state. Journal of Contemporary African Studies, United Kingdom, v. 34, n. 3, p. 332-347, 2016.

NXADI, J. Letter to Academy. In: PUBLICA[C]TION Collective. Publica[c]tion. Johannesburg, p. 4, 2017.

PUBLICA[C]TION Collective. Publica[c]tion. Johannesburg, 2017.

QUNTA, C. Why we are not a Nation. Johannesburg: Serisi Sa Sechaba, 2016.

RAMPHELE, M. Laying Ghosts to Rest. Dilemmas of the transformation in South Africa. Cape Town: Tafelberg, 2010.

RESTREPO, E.; ROJAS, A. Inflexión Decolonial: fuentes, conceptos y Cuestionamientos. Universidad del Cauca: Colombia, 2012.

SECTION27. #Justice4Michael: The family’s day in court to commence on Monday. 2017. Available in: http://section27.org.za/2017/11/justice4michael-the-familys-day-in-court-to-commence-on-monday/. Access in: 22 Feb. 2019.

SPARKS, A. The Mind of South Africa. The story of the rise and fall of apartheid. Johannesburg/Cape Town: Jonathan Ball Publishers, 2003.

TERREBLANCHE, S. A History of Inequality in South Africa 1652-2002. Scottsville: University of Natal Press/KMM Review Publishing, 2002.

Publicado
19-02-2019
Como Citar
BUTTELLI, F. G. K.; LE BRUYNS, C. Educação e questões contemporâneas na África do Sul: um olhar a partir da crise no ensino superior. Roteiro, v. 44, n. 1, p. 1-20, 19 fev. 2019.
Seção
Seção Temática: Educação étnico-racial: desafios cotidianos para além dos aspectos legais