Violência, razão e cultura de paz

  • Paulo César Nodari Universidade de Caxias do Sul

Resumo

Resumo: O objetivo com este artigo foi refletir sobre a violência e a cultura da paz. Na primeira seção, à luz do pensamento de Eric Weil, trata-se de mostrar que o ser humano, como ser livre e racional, tem a responsabilidade de escolher entre a razão e a violência, considerando, no entanto, que tão somente a escolha pela razão estaria de acordo com o rumo de uma vida humana, de fato, livre e feliz. Na segunda seção, iluminados e inspirados pelas mensagens papais para a paz mundial por ocasião do primeiro dia de cada ano, iniciando com o Papa Paulo VI (1968) até nossos dias atuais com o Papa Francisco (2018), apresentam-se algumas proposições com o intento de oferecer possíveis pistas e caminhos de reflexão para o desenvolvimento progressivo de uma cultura de paz e de não violência.

Palavras-chave: Weil. Razão. Liberdade. Paz. Violência.

 

Violence, reason and culture of peace

Abstract: The purpose of this article is to reflect on the violence and culture of peace. In the first section, in the light of Eric Weil’s thought, it is a question of showing that the human being, as a free and rational being, has a responsibility to choose between reason and violence, considering, however, that only choice for reason would be in accordance with the course of a human life, in fact, free and happy. In the second section, illuminated and inspired by the papal messages for world peace on the first day of each year, beginning with Pope Paul VI (1968) to the present day Pope Francisco (2018), some propositions are presented with the attempt to offer possible clues and ways of reflection for the progressive development of a culture of peace and non-violence.

Keywords: Weil. Reason. Freedom. Peace. Violence.

 

Violencia, razón y cultura de paz

Resumen: El objetivo con este artículo fue reflexionar sobre la violencia y la cultura de la paz. En la primera sección, a la luz del pensamiento de Eric Weil, se trata de mostrar que el ser humano, como ser libre y racional, tiene la responsabilidad de elegir entre la razón y la violencia, considerando, sin embargo, que tan sólo la elección por la razón estaría de acuerdo con el rumbo de una vida humana, de hecho, libre y feliz. En la segunda sección, iluminados e inspirados por los mensajes papales para la paz mundial con ocasión del primer día de cada año, iniciando con el Papa Pablo VI (1968) hasta nuestros días actuales con el Papa Francisco (2018), se presentan algunas proposiciones con el intento de ofrecer posibles pistas y caminos de reflexión para el desarrollo progresivo de una cultura de paz y de no violencia.

Palabras clave: Weil. Razón. Libertad. Paz. Violencia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo César Nodari, Universidade de Caxias do Sul

Possui graduação em Filosofia (Bacharelado e Licenciatura) pela Universidade de Caxias do Sul (1991), graduação em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1994), mestrado em Filosofia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1998) e doutorado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2004), com período sanduíche na Universidade de Tübingen. Pós-Doutoramento, em Filosofia, em Bonn (Alemanha). 

Professor no Programa de Pós-Graduação (Mestrado) em Filosofia da Universidade de Caxias do Sul (PPGFIL-UCS). Professor no Programa (Mestrado e Doutorado) de Pós-Graduação em Direito da Universidade de Caxias do Sul (PPGDIR-UCS).

Referências

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. Disponível em: <https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/>. Acesso em: 15 jan. 2018.

PAPA FRANCISCO. Carta Encíclica do Sumo Pontífice: Laudato Si’. Louvado sejas. Sobre o cuidado da casa comum. São Paulo: Paulus; Loyola, 2015.

PERINE, M. Filosofia e violência: sentido e intenção da filosofia de Eric Weil. São Paulo: Loyola, 2013.

VATICANO. Mensagem de Sua Santidade Bento XVI para a celebração do 41º dia mundial da paz. 01 jan. 2008. Disponível em: <https://w2.vatican.va/content/benedict-xvi/pt/messages/peace/documents/hf_ben-xvi_mes_20071208_xli-world-day-peace.html>. Acesso em: 15 jan. 2018.

VATICANO. Mensagem de Sua Santidade João Paulo II para a celebração do XXXIV dia mundial da paz. 01 jan. 2001. Disponível em:

<https://w2.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/messages/peace/documents/hf_jp-ii_mes_20001208_xxxiv-world-day-for-peace.html>. Acesso em: 15 jan. 2018.

VATICANO. Mensagem de Sua Santidade João Paulo II para a celebração do 36º dia mundial da paz. 01 jan. 2003. Disponível em:

<https://w2.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/messages/peace/documents/hf_jp-ii_mes_20021217_xxxvi-world-day-for-peace.html>. Acesso em: 15 jan. 2018.

VATICANO. Mensagem de Sua Santidade Paulo VI para a celebração do 1º dia mundial da paz. 01 jan. 1968. Disponível em:

<https://w2.vatican.va/content/paul-vi/pt/messages/peace/documents/hf_p-vi_mes_19671208_i-world-day-for-peace.html>. Acesso em: 15 jan. 2018.

VATICANO. Mensagem do Santo Padre Francisco para a celebração do 50º dia mundial da paz. 01 jan. 2017. Disponível em:

<https://w2.vatican.va/content/francesco/pt/messages/peace/documents/papa-francesco_20161208_messaggio-l-giornata-mondiale-pace-2017.html>. Acesso em: 15 jan. 2018.

VATICANO. Mensagem do Santo Padre Francisco para a celebração do 51º dia mundial da paz. 01 jan. 2018. Disponível em:

<https://w2.vatican.va/content/francesco/pt/messages/peace/documents/papa-francesco_20171113_messaggio-51giornatamondiale-pace2018.html>. Acesso em: 15 jan. 2018.

WEIL, E. Filosofia moral. São Paulo: É Realizações Editora, 2011.

WEIL, E. Lógica da filosofia. São Paulo: É Realizações Editora, 2012.

Publicado
30-08-2018
Como Citar
Nodari, P. (2018). Violência, razão e cultura de paz. Roteiro, 43(2), 605-634. https://doi.org/10.18593/r.v43i2.16470
Seção
Dossiê "Relações entre violência e educação"