Personagens negras nos livros de imagens do Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE) para a Educação Infantil

  • Maria Laura Pozzobon Spengler Instituto Federal Catarinense http://orcid.org/0000-0002-9361-2051
  • Eliane Santana Dias Debus Universidade Federal de Santa Catarina

Resumo

Resumo: O artigo busca evidenciar as personagens negras nos livros de imagem do acervo do Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE) para a Educação Infantil nas suas quatro edições (2008, 2010, 2012, 2014). Para tal, realizou-se o mapeamento dos títulos, 77 no total, divulgados pelo Ministério da Educação/Centro de Alfabetização Leitura e Escrita (MEC/CEALE), considerando 59, pois alguns continham pequenas narrativas e palavras-chave. Desse total, foram analisados 13 títulos, dos quais cinco trazem personagens negras que estão inseridas no contexto da narrativa com outras personagens, mas sem participação ativa, e oito trazem personagens negras que participam da narrativa. Desses oito, em quatro as personagens negras são protagonistas, a saber: Bem me quero, bem me querem (RENNÓ, 2009a), O almoço (VALE, 1987), Mar de sonhos (NOLAN, 2012) e Quando os tam-tans fazem tum-tum (ZIGG, 2013). A partir do referencial teórico sobre o livro de imagem (BELMIRO, 2017; SPENGLER, 2017) em diálogo com os estudos sobre literatura infantil e a cultura africana e afro-brasileira (ARAUJO, 2015; DEBUS, 2017, REYES, 2010), a análise busca evidenciar qual a representação proposta por essas narrativas e suas contribuições, ou não, para a Educação das Relações Étnico-Raciais (ERER).

Palavras-chave: Livro de imagem. Literatura para a infância. Relações étnico-raciais.

 

Black characters in the wordless picturebooks of the Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE) for Children's Education

 

Abstract: The article seeks to highlight the black characters in the wordless picturebooks of the collection of the Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE) for Child Education in its four editions (2008, 2010, 2012, 2014). For this purpose, the mapping of the titles was carried out, 77 in total, published by MEC/CEALE, recital 59 (since some contained small narratives and keywords). Of the total of 59, we analyzed 13 titles, five of which include black characters that are inserted in the context of the narrative with other characters, but without active participation and eight with black characters that participate in the narrative. Of these eight, four black characters are protagonists in Bem me quero, bem me querem (RENNÓ, 2009a), O almoço (VALE, 1987), Mar de Sonhos (NOLAN, 2012) and Quando os tam-tans fazem tum-tum (ZIGG, 2013). Based on the theoretical reference on the wordless picture books (BELMIRO, 2017; SPENGLER, 2017) in dialogue with the studies on children's literature and African and Afro-Brazilian culture (ARAUJO, 2015; DEBUS, 2017, REYES, 2010), the analysis seeks to highlight the representation proposed by these narratives and their contributions, or not, to the education of ethnic relations (ERER).

Keywords: Wordless picture books. Literature for children. Ethnic relations.


Personas negras en los libros de imágenes del Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE) para la Educación Infantil

 

Resumen: El artículo busca evidenciar a los personajes negros en los libros de imagen del acervo del Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE) para la Educación Infantil en sus cuatro ediciones (2008, 2010, 2012, 2014). Para ello se realizó el mapeo de los títulos, 77 en total, divulgados por el MEC/CEALE, considerando 59 (ya que algunos contenían pequeñas narrativas y palabras clave). Del total de 59, analizamos 13 títulos, cinco que traen personajes negros que se insertan en el contexto de la narrativa con otros personajes, pero sin participación activa y ocho traen personajes negros que participan en la narrativa. De estos ocho, cuatro los personajes negros son protagonistas en Bem me quero, bem me querem (RENNÓ, 2009a), O almoço (VALE, 1987), Mar de sonhos (NOLAN, 2012) y Quando os tam-tans fazem tum-tum (ZIGG, 2013). A partir del referencial teórico sobre el libro de imagen (BELMIRO, 2017; SPENGLER, 2017) en diálogo con los estudios sobre literatura infantil y la cultura africana y afro-brasileña ARAUJO, 2015; DEBUS, 2017, REYES, 2010), el análisis busca evidenciar cuál es la representación propuesta por esas narrativas y sus contribuciones, o no, a la educación de las relaciones étnicas (ERER).

Palabras clave: Libro de imagen. Literatura para la infancia. Relaciones étnicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Laura Pozzobon Spengler, Instituto Federal Catarinense
Professora do curso de Pedagogia do Instituto Federal Catarinense, campus Blumenau / SC. Doutora em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina.
Eliane Santana Dias Debus, Universidade Federal de Santa Catarina
Professora no Departamento de Metodologia de Ensino e no Programa de Pós-Graduação em Educação, do Centro de Ciências da Educação, da Universidade Federal de Santa Catarina. Doutora em Teoria da Literatura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Referências

ABRAMOVICH, F. Literatura Infantil: gostosuras e bobices. São Paulo: Scipione, 1997.

ARAUJO, D. C. Literatura Infanto-Juvenil e Política Educacional: estratégias de racialização no Programa Nacional de Biblioteca da Escola (PNBE). 2015. 335 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2015. Disponível em: http://www.ppge.ufpr.br/teses%20d2015/d2015_Debora%20Cristina%20de%20Araujo.pdf Acesso em: 14 abr. 2017.

ARAUJO, D. C. Relações raciais, discurso e literatura infanto-juvenil. 2010. 192 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2010. Disponível em: http://www.ppge.ufpr.br/teses/M10_araujo.pdf. Acesso em: 14 abr. 2017.

BELMIRO, C. Livro de Imagens. In: CENTRO DE ALFABETIZAÇÃO, LEITURA E ESCRITA. Glossário Ceale: termos de alfabetização, leitura e escrita para educadores. Belo Horizonte: UFMG, 2017. Disponível em: http://ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/glossarioceale/verbetes/livro-de-imagens. Acesso em: ago. 2017.

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 1996.

BRASIL. Lei n. 10.639, de 9 de janeiro de 2003. Altera a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira", e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 10 jan. 2003.

BRASIL. Lei n. 11.645, de 10 de março de 2008. Altera a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, modificada pela Lei no 10.639, de 9 de janeiro de 2003, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena”. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 11 mar. 2008.

BRASIL. Portaria Ministerial n. 584, de 28 de abril de 1997. Regulamenta a instituição do Programa Nacional Biblioteca da Escola. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 28 abr. 1997.

DEBUS, E. A temática da cultura africana e afro-brasileira na literatura para crianças e jovens. Florianópolis: NUP/CED/UFSC, 2017.

FERNANDES, C. R. D. Leitura, literatura infanto-juvenil e educação. Londrina: EDUEL, 2007.

FERREIRA, L. D. A personagem do conto infanto-juvenil brasileiro contemporâneo: uma análise a partir do PNBE/2005. 2008. 162 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Literatura Brasileira. Universidade de Brasília. Brasília, DF, 2008.

IACOCCA, M. O encontro. Curitiba: Positivo, 2008.

JUNQUEIRA, S.; HADDAD, M. O gato e a menina. Belo Horizonte: Autêntica, 2012.

JUNQUEIRA, S.; HADDAD, M. O menino e o peixinho. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

LOPES, N. R. Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE) 2010: personagens negros como protagonistas e a construção da identidade étnico-racial. 2012. 156 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita, Campus Marília, São Paulo, 2012.

NEVES, A. Brinquedos. São Paulo: Mundo mirim, 2009.

NOLAN, D. Mar de sonhos. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2012.

OLIVEIRA, V. C. S. Educação das relações étnico-raciais e estratégias ideológicas no acervo do PNBE 2008 para educação infantil. 2010. 190 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Paraná, 2010. Disponível em: http://www.ppge.ufpr.br/teses/M11_Verediane%20Cintia%20de%20Souza%20Oliveira.pdf. Acesso em: 14 abr. 2017.

PAIVA, A. (org.). Literatura fora da caixa: o PNBE na escola – distribuição, circulação e leitura. São Paulo: Ed. Unesp, 2012.

PATERNO, S. O mistério da Caixa Vermelha. Belo Horizonte: Compor, 2008.

RENNÓ, R. O presente que veio do céu. Belo Horizonte: Compor, 2007.

RENNÓ, R. Bem me quero bem me querem. Belo Horizonte: Compor, 2009a.

RENNÓ, R. Viagem a vapor. Belo Horizonte: Abacatte, 2009b.

RENNÓ, R. Voa Pipa, voa. Belo Horizonte: Lê, 2011.

RENNÓ, R. Lá vem o homem do saco. São Paulo: FTD, 2013.

REYES, Y. A casa imaginária: leitura e literatura na primeira infância. Tradução: Márcia Frazão e Ronaldo Periassu. São Paulo: Global, 2010.

SPENGLER, M. L. P. Alçando voos entre livros de imagem: o acervo do PNBE para a educação infantil. 2017. 213 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

VALE, M. O almoço. Belo Horizonte: Formato editorial, 1987.

VENÂNCIO, A. C. L. Literatura infanto-juvenil e diversidade. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2009. Disponível em: http://www.ppge.ufpr.br/teses/M09_venancio2.pdf. Acesso em: 14 abr. 2017.

ZIGG, I. Quando os tam-tans fazem tum-tum. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2013.

Publicado
19-02-2019
Como Citar
Spengler, M., & Debus, E. (2019). Personagens negras nos livros de imagens do Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE) para a Educação Infantil. Roteiro, 44(1), 1-20. https://doi.org/10.18593/r.v44i1.15822
Seção
Seção Temática: Educação étnico-racial: desafios cotidianos para além dos aspectos legais