Grupos de investigação em educação superior: por onde anda a produção do conhecimento científico?

Palavras-chave: Grupos de pesquisa em educação superior, Políticas de educação superior, Produção do conhecimento no ensino superior

Resumo

No artigo apresenta-se, a partir de um mapeamento, o perfil dos grupos de pesquisa em educação superior cadastrados no Diretório de Pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) em universidades públicas da região Sul do Brasil. A investigação é bibliográfica e documental, tendo como metodologia de análise a histórico-crítica. As discussões contribuem para identificar os eixos temáticos que caminham à produção do conhecimento científico via pesquisa na educação superior no Brasil, destacando como consequência a efetiva e tão discutida ideia de (re)produtivismo acadêmico em nível mundial e suas repercussões no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria de Lourdes Pinto Almeida, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual de Campinas. Graduada em História pela Faculdade de Ciências e Letras Plínio Augusto do Amaral. Mestrado em Filosofia, História e Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1995). Doutorado em Filosofia, História e Educação pela FE da Universidade Estadual de Campinas (2001). Tem pós-doutorado em Políticas Educacionais pela USP e em Ciência Tecnologia e Sociedade pela Unicamp. Desde 2001 é Pesquisadora do GIEPES - Grupo Internacional de Estudos e Pesquisas em Ensino Superior, da Faculdade de Educação da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). Atualmente é Docente Pesquisadora do PPGE da UNOESC- SC na linha de pesquisa Educação, Políticas Públicas e Cidadania. Pesquisadora da Universidade Virtual do Estado de São Paulo. Pesquisadora Colaboradora do PPGEd da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - URI - do Rio Grande do Sul, campus de Frederico Westphalen, na função de Coordenadora de Produção Cientifica. Diretora da Rede Iberoamericana de Estudos e Pesquisas em Políticas e Processos de Educação Superior - RIEPPES sediada na UNOESC que tem parceria com o GIEPES da UNICAMP. Coordenadora Adjunta do Grupo Internacional de Estudos e Pesquisas em Educação Superior - GIEPES - UNICAMP. Coordenadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas de Educação Superior da região Sul - GEPPES – Sul, vinculado ao GIEPES UNICAMP. Possui vários livros publicados, organizadora de inúmeros livros na modalidade integral e coletânea. Autora de vários capítulos de livros e artigos publicados em periódicos científicos nacional e internacionais. Membro de vários conselhos editoriais. Tem experiência na área da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Políticas de educação superior. Políticas educacionais. Gestão escolar. História das instituições escolares no/do Brasil. Políticas públicas de formação e profissionalização docente.

Fernando Rodrigo Dall Igna, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Graduado em Educação Física pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc) Xanxerê, SC, em 2007. Especialização Lato Sensu em Educação Integral pela (UFFS) Chapecó, SC. Mestrando do Programa de Pós Graduação Scricto Sensu - Mestrado Acadêmico em Educação da UNOESC. Membro da Rede IberoAmericana de Estudos e Pesquisas em Políticas e Processos de Educação Superior - Unoesc/Unicamp. Estudante pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas de Educação Superior da Região Sul - GEPPES Sul- Unicamp/Unoesc. Pesquisadora da Linha de Investigação Educação, Políticas Públicas e Cidadania do PPGEd. Onde trabalha com temas relacionados a Educação Superior, Políticas de Educação Superior; Universidade e Formação de Professores.

Referências

ALMEIDA, M. L. P. de. A pesquisa acadêmica no Século XXI: uma análise da ciência frente aos conceitos de público e privado. Campinas: Mercado de Letras, 2012.

ALMEIDA, M. L. P. de. Enfoque para el análisis de investigaciones em política educacional In: TELLO, C. (Org.). Epistemologías de la política educativa: posicionamentos, perspectivas y enfoques. Campinas: Mercado de Letras, 2013.

BERNARDO, D. B. O Programa Nacional de Cooperação Acadêmica Novas Fronteiras: avaliação de progresso e oportunidades para o futuro. 2011. 122 p. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Educação)–Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.

BIANCHETTI, L. Da Chave de Fenda ao Laptop, Tecnologia Digital e Novas Qualificações: desafios à educação. Petrópolis: Vozes; Florianópolis: Ed. UFSC, 2001.

DIRETÓRIO de Pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Censo nacional dos grupos de pesquisa 2014. Disponível em: <http://dgp.cnpq.br/dgp/>. Acesso em: 14 nov. 2015.

SANTOS, E. O. da P. Redes de Pesquisadores: instrumentos pedagógicos para a sua formação e consolidação. 2012. 164 p. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Educação e Contemporaneidade)–Universidade do Estado da Bahia, Salvador, 2012.

Publicado
11-04-2018
Como Citar
ALMEIDA, M. DE L. P.; DALL IGNA, F. R. Grupos de investigação em educação superior: por onde anda a produção do conhecimento científico?. Roteiro, v. 43, n. 1, p. 185-204, 11 abr. 2018.
Seção
Dossiê Organismos multilaterais e políticas públicas na educação básica e superior: diretrizes, desafios e práticas