Saberes-fazeres que atravessam a educação do campo

  • Isaura Isabel Conte Universidade do Estado de Mato Grosso -Unemat.
  • Marlene Ribeiro Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Palavras-chave: Educação do campo, Escola, Saberes-fazeres

Resumo

Neste texto abordam-se os saberes-fazeres, ou conhecimentos, de uma escola de educação do campo e alguns dilemas do contexto atual no desenvolvimento do processo pedagógico. As reflexões são oriundas de pesquisa participante, compreendendo estudos teóricos e intervenções empíricas. Utilizamo-nos de entrevistas gravadas e conversas direcionadas a docentes, funcionários técnicos e discentes, além de análise documental do PPP da escola. Enfatizamos que a formação dos profissionais atuantes na instituição merece ser pensada no contexto das escolas do campo, inclusive no que diz respeito ao acesso e à qualidade dessa formação. Há esforço pessoal por parte dos profissionais em relação às práticas, entretanto há questões que fogem ao seu alcance, inclusive no que se refere à saída dos jovens do campo por falta de políticas sociais como acesso à terra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isaura Isabel Conte, Universidade do Estado de Mato Grosso -Unemat.
Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com Pós-Doutorado pela mesma Universidade. Mestra em Educação e Pedagoga.
Marlene Ribeiro, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Pós-Doutora em Educação pela UFMG eDoutora em Educação pela mesma Instituição.

Referências

APPLE, M. Ideologia e currículo. 3. ed. Tradução Vinicius Figueira. Porto Alegre: Artmed, 2006.

ARROYO, M. Educação e teoria pedagógica. In: FRIGOTTO, G. (Org.). Educação e crise do trabalho: perspectivas de final de século. Petrópolis: Vozes, 2011. p. 138-165.

ARROYO, M. Ofício de mestre. Imagens e auto-imagens. Petrópolis: Vozes, 2002.

BAIXADA CUIABANA. O território. Disponível em: <http://www.territoriosdacidadania.gov.br/dotlrn/clubs/territriosrurais/baixadacuiabanamt/one-community?page_num=0>. Acesso em: 07 nov. 2016.

BRANDÃO, C. R. O que é educação. 8. ed. São Paulo: Brasiliense, 1983.

CALDART, R. S. Sobre educação do campo. In: SANTOS, C. A. dos (Org.). Por uma educação do campo. Campo – políticas públicas – educação. Brasília, DF: INCRA/MDA, 2008. p. 67-86.

CASTRO, E. G. de. Juventude do campo. In: CALDART, R. S. et al. (Org.). Dicionário da educação do campo. São Paulo: Expressão Popular; Rio de Janeiro: Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, 2012. p. 437-443.

CHARLOT, B. Da relação com o saber às práticas educativas. São Paulo: Cortez, 2013.

DINIZ-PEREIRA, J. E. Formação de professores, trabalho e saberes docentes. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 24, n. 3, p. 159-168, set./dez. 2015.

EZPELETA, J. Notas sobre pesquisa participante e construção teórica. In: EZPELETA, J.; ROCKWELL, E. (Org.). Pesquisa participante. São Paulo: Cortez; Autores Associados, 1986. p. 77-93.

FREIRE, P. Educação como prática da liberdade. 23. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

FRIGOTTO, G. Educação, crise do trabalho assalariado e do desenvolvimento: teorias em conflito. In: FRIGOTTO, G. (Org.). Educação e crise do trabalho: perspectivas de final de século. Petrópolis: Vozes, 2011. p. 25-54.

GUANZIROLI, C.; BERENGER, M. O. Experiências bem-sucedidas em agronegócio no Brasil e desenvolvimento sustentável. Brasília, DF: IICA, 2010.

KOLLING, E. J.; NERY, I. I. J.; MOLINA, M. C. (Org.). Por uma educação básica do campo. 3. ed. Brasília, DF: Ed. UnB, 1999.

MELLO, N. A. de. Políticas territoriais na Amazônia. São Paulo: Annablume, 2006.

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO. Livramento tem origens garimpeiras. Disponível em: <http://www.nossasenhoradolivramento.mt.gov.br/index.php?sid=183>. Acesso em: 09 fev. 2016.

PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO. Escola José de Lima Barros. Nossa Senhora do Livramento, 2015.

SILVA, R.; SATO, M. Mapa social. Mapeando os grupos sociais do Estado de Mato Grosso – Brasil. Cuiabá: Ed. UFMT, 2012.

WIKIPÉDIA. Nossa Senhora do Livramento. Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_do_Livramento_%28Mato_Grosso%29>. Acesso em: 07 nov. 2016.

Publicado
04-04-2017
Como Citar
CONTE, I.; RIBEIRO, M. Saberes-fazeres que atravessam a educação do campo. Roteiro, v. 42, n. 1, p. 201-222, 4 abr. 2017.