Formação de redes associativas: sua importância e contribuições para o aumento da competitividade em empresas de pequeno porte

  • Claudio Eduardo Ramos Camfield
  • Édio Polacinski
  • Leoni Pentiado Godoy
  • Luis Henrique Ramos Camfield
  • Renata Coradini Bianchi

Resumo

O estudo apresenta dados de uma rede de supermercados varejistas na região central do Rio Grande do Sul, baseado em entrevistas com os dirigentes e pesquisas em fontes secundárias. Em face das informações obtidas constatou-se que várias dessas empresas, após passarem por uma crise econômica na década de 90, foram induzidas a iniciar estudos para busca de alternativas estratégicas de sobrevivência no mercado. A partir disso, várias empresas passaram a gerenciar seus negócios e por meio da Organização de Redes, conseguiram determinar as estratégias de compra e venda de produtos em conjunto. Conforme a análise dos dados, a rede em estudo apresentou uma estratégia de negócio estruturada, buscando cada vez mais obter competitividade no mercado.
Palavras-chave: Redes de Empresas. Competitividade. Estratégia.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
03-09-2015
Como Citar
Ramos Camfield, C. E., Polacinski, Édio, Pentiado Godoy, L., Ramos Camfield, L. H., & Coradini Bianchi, R. (2015). Formação de redes associativas: sua importância e contribuições para o aumento da competitividade em empresas de pequeno porte. RACE - Revista De Administração, Contabilidade E Economia, 4(1), 21-32. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/race/article/view/8720