A IMAGEM PROFISSIONAL: UM ESTUDO SOBRE O FARMACÊUTICO

  • Claudiney Luis Ferreira Professor do Centro Universitário UNA.
  • Luiz Rodrigo Cunha Moura Professor Adjunto do Mestrado Profissional em Administração do Centro Universitário UNA.
  • Gustavo Quiroga Souki Professor Adjunto do Mestrado Profissional em Administração do Centro Universitário UNA.

Resumo

 

O objetivo neste trabalho foi identificar a percepção da imagem do farmacêutico, a qual foi subdivida em quatro dimensões: cognitiva, funcional, simbólica e emocional, baseadas nos modelos de Lindqvist (1974) e Stern, Zinkhan e Jaju (2001). Fez-se uma pesquisa exploratória por meio de entrevistas com 23 stakeholders (médicos, enfermeiros, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, discentes e docentes de Farmácia, farmacêuticos, usuários, entre outros) relacionados à profissão de farmacêutico. Os resultados indicam que para a dimensão funcional não há uma imagem específica do farmacêutico quanto aos aspectos tangíveis, pois a inseparabilidade exerce maior relevância na prestação de serviços. Para a dimensão cognitiva, os resultados apontam que não existe uma percepção clara de em que consiste a profissão e nem de suas atribuições. Na dimensão emocional a imagem do farmacêutico diz respeito às emoções evocadas antes, durante e após a prestação de um serviço. A dimensão simbólica mostrou que o farmacêutico tem significados que são representações assistencialistas e que remetem ao profissional como fonte confiável de informação. Os resultados obtidos nesse estudo podem ser empregados como norteadores para futuras ações estratégicas pelos conselhos regionais de farmácia de cada unidade federativa do Brasil e, principalmente, do Conselho Federal de Farmácia para um melhor posicionamento da imagem do profissional farmacêutico no mercado, podendo gerar maior satisfação no exercício da atividade pelo farmacêutico e uma possível valorização desse profissional para a sociedade. Ao final, faz-se uma análise comparativa entre a imagem do farmacêutico e as imagens de outros profissionais.

Palavras-chave: Imagem. Imagem profissional. Farmacêutico. Dimensões da imagem. Profissional de saúde.

 

Professional image: a study about the pharmacist

 

Abstract

 

The objective in this work was to identify the Pharmacist image perception, which was subdivided into four dimensions: cognitive, functional, symbolic and emotional, based on Lindqvist’s (1974) and Stern, Zinkhan and Jaju’s (2001) models. There was an exploratory research through interviews with 23 stakeholders (physicians, nurses, speech therapist, physical therapist, occupational therapist, Pharmacy students and teachers, Pharmacists, users, etc.) related to the Pharmacist profession. The results indicate that for the functional dimension there is a specific image pharmacist about the tangible aspects because the inseparability exerts greater relevance in the services provision. For the cognitive dimension, the results indicate that there is not a clear perception of what the profession is nor of its duties. In the emotional dimension of the Pharmacist image comes to emotions evoked before, during and after the service provision. The symbolic dimension showed that the Pharmacist has meanings that are welfare representations and that refer to the professional as a reliable information source. The results can be used as guidelines for future strategic actions by regional pharmacy councils in each federal unit in Brazil and especially of the Federal Pharmacy Council for better positioning of the pharmaceutical professional image in the market and it can generate better satisfaction in the activity performance by the Pharmacist and a possible valorization of this professional to society. At the end, is held it a comparative analysis between the pharmacist’s image and other professions als’ ones.

Keywords: Image. Professional image. Pharmacist. Image dimensions. Healthcare professional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudiney Luis Ferreira, Professor do Centro Universitário UNA.

Diretor (Vice-Presidente) do Conselho Regional de Farmácia do Estado de Minas Gerais.

Mestre em Administração pelo Centro Univeristário UNA.

Especialista em Gestão Estratégia de Negócios pela Universidade Federal de Minas Gerais.

Bacharel em Farmácia pela Universidade Federal de Minas Gerais.

Luiz Rodrigo Cunha Moura, Professor Adjunto do Mestrado Profissional em Administração do Centro Universitário UNA.

Profossor Adjunto do Mestrado Profissional em Administração do Centro Universitário UNA.

Doutor em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais.

Mestre em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais.

Especialista em Tecnologia da Informação e Gestão Empresarial pela PUC-MG.

Bacharel em Informática pela Universidade Federal de Viçosa-MG

Gustavo Quiroga Souki, Professor Adjunto do Mestrado Profissional em Administração do Centro Universitário UNA.

Doutor em Administração pela Universidade Federal de Lavras-MG.

Mestre em Administração pela Universidade Federal de Lavras-MG.

Especialista em Informática na Agropecuária pela Universidade Federal de Lavras-MG.

Bacharel em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Lavras-MG.

Referências

AAKER, J. L. Dimensions of brand personality. Journal of Marketing Research, v. 34, n. 3, p. 347-356, 1997.

AMORIM, A. A. Marketing de Serviços: um estudo exploratório sobre a imagem e a identidade da Fisioterapia. 2009. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade FUMEC, Belo Horizonte, 2009.

AQUINO, J. M. C. de, TEIXEIRA, L. A. A., ANDRADE, D. F. Identificação e imagem do servidor público: um estudo com os usuários do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais. In: ENCONTRO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE GOVERNO (ENAPG), 5., 2012, Salvador. Anais... Salvador, 2012.

AREOSA, J., CARAPINHEIRO, G. Quando a imagem é profissão: profissões da imagiologia em contexto hospitalar. Sociologia, Problemas e Práticas, v. 57, p. 83-108, 2008.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Ed. 70, 2009.

BARICH, H., KOTLER, P. A framework for marketing image management. Sloan Management Review, v. 32, n. 2, p. 94-104, 1991.

CONSELHO FEDERAL DE FARMÁCIA. Áreas de atuação da Profissão Farmacêutica. Brasília, 2013. Disponível em: <http://www.cff.org.br/pagina.php?id=87&titulo=%C3%81reas+de+atua%C3%A7%C3%A3o>. Acesso em: 09 jan. 2014.

DE TONI, D. Administração da imagem de organizações, marcas e produtos. In: KUNSCH, M. M. K. (Org.) Comunicação organizacional. V.1. São Paulo: Saraiva, 2009.

DE TONI, D., MILAN, G.S., SCHULER, M. Gestão de imagem: desenvolvendo um instrumento para a configuração da imagem de produto. In: ENCONTRO NACIONAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO, 28., 2004, Curitiba.

Anais... Curitiba, 2004.

DE TONI, D., MILAN, G.S., SCHULER, M. Configuração de imagens de serviços: um estudo aplicado aos serviços de fisioterapia disponibilizados por um plano de saúde. ENCONTRO NACIONAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO. 29., 2005, Curitiba. Anais... Curitiba, 2005.

DE TONI, D. et al. A imagem do comércio varejista e a satisfação dos consumidores: um estudo exploratório ambientado em uma cidade da Serra Gaúcha. Revista Base, v. 8, n. 1, p. 91-104, 2008.

DICHTER, E. What’s in an image? The Journal of Consumer Marketing, v. 2, n. 1, p. 75-81, 1985.

DOBNI, D., ZINKHAN, G. M. In search of brand image: foundation analysis. Advances in Consumer Research, v. 17, n. 1, p. 110-119, 1990.

FARINA, S. S., ROMANO-LIEBER, N. S. Atenção farmacêutica em farmácias e drogarias: existe um processo de mudança? Saúde Sociedade, v. 18, n. 1, p. 7-18, 2009.

FINN, A., LOUVIERE, J. J. Shopping center image, consideration, and choice: anchor store contribution. Journal of Business Research, v. 35, n. 3, p. 241-251, 1996.

FRANCESCHET, I. Análise das atividades realizadas pelos farmacêuticos no serviço de farmácia pública no município de florianópolis, SC. 2003. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2003.

GARDNER, B. B. E., LEVY, S. J. The product and the brand. Harvard Business Review, v. 33, n. 2, p. 33-39, 1955.

GASPARIN, F. M. A Configuração da imagem de um shopping center na percepção de consumidores locais. 2011. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul, 2011.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2010.

GOSS, J. The magic of mall: an analysis of form, function and meaning in the contemporary retail built environment. Annuals of the Association of American Geographers, v. 83, n. 1, p. 18-47, 2010.

GRASSELI, M. Marketing na Arquitetura: um hiato entre a imagem e a identidade profissional. 2007. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade FUMEC, Belo Horizonte, 2007.

IBARRA, H. Provisional selves: Experimenting with image and identity in professional adaptation. Administrative Science Quarterly, v. 44, n. 4, p. 764-791, 1999.

ITALIANI, F. Marketing farmacêutico. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2006.

JOHNSON, M., ZINKHAN, M.G. Defining and measuring company image. In: PROCEEDINGS OF THE THIRTEENTH ANNUAL CONFERENCE OF THE ACADEMY OF MARKETING SCIENCE, 13., 1990, New Orleans. Anais… New Orleans, 1990.

JOLY, M. Introdução à análise da imagem. São Paulo: Papirus, 2003.

KUNSCH, M. M. K. Planejamento de Relações Públicas na Comunicação Integrada. São Paulo: Summus, 2003.

LEVY, S. J. Symbols for sale. Harvard Business Review, v. 37, n. 4, p. 117-129, 1959.

LINDQVIST, J. D. Meaning of image: a survey of empirical and hypothetical evidence. Journal of Retailing, v. 50, n. 4, p. 29-38, 1974.

MACHADO, A. J. Imagem do programa de orientação e proteção ao consumidor: um estudo sobre as percepções de consumidores, advogados e representantes de procons e empresas do segmento financeiro. 2010. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade FUMEC, Belo Horizonte, 2010.

MALHOTRA, N. K. Pesquisa de Marketing: uma orientação aplicada. Porto Alegre: Bookman, 2011.

MARTINEAU, P. The personality of retail store. Harvard Business Review, v. 36, n. 1, p. 47-55, 1958.

MAY, E. G. Pratical Applications of Recent Retail Image Research. Journal of Retailing, v. 50, n. 4, p. 15-20, 1974.

MENDES, R. L. Marketing na psicologia: um estudo exploratório sobre a imagem profissional. 2008. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade FUMEC, Belo Horizonte, 2008.

MILAN, G. S., DE TONI, D., BARAZETTI, L. Configuração e organização de imagens de serviços: um estudo exploratório. Revista Produção, v. 15, n. 1, p. 60-73, 2005.

MOSCOVICI, S. Social Representation: explorations in social psychology. Cambridge: Polity Press, 2000.

REYNOLDS, W. H. The role of the consumer in image building. California Management Review, v. 7, n. 3, p. 69-76, 1965.

REYNOLDS, T. J., GUTMAN, J. Advertising is image management. Journal of Advertising Research, v. 24 n. 1, p. 24-36, 1984.

ROBERTS, L. M. Changing faces: professional image construction in diverse organizations. IN: ACADEMY OF MANAGEMENT PROCEEDINGS, 63., 2003, Seattle. Anais… Seattle, 2003.

SCATENA, L. S. Sustentabilidade, responsabilidade social, ética e princípios da precaução – um estudo sobre o ambientalismo corporativo na indústria farmacêutica. 2012. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

STERN, B., ZINKHAN, G., JAJU, A. Marketing images: construct definition, measurement issue, and theory development. Marketing Theory, v. 1, n. 2, p. 201-224, 2001.

TAVARES, M. C. A Força da marca. São Paulo: Harbra, 1998.

VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 2013.

VICTER, P. P. Marketing no turismo: um estudo descritivo sobre a imagem do intercâmbio de cursos de idiomas. 2009. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade FUMEC, Belo Horizonte, 2009.

VOUGH, H., CARDADOR, M. T., BEDNAR, J. S., DANE, E., PRATT, M. G. What Clients Don't Get About My Profession: A Model of Perceived Role-Based Image Discrepancies. Academy of Management Journal. v. 56, n. 4, p. 1050-1080, 2013.

Publicado
04-10-2016
Como Citar
Ferreira, C. L., Moura, L. R. C., & Souki, G. Q. (2016). A IMAGEM PROFISSIONAL: UM ESTUDO SOBRE O FARMACÊUTICO. RACE - Revista De Administração, Contabilidade E Economia, 15(3), 1007-1034. https://doi.org/10.18593/race.v15i3.7266