VALORES RELATIVOS AO TRABALHO EM GESTORES DO PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL – NATAL, RN

  • Otânia Maria de Oliveira Universidade Potiguar - UnP
  • Walid Abbas El-Aouar Universidade Potiguar - UnP
  • César Ricardo Maia de Vasconcelos Universidade Potiguar - UnP
  • Fernanda Gurgel Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Resumo

Neste estudo investigaram-se as prioridades axiológicas relativas ao trabalho do corpo gerencial do Poder Legislativo Municipal de Natal, RN, Brasil, assim como se associaram esses resultados aos perfis sociodemográficos desses decisores. Do ponto de vista dos procedimentos técnicos, trata-se de uma pesquisa de campo; quanto aos seus objetivos, é considerada descritiva; e quanto à forma de abordagem do problema, é classificada como quantitativa. A pesquisa foi censitária, cujo escopo pesquisado foi o corpo gerencial composto por 82 servidores com cargos comissionados de direção, gerência e assessoramento superior. Ademais, foi aplicado o instrumento estruturado denominado Escala Revisada de Valores Relativos ao Trabalho (EVT-R), e, quanto ao tratamento dos dados, foram empregadas as técnicas estatísticas Análise de Variância (ANOVA), Hipóteses e Teste de Tukey. Os dados revelaram que o corpo gerencial possui um perfil jovem, a maioria homens, casados, graduados e com pouco tempo de serviço no Órgão. Analisada a EVT-R, os valores mais importantes foram: “Universalismo e Benevolência” e “Conformidade”. E o menos importante foi “Poder”. Comparada a EVT-R com o perfil sociodemográfico, observou-se evidência de diferença estatística entre os perfis “Estimulação” e “Realização”.

Palavras-chave: Cultura organizacional. Valores relativos ao trabalho. Valores organizacionais. Poder Legislativo Municipal. Gestão pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Otânia Maria de Oliveira, Universidade Potiguar - UnP
Mestre em Administração pela Universidade Potiguar - UnP
Walid Abbas El-Aouar, Universidade Potiguar - UnP
Doutorado em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e é Professor titular do PPGA da Universidade Potiguar - Natal/RN.
César Ricardo Maia de Vasconcelos, Universidade Potiguar - UnP
Doutorado em Administração pela Université Pierre Mendes France - France e é Professor titular do PPGA da Universidade Potiguar - Natal/RN.
Fernanda Gurgel, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Doutorado em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e é Professor titular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - Natal/RN.

Referências

ABU-SAAD, I.; ISRALOWITZ, R.E. Gender as a determinant of work values among university students in Israel. Journal of Social Psychology, v. 137, n. 6, p. 749-763, 1997.

BORGES, L. O. A estrutura fatorial dos atributos valorativos e descritivos do trabalho: Um estudo empírico de aperfeiçoamento e validação de um questionário. Estudos de Psicologia. Natal, v. 4, p. 107-139, 1999.

CAHÚ, S. M. A. da C. Valores relativos ao trabalho e o comprometimento organizacional em um resort internacional no nordeste do Brasil. 2013. 91f. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade Potiguar - UnP, Natal, 2013.

CALÁS, M. B.; SMIRCICH, L. Do ponto de vista da mulher: abordagens feministas em estudos organizacionais. In: CLEGG S., HARDY C. e NORD W. (Org.). Handbook de estudos organizacionais. São Paulo: Atlas, v. 1, p. 273-327, 2012.

CAMMAROSANO, M. Valores relativos ao trabalho de pesquisadores em uma organização de pesquisa e desenvolvimento brasileira. 2012. 140f. Dissertação (Mestrado em Engenharia da Produção) – Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo, São Carlos, 2012.

CYMBALUK, F. Cresce número de famílias lideradas por mulheres, mas homens ainda dominam os lares. São Paulo, set. 2012. Disponível em: . Acesso em: 14 out. 3012.

ELIZUR, D.; SAGIE, A. Facets of personal values: a structural analysis of life and work values. Applied Psychology, Washington, v. 69, n. 3, p. 379-389, Ago. 1984.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

GÓES, A. M. M. Valores relativos ao trabalho como antecedentes do comprometimento organizacional. 2006. 72f. Dissertação (Mestre em Psicologia) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2006.

HOFSTEDE, G. H. Culturas e organizações: compreender a nossa programação mental. Tradução de António Fidalgo. 2. Ed. Lisboa: Sílabo, 1991.

MELO, M. Mulheres gerentes entre o empoderamento e o teto de vidro. In: FREITAS, Maria Ester de; DANTAS, Marcelo (Org.). Diversidade sexual e trabalho. São Paulo: Congage Learning, p. 337-372, 2012.

MORGAN, G. Imagens da organização. 1 ed. São Paulo: Atlas, 2011. cap. 5 e 6.

NKOMO, S. M.; COX JR, T. Do ponto de vista da mulher: abordagens feministas em estudos organizacionais. In: CLEGG S., HARDY C. e NORD W. (Org.). Handbook de Estudos Organizacionais. São Paulo: Atlas, v.1, p. 273-327, 2012.

OLIVEIRA, A. F.; TAMAYO, Á. Inventário de perfis de valores organizacionais. Revista de Administração, São Paulo, v. 39, n. 2, p. 129-140, abr./jun. 2004.

PORTO, J. B. Valores do trabalho e seu impacto sobre atitudes e comportamentos no trabalho. In: TEIXEIRA, Maria Luisa Mendes (Org.). Valores humanos & gestão: novas perspectivas. São Paulo: Editora Senac., p. 173-188, 2008.

PORTO, J. B.; PILATI, R. Escala revisada de valores relativos ao trabalho – EVT-R. Psicologia: Reflexão e Crítica [online], v. 23, n. 1, p. 73-82, 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-79722010000100010&script=sci abstract&tlng=pt>. Acesso em 19 nov. 2012.

PORTO, J. B.; TAMAYO, A. Escala de valores relativos ao trabalho – EVT. Psicologia: teoria e pesquisa. v. 19, n. 2, p. 145-152, Mai./Ago., 2003.

PORTO, J. B.; TAMAYO, A. Valores do trabalho. In: SIQUEIRA, M. M. M. et al. Medidas do Comportamento Organizacional: Ferramentas de diagnóstico e de gestão. Porto Alegre: Artmed, 2008.

PROBST, E. R. A evolução da mulher no mercado de trabalho. Jan. 2012.Disponível em: <http://www.rhportal.com.br/artigos/ wmview.php?idc_cad =xg7w7vuh9>. Acesso em: 14 out. 2012.

ROKEACH. M. The nature of human values. New York: The Free Press, 1973.

ROS, M.; SCHAWARTZ, S. H.; SURKISS, S. Basic Individual Values, Work Values, and the Meaning of Work. Applied psychology: an international review, Oxford, v. 48, p. 49-71, 1999.

SCHWARTZ. S. H. An Overview of the Schwartz Theory of Basic Values. 2012. Online Readings in Psychology and Culture, 2(1). Disponível em: http://dx.doi.org/ 10.9707/2307-0919.1116. Acesso em 05 jun. 2013.

SCHWARTZ. S. H. Basic human values: an overview. Risorsa Uomo: Revista di Psicologia del Lavoro e dell’Organizzazione, vol. 13, n. 2, 2007. Disponível em: http://www.francoangeli.it/Riviste/Scheda_Rivista.aspx? idArticolo =30705. Acesso em 24 mar 2013.

SCHWARTZ. S. H. Validade e aplicabilidade da teoria dos valores. In: TAMAYO, A.; PORTO, J. B. (Orgs.). Valores e comportamento nas organizações. Petrópolis, RJ: Vozes, 2005. cap. 2, p.56-95.

SCHWARTZ. S. H. Valores humanos básicos: seu contexto e estrutura intercultural. In: TAMAYO, A.; PORTO, J. B. (Orgs.). Valores e comportamento nas organizações. Petrópolis, RJ: Vozes, 2005. cap. 1, p.21-55.

SCHWARTZ. S. H. Universals in the content and structure of values: theoretical advances and empirical tests in 20 countries. In: ZANNA, M;P; (Ed.). Advances in experimental social psychology. San Diego: Academic, v. 24, p. 1-65, 1992.

SILVEIRA, N. S. P. A diversidade de gênero e as diferenças e semelhanças na hierarquia de valores do trabalho de homens e mulheres no chão de fábrica. Revista de Gestão USP, São Paulo, v. 13, n. especial, p. 77-91, 2006.

SORJ, B. Percepções sobre esferas separadas de gênero. In: ARAÚJO, Clara; SCALON, Cel. (Org.). Gênero, família e trabalho no Brasil. Rio de janeiro: Ed. FGV, p. 79-88, 2005.

SUPER, D. E. The psychology of careers: an introduction to vocational development. New York: Harper & Row, 1957.

TAMAYO, A. Valores organizacionais. In: SIQUEIRA, M. M. M. et al. Medidas do Comportamento Organizacional: Ferramentas de diagnóstico e de gestão. Porto Alegre: Artmed, 2008.

TAMAYO, A.; GONDIM, M.G.C. Escala de valores organizacionais. Revista de Administração da Universidade de São Paulo (RAUSP), São Paulo, v.31, n.2, p.62-72, abr./jun. 1996.

TAMAYO, A.; MENDES, A.M.; PAZ, M.G.T. Inventário de valores organizacionais. Estudos de Psicologia, Natal, v.5, n.2, p.289-315, jul./dez. 2000.

TCHAICOVSKY, F. M.; ELIZUR, D. Diferenças de gênero em valores no trabalho e motivação para realização. In: CONFERÊNCIA BI-ANUAL DA INTERNATIONAL SOCIETY FOR THE STUDY OF WORK AND ORGANIZATION VALUES (ISSWOV), 7. 2000. Jerusalém, 2000.

TÔRRES, A. D. Valores organizacionais e do trabalho: um estudo com vigilantes de uma empresa de terceirização de serviços de vigilância privada de Belo Horizonte. 2013. 99f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Administração) – Faculdade Novos Horizontes, Belo Horizonte, 2011.

VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 12. ed. São Paulo: Atlas, 2010. 94 p.

Publicado
26-07-2016
Como Citar
Oliveira, O. M. de, El-Aouar, W. A., Vasconcelos, C. R. M. de, & Gurgel, F. (2016). VALORES RELATIVOS AO TRABALHO EM GESTORES DO PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL – NATAL, RN. RACE - Revista De Administração, Contabilidade E Economia, 15(2), 705-728. https://doi.org/10.18593/race.v15i2.7141