DISCLOSURE E MATERIALIDADE: EVIDÊNCIAS NOS ATIVOS INTANGÍVEIS DOS CLUBES BRASILEIROS DE FUTEBOL

  • Ariane Firmeza Mota Universidade Federal do Ceará
  • Isac de Freitas Brandão Universidade Federal do Ceará
  • Vera Maria Rodrigues Ponte Universidade Federal do Ceará

Resumo

O potencial transformador da adoção do International Financial Reporting Standard (IFRS) sobre os relatórios financeiros determinou exigências específicas de divulgação, com foco na relevância da informação contábil. Tais mudanças se destinaram, essencialmente, a aprimorar a qualidade da informação contábil, centrando-se na sua utilidade para o usuário da informação. A partir das exigências de divulgação dispostas no CPC 04(R1), desenvolveu-se métrica para mensuração do nível de disclosure, verificando-se a adesão das empresas às normas expedidas pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC); investigou-se a correlação entre a materialidade dos ativos intangíveis e os respectivos níveis de disclosure nos clubes participantes do Campeonato Brasileiro de Futebol da Série A no período de 2010 a 2012. Tornou-se imprescindível verificar a evidenciação desses ativos, dado o aumento da materialidade de seus valores, no que diz respeito à composição do patrimônio líquido das respectivas empresas. Em seguida, verificou-se a relação com a materialidade dos intangíveis, mensurada pela representatividade desses ativos no Ativo Total de cada clube. Os resultados indicam que a materialidade do ativo intangível e as variáveis de controle oportunidade de crescimento e desempenho em campo influenciam o seu nível de disclosure.

Palavras-chave: Ativo intangível. Materialidade. Clubes de futebol.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ariane Firmeza Mota, Universidade Federal do Ceará
Mestranda em Administração e Controladoria
Isac de Freitas Brandão, Universidade Federal do Ceará
Mestre em Administração e Controladoria pela Universidade Federal do Ceará
Vera Maria Rodrigues Ponte, Universidade Federal do Ceará
Doutora em Contabilidade pela Universidade de São Paulo
Publicado
30-03-2016
Como Citar
Firmeza Mota, A., de Freitas Brandão, I., & Rodrigues Ponte, V. M. (2016). DISCLOSURE E MATERIALIDADE: EVIDÊNCIAS NOS ATIVOS INTANGÍVEIS DOS CLUBES BRASILEIROS DE FUTEBOL. RACE - Revista De Administração, Contabilidade E Economia, 15(1), 175-200. https://doi.org/10.18593/race.v15i1.6326