GOVERNANÇA CORPORATIVA EM COOPERATIVAS AGROPECUÁRIAS: UM MODELO DE CLASSIFICAÇÃO COM APLICAÇÃO DA FERRAMENTA WALK / Corporate Governance in agricultural cooperatives: a classification model with application tool WALK

  • Robson Faria Silva Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR
  • Alceu Souza Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR
  • Wesley Silva Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR

Resumo

Com a complexidade das organizações e dos sistemas econômicos, os proprietários de capital delegaram a gestão a grupos profissionais, separando, assim, a propriedade e o controle. Ao adotar essa prática,  essa  separação  possibilita a existência de comportamentos oportunistas com ações e decisões orientadas a benefícios do grupo controlador e em detrimento dos proprietários do capital. Esse assunto, denominado Teoria da Agência, tem sido exaustivamente estudado. A transparência das ações e decisões do controlador, via Governança Corporativa, é uma das estratégias adotadas para a defesa dos interesses dos proprietários de capital.  No caso de cooperativas em que cada acionista tem direito a um voto e na qual quase sempre há diferença significativa em conhecimento de gestão de negócios complexos entre os cooperados e o grupo que deve exercer o controle, a Governança Corporativa assume conotações específicas. Assim, este trabalho propõe, via análise multicritério, um modelo de classificação do grau de Governança Corporativa em cooperativas agropecuárias. Trata-se de uma pesquisa aplicada quanto à sua natureza; descritiva e propositiva quanto ao seu objetivo; de pesquisa de campo quanto à estratégia de abordagem do problema; de pesquisa documental e entrevistas semiestruturadas com amostragem por conveniência quanto aos procedimentos técnicos de coleta de dados e quantitativa quanto ao ferramental de análise de dados. A pesquisa foi aplicada a 20  cooperativas do Estado do Paraná que responderam a questões ligadas aos princípios de Governança Corporativa: Transparência; Equidade; Prestação de Contas e Responsabilidade Corporativa. Os resultados foram a construção de um modelo de classificação de cooperativas, por meio da utilização da análise multicritério ligada ao método Preference Ranking Organization Method for Enrichment Evaluations (Promethee) dinamizado pelo software WALK[ER], que possibilitou identificar os níveis de Governança Corporativa das cooperativas. A formação de clusters indica o distanciamento entre as cooperativas e as dimensões, em 3D. De maneira geral, apontaram baixa adesão às práticas de Governança.

Palavras-chave: Governança Corporativa. Relacionamento de agência. Cooperativas agropecuárias. Análise multicritério. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Robson Faria Silva, Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR
Mestre em Administração pela Pontifícia Universidade católica do Paraná. Professor do Curso de Amdinistração da Universidade Paranaese. Endereço para contato: Avenida Julio Assis Cavaleiro, 2000, Industrial, 85601-000, Francisco Beltrão, Paraná, Brasil.
Alceu Souza, Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR
Doutor em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas, São Paulo. Professor do Programa de Pós-Graduação da Pontifícia Universidade Católica do Paraná.
Wesley Silva, Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR
Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina.  Professor do Programa de Pós-Graduação da Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

Referências

BERLE, A.; MEANS, G. The modern corporation and Private Property. New York: Macmillan, 1932.

BIALOSKORSKI NETO, S. Aspectos econômicos das cooperativas. Belo Horizonte: Mandamentos, 2006.

FREGA, J. R. Conflitos e incertezas na tomada de decisão coletiva: um novo olhar sobre a ampliação dos limites da racionalidade regulação. 2010. 202 f. Tese (Doutorado em Administração) – Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba 2009.

FREGA, J. R. Manual Muito Simplificado do Walker. A implementação computacional da metodologia Walk (Versão 3.0.8 Build). Curitiba - Paraná, 2010.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GOMES, L. F. A. M.; ARAYA, M. C. G.; CARIGNANO, A. Tomada de decisões em cenários complexos. Introdução aos métodos discretos do apoio multicritério à decisão. São Paulo: Thompson, 2004.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA – OBGC. Estrutura de controle societários. São Paulo: Saint Paul Editora, 2009.

JENSEN, M.; MECKLING, W. Theory of the firm: managerial behavior, agency costs and ownership structure. Journal of Financial Economics, v. 3, p. 305-360, October, 1976.

LA PORTA, R; SHLEIFER, A; LOPEZ-DE-SILANES, F. Corporate Ownership Around the World. Journal of Finance, v. 54, p. 471-518, 1999.

LEMOS, I. S. Proposta de metodologia para classificação de destinos turísticos típicos segundo os critérios de sustentabilidade da análise multicrtério. 2010. 351 f. Tese (Doutorado em Administração) – Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, 2010.

SHLEIFER, A.; VISHNY, R. A Survey of Corporate Governance. Journal of Finance, v. 52,

n. 2, p. 737-783, 1997.

SILVEIRA, A. Di M. da. Governança corporativa e estrutura de propriedade: determinantes e a relação com desempenho das empresas no Brasil. 2004. 250 f. Tese (Doutorado em Administração) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.

SIMON, H. A. Comportamento administrativo. Rio de Janeiro: FGV, 1979.

SHIMIZU, T. Decisão nas organizações: introdução aos problemas de decisão encontrados nas organizações e nos sistemas de apoio à decisão. São Paulo: Atlas, 2001.

WILLIAMSON, O. E. Transaction-cost economics: the governance of contractual relations. Journal of Law and Economics, v. 22, n. 2, p. 233-261. 1979.

WILLIAMSON, O. E. The mechanisms of governance. Oxford: Oxford University Press, 1996.

Publicado
11-12-2014
Como Citar
Silva, R. F., Souza, A., & Silva, W. (2014). GOVERNANÇA CORPORATIVA EM COOPERATIVAS AGROPECUÁRIAS: UM MODELO DE CLASSIFICAÇÃO COM APLICAÇÃO DA FERRAMENTA WALK / Corporate Governance in agricultural cooperatives: a classification model with application tool WALK. RACE - Revista De Administração, Contabilidade E Economia, 14(1), 313-322. https://doi.org/10.18593/race.v14i1.5815