DEZOITO ANOS DE PRODUÇÃO ACADÊMICA DO CAMPO DO CONHECIMENTO CONTABILIDADE SOB A ÓTICA DOS PERIÓDICOS INTERNACIONAIS THE INTERNATIONAL JOURNAL OF ACCOUNTING E THE BRITISH ACCOUNTING REVIEW / Eighteen year academic production field of knowledge accounting

  • Henrique César Melo Ribeiro Prof. do Mestrado Profissional em Administração / Gestão do Esporte (Universidade Nove de Julho). Prof. de Graduação dos cursos de Administração e Contabilidade (Faculdade Maurício de Nassau)

Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar o perfil e a evolução do campo de conhecimento Contabilidade sob a ótica dos periódicos internacionais The International Journal of Accounting e The British Accounting Review. Metodologicamente, utilizaram-se as técnicas de análise bibliométrica e de rede social no total de 695 artigos identificados nas duas revistas. Observou-se uma predominância de publicações em parceria; Vivien Beattie foi a autora mais profícua e também a mais central deste estudo; a University of Manchester destacou-se na produção de artigos e como a instituição acadêmica mais central desta pesquisa. Os países do Reino Unido e os EUA foram os mais produtivos no que se refere à publicação de artigos e os que obtiveram maior centralidade de grau. Houve baixa densidade de grau em todas as redes sociais deste estudo. E os temas mais publicados foram: auditoria, governança corporativa, normas internacionais de contabilidade, disclosure, relatórios financeiros e mercado de capitais. Conclui-se, de maneira geral, um perfil e a evolução da área de conhecimento Contabilidade sob a ótica dos periódicos investigados, contribuindo para o aperfeiçoamento desse campo do conhecimento, no sentido de permitir futuras interações entre pesquisadores nacionais e internacionais (das revistas investigadas, inclusive) e entre as suas respectivas instituições acadêmicas e de aceitar a realização dessas futuras associações de modo a difundir a troca de informações e a construção, a socialização e a evidenciação da estrutura intelectual contábil no Brasil.

Palavras-chave: Contabilidade. Produção acadêmica. Periódicos internacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Henrique César Melo Ribeiro, Prof. do Mestrado Profissional em Administração / Gestão do Esporte (Universidade Nove de Julho). Prof. de Graduação dos cursos de Administração e Contabilidade (Faculdade Maurício de Nassau)
Doutor em Administração de Empresas pela Universidade Nove de Julho (2010), Mestre em Administração de Empresas pela Universidade de Fortaleza (2009), possui graduação em Bacharelado em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Piauí (2005) e especialização em Docência do Ensino Superior pela Faculdade Piauiense (2007). Atualmente é professor da Faculdade Piauiense dos cursos de Administração e Contabilidade. Linha de pesquisa, Estratégia e Estudos Organizacionais, com ênfase nos temas: Governança Corporativa, Sustentabilidade, Controladoria, Contabilidade e Finanças. Membro do grupo de estudos com proprietários, representantes dos proprietários e altos executivos(GEPRA)

Referências

ACEDO, F. J.; CASILLAS, J. C. Current paradigms in the international management field: an author co-citation analysis. International Business Review, v. 14, p. 619-639, 2005.

AHMED, K.; CHALMERS, K.; KHLIF, H. A meta-analysis of IFRS adoption effects. The International Journal of Accounting, v. 48, n. 2, p. 173-217, 2013.

AL-AKRA, M.; JAHANGIR ALI, M.; MARASHDEH, O. Development of accounting regulation in Jordan. The International Journal of Accounting, v. 44, n. 2, p. 163-186, 2009.

ASHTON, D. et al. British research in accounting and finance (2001–2007): The 2008 research assessment exercise. The British Accounting Review, v. 41, n. 4, p. 199-207, 2009.

BAKER, C. R.; WALLAGE, P. The future of financial reporting in Europe: its role in corporate governance. The International Journal of Accounting, v. 35, n. 2, p. 173-187, 2000.

BATISTELLA, F. D.; BONACIM, C. A. G.; MARTINS, G. de A. Contrastando as produções da Revista Contabilidade & Finanças (FEA-USP) e Revista Base (Unisinos). Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, v. 2, n. 3, p. 84-101, 2008.

BEATTIE, V.; EMMANUEL, C. The British Accounting Review–characteristics of papers submitted and accepted, 1997 to 2006. The British Accounting Review, v. 40, n. 4, p. 289-297, 2008.

BEATTIE, V.; GOODACRE, A. Publishing patterns within the UK accounting and finance academic community. The British Accounting Review, v. 36, n. 1, p. 7-44, 2004.

BEATTIE, V. Moving the financial accounting research front forward: the UK contribution. The British Accounting Review, v. 37, n. 1, p. 85-114, 2005.

BEUREN, I. M.; SOUZA, J. C. de. Em busca de um delineamento de proposta para classificação dos periódicos internacionais de contabilidade para o Qualis Capes. Revista Contabilidade & Finanças, v. 19, n. 46, p. 44-58, 2008.

BHIMANI, A.; GULAMHUSSEN, M. A.; LOPES, S. The effectiveness of the auditor's going-concern evaluation as an external governance mechanism: Evidence from loan defaults. The International Journal of Accounting, v. 44, n. 3, p. 239-255, 2009.

BRUNOZI JÚNIOR, A. C. et al. Revista Contabilidade & Finanças - USP: uma análise do perfil da produção científica de 1989 a 2009. Revista Universo Contábil, v. 7, n. 4, p. 39-59, 2011

BUGEJA, M. Takeover premiums and the perception of auditor independence and reputation. The British Accounting Review, v. 43, n. 4, p. 278-293, 2011.

BURRELL, Q. L. “Ambiguity” and scientometric measurement: a dissenting view. Journal of the American Society for Information Science and Technology, v. 52, n. 12, p. 1075-1080, 2001

CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (2014). Webqualis. Disponível em: < http://qualis.capes.gov.br/webqualis/>. Acesso em: 10 jan.2014.

CARDOSO, R. L. et al. Pesquisa científica em contabilidade entre 1990 e 2003. Revista de Administração de Empresas, v. 45, n. 2, p. 34-45, 2005.

DAVIS-FRIDAY, P. Y.; ENG, L. L.; LIU, C. S. The effects of the Asian crisis, corporate governance and accounting system on the valuation of book value and earnings. The International Journal of Accounting, v. 41, n. 1, p. 22-40, 2006

DIODATO, V. Dictionary of bibliometrics. Haworth Press: Binghamton, NY, 1994.

EGGHE, L. On the law of Zipf-mandelbrot for multi-word phrases. Journal of the American Society for Information Science, v. 50, n. 3, p. 233-241, 1999.

EGGHE, L.; RAVICHANDRA RAO, I. K. Duality revisited: construction of fractional frequency distributions based on two dual Lotka laws. Journal of the American Society for Information Science and Technology, v. 53, n. 10, p. 789-801, 2002.

ESPEJO, M. M. dos S. B. et al. O mercado acadêmico contábil brasileiro: uma análise do cenário a partir das práticas de publicação e avaliação por pares. Revista Universo Contábil, v. 9, n. 4, p. 06-28, 2013.

FARIA, J. H. de. Teoria crítica em estudos organizacionais no Brasil: o estado da arte. Cadernos EBAPE.BR, v. 7, n. 3, p. 509-515, 2009.

HODGDON, C. et al. Compliance with International Financial Reporting Standards and auditor choice: New evidence on the importance of the statutory audit. The International Journal of Accounting, v. 44, n. 1, p. 33-55, 2009.

HOPPER, T.; OTLEY, D.; SCAPENS, B. British management accounting research: whence and whither: opinions and recollections. The British Accounting Review, v. 33, n. 3, p. 263-291, 2001.

IUDÍCIBUS, S. de; MARTINS, E.; CARVALHO, L. N. Contabilidade: aspectos relevantes da epopéia de sua evolução. Revista Contabilidade & Finanças, v. 16, n. 38, p. 7-19, 2005.

JAGGI, B.; LOW, P. Y. Joint effect of investor protection and securities regulations on audit fees. The International Journal of Accounting, v. 46, n. 3, p. 241-270, 2011.

KADER, M. A.; LUTHER, R. The impact of firm characteristics on management accounting practices: A UK-based empirical analysis. The British Accounting Review, v. 40, n. 1, p. 2-27, 2008.

KINSEY, J. P.; RUESCHHOFF, N. An analysis of the authorship of international accounting research in U.S. journals and AOS: 1980 through 1996. The International Journal of Accounting, v. 34, n. 2, p. 261-282, 1999.

LEITE FILHO, G. A. Padrões de produtividade de autores em periódicos e congressos na área de contabilidade no Brasil: um estudo bibliométrico. Revista de Administração Contemporânea, v. 12, n. 2, p. 533-554, 2008.

LI, J.; MANGENA, M.; PIKE, R. The effect of audit committee characteristics on intellectual capital disclosure. The British Accounting Review, v. 44, n. 2, p. 98-110, 2012.

LIMA, F. D. C.; DINIZ, J. R.; MENDES DA SILVA, D. M. da. Perfil de produção científica em contabilidade: um comparativo entre os periódicos Contabilidade Vista & Revista e Universo Contábil, no período de 2006 a 2010. Revista de Administração, Contabilidade e Economia, v. 12, n. 2, p. 607-640, 2013.

LOCKE, J.; PERERA, H. The intellectual structure of international accounting in the early 1990s. The International Journal of Accounting, 36(2), 223-249, 2001.

LOPES, A. B.; WALKER, M. Asset revaluations, future firm performance and firm-level corporate governance arrangements: new evidence from Brazil. The British Accounting Review, v. 44, n. 2, p. 53-67, 2012.

LOWE, A.; LOCKE, J. Constructing an ‘efficient frontier’ of accounting journal quality. The British Accounting Review, v. 38, n. 3, p. 321-341, 2006.

LUNKES, R. J.; FELIU, V. M. R.; ROSA, F. S. da. Estudio de las publicaciones sobre contabilidad de gestión en Brasil y España. Revista Contabilidade & Finanças, v. 24, n. 61, p. 11-26, 2013.

MARRA, A.; MAZZOLA, P.; PRENCIPE, A. Board monitoring and earnings management pre-and post-IFRS. The International Journal of Accounting, v. 46, n. 2, p. 205-230, 2011.

MARTINS, G. de A. Divulgação de trabalho: considerações sobre os doze anos do caderno de estudos. Revista Contabilidade & Finanças, v. 13, n. 30, p. 81-88, 2002.

MISIRLIOĞLU, İ. U.; TUCKER, J.; YÜKSELTÜRK, O. Does mandatory adoption of IFRS guarantee compliance? The International Journal of Accounting, v. 48, n. 3, p. 327-363, 2013.

NEEDLES JR., B. E. International accounting research: An analysis of thirty-two years from the international journal of accounting. The International Journal of Accounting, v. 32, n. 2, p. 203-235, 1997.

OLIVEIRA, M. C. Análise dos periódicos brasileiros de contabilidade. Revista Contabilidade & Finanças, v. 13, n. 29, p. 68-86, 2002.

OTLEY, D. British research in accounting and finance (1996–2000): the 2001 research assessment exercise. The British Accounting Review, v. 34, n. 4, p. 387-417, 2002.

PELEIAS, I. R. et al. Evolução do ensino da contabilidade no Brasil: uma análise histórica. Revista Contabilidade & Finanças, p. 19-32, 2007.

ROSENSTREICH, D.; WOOLISCROFT, B. Measuring the impact of accounting journals using Google Scholar and the g-index. The British Accounting Review, v. 41, n. 4, p. 227-239. 2009.

SAMI, H.; ZHOU, H. Do auditing standards improve the accounting disclosure and information environment of public companies? Evidence from the emerging markets in China. The International Journal of Accounting, v. 43, n. 2, p. 139-169, 2008.

STREET, D. L.; NICHOLS, N. B.; GRAY, S. J. Assessing the acceptability of international accounting standards in the US: An empirical study of the materiality of US GAAP reconciliations by non-US companies complying with IASC standards. The International Journal of Accounting, v. 35, n. 1, p. 27-63, 2000.

TYRRALL, D.; WOODWARD, D.; RAKHIMBEKOVA, A. The relevance of international financial reporting standards to a developing country: Evidence from Kazakhstan. The International Journal of Accounting, v. 42, n. 1, p. 82-110, 2007, 2007.

WAKEFIELD, R. Networks of accounting research: a citation-based structural and network analysis. The British Accounting Review, v. 40, n. 3, p. 228-244, 2008.

WALTER, S. A. et al. Uma análise da evolução do campo de ensino e pesquisa em contabilidade sob a perspectiva de redes. Revista Universo Contábil, v. 5, n. 4, p. 76-93, 2009.

WASSERMAN, S., & FAUST, K. Social network analysis: methods and applications. Cambridge: Cambridge University Press, 1994.

WATSON, A.; SHRIVES, P.; MARSTON, C. Voluntary disclosure of accounting ratios in the UK. The British Accounting Review, v. 34, n. 4, p. 289-313, 2002.

Publicado
25-08-2014
Como Citar
Ribeiro, H. C. M. (2014). DEZOITO ANOS DE PRODUÇÃO ACADÊMICA DO CAMPO DO CONHECIMENTO CONTABILIDADE SOB A ÓTICA DOS PERIÓDICOS INTERNACIONAIS THE INTERNATIONAL JOURNAL OF ACCOUNTING E THE BRITISH ACCOUNTING REVIEW / Eighteen year academic production field of knowledge accounting. RACE - Revista De Administração, Contabilidade E Economia, 13(3), 1211-1240. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/race/article/view/5300