CUSTOS DA ROTATIVIDADE DE PESSOAL: EVIDÊNCIAS NO SETOR DE SUPERMERCADOS / Costs of staff turnover: evidence in the supermarket sector

  • Tiago Zardin Patias Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA
  • Milton Luiz Wittmann Universidade Federal de Santa Maria - UFSM
  • Bianca Bigolin Liszbinski Universidade Federal de Santa Maria - UFSM
  • Aline Soares Balestreri Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA
  • Camila Furlan da Costa Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA

Resumo

A rotatividade de funcionários é um desafio significativo para as organizações, pois reflete nas estratégias e no desempenho organizacional. Este estudo apresenta os resultados de uma pesquisa sobre rotatividade no setor de supermercados, com foco especial nos custos resultantes desse processo. Com base na literatura sobre rotatividade e dados atualizados sobre o tema, um estudo de caso foi desenvolvido em uma empresa familiar do segmento supermercadista de Santana do Livramento, RS. Todos os dados referentes à rotatividade ao longo de um ano foram coletados, complementados com entrevistas e observação direta, possibilitando fornecer um panorama sobre o tema. A pesquisa demonstra que os principais custos da rotatividade estão atrelados aos processos de desligamento, reposição e treinamento dos novos colaboradores. A pesquisa confirma o que aponta o panorama nacional de um elevado índice de rotatividade, o qual contribuiu para a incidência de altos custos, indicando a necessidade de planejar ações empresariais, como o aperfeiçoamento do processo de recrutamento e seleção, recepção, acompanhamento e treinamento dos colaboradores. Por fim, o estudo aponta para a necessidade de mensuração dos custos intangíveis da rotatividade, além do desenvolvimento de novas pesquisas sobre o tema, com foco nas causas desse fenômeno.

Palavras-chave: Rotatividade de pessoal. Recursos humanos. Custos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tiago Zardin Patias, Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA
Graduado em Administração (2002) e pós-graduado em Gestão de Pessoas (2006) pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (INIJUÍ). É Mestre em Administração (2008) pela Universidade de Caxias do Sul (UCS). Atualmente é professor assistente da Universidade Federal do Pampa - Campus Santana do Livramento e Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). 
Milton Luiz Wittmann, Universidade Federal de Santa Maria - UFSM
Doutor em Administração pela FEA/USP - Universidade de São Paulo (1996). É professor Associado da Universidade Federal de Santa Maria -UFSM, no Programa de Pós-Graduação em Administração. 
Bianca Bigolin Liszbinski, Universidade Federal de Santa Maria - UFSM
Mestre em Ciências Contábeis pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS (2013). Possui Pós-Graduação em Finanças pela Universidade Luterana do Brasil (2012) e Graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ (2007). Atualmente é Professora Substituta do Departamento de Ciências Contábeis na Universidade Federal de Santa Maria - UFSM.
Aline Soares Balestreri, Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA
Administradora pela Universidade Federal do Pampa.
Camila Furlan da Costa, Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA
Graduada em Administração pela Universidade Federal de Santa Maria (2005), Mestre em Administração pelo PPGA da Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2009), Especialista em Educação a Distância pelo SENAC/RS (2010). Atualmente é Professora Assistente do Campus Santana do Livramento da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) e Doutorando no PPGA-UFRGS.
Publicado
10-12-2014
Como Citar
Zardin Patias, T., Wittmann, M. L., Bigolin Liszbinski, B., Soares Balestreri, A., & Furlan da Costa, C. (2014). CUSTOS DA ROTATIVIDADE DE PESSOAL: EVIDÊNCIAS NO SETOR DE SUPERMERCADOS / Costs of staff turnover: evidence in the supermarket sector. RACE - Revista De Administração, Contabilidade E Economia, 14(1), 143-170. https://doi.org/10.18593/race.v14i1.4782