Análise do comportamento do turista estrangeiro em Florianópolis: a demanda por informações turísticas

  • Valentina Gomes Haensel Schmitt
  • Luis Moretto Neto

Resumo

No presente estudo tem-se por objetivo analisar o comportamento de consumo do turista estrangeiro em Florianópolis e as correlações referentes às informações turísticas e conhecimento do turista – enquanto consumidor –, no período compreendido entre os meses de maio a junho de 2006. O estudo decorre, a partir da avaliação das determinantes individuais e dos elementos que integram o produto turístico disponível, fundamentados em base teórica que possibilita análise do comportamento do consumidor, e a partir de inferências realizadas no mercado turístico, particularmente, por meio de estudo de caso. A população estudada representa a demanda de turistas estrangeiros da cidade de Florianópolis, durante o ano de 2006, sendo a amostra de 204 indivíduos. As constatações e proposições relacionadas ao comportamento do turista estrangeiro, notadamente, no espaço e período estudados, como consumidor, relativos ao foco de análise, permitem realizar as seguintes inferências: o composto da oferta e os mecanismos de distribuição estão estruturados, preferencialmente, para segmentos originários do Mercosul, fruto desse processo, o estudo possibilitou identificar significativas deficiências no processo de atendimento aos fluxos de origem anglo-saxônica, quadro que remete à reflexão por parte dos gestores e distribuidores de serviços turísticos para adequação da oferta.

Palavras-chave: Comportamento do Consumidor. Atividade turística. Demanda Turística.  Florianópolis/SC.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Schmitt, V. G. H., & Moretto Neto, L. (2010). Análise do comportamento do turista estrangeiro em Florianópolis: a demanda por informações turísticas. RACE - Revista De Administração, Contabilidade E Economia, 6(2), 161-174. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/race/article/view/387