O processo de gestão da inovação no ambiente industrial: estudo comparativo entre práticas na produção em série e na produção on demand

  • Bruno Brandão Fischer
  • Affonso Amaral Dalla Libera
  • Gustavo Cascardi
  • Rodrigo Debus Soares
  • Tania Nunes da Silva

Resumo

Este estudo faz uma abordagem comparativa dos processos de gestão das atividades de inovação nos ambientes industriais de produção padronizada em série (AGCO do Brasil) e produção sob demanda (Tecno Moageira Ltda.). Trata-se de uma pesquisa qualitativa baseada em dois estudos de casos específicos com empresas que atuam na área de maquinário agroindustrial, retratando as práticas relacionadas à inovação quanto aos aspectos estruturais de processo, à frequência do desenvolvimento de novos produtos e técnicas produtivas, à visão competitiva setorial que as empresas têm sobre a inovação, a tipologia de inovações geradas e a percepção organizacional sobre a relevância estratégica da inovação. Os resultados obtidos apontam uma tendência da empresa de produção em série a ter os processos de gestão da inovação bem estruturados, utilizando técnicas market pull e gama diversificada de fontes de geração inovadora. A empresa de produção sob demanda apresenta características de gestão das atividades de inovação mais flexíveis, utiliza técnicas technology push para desenvolvimento de novos produtos e tende a internalizar o processo de concepção das inovações em produtos.

Palavras-chave: Produção em série. Produção on demand. Inovação. Gestão da inovação.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Fischer, B. B., Libera, A. A. D., Cascardi, G., Soares, R. D., & Silva, T. N. da. (2010). O processo de gestão da inovação no ambiente industrial: estudo comparativo entre práticas na produção em série e na produção on demand. RACE - Revista De Administração, Contabilidade E Economia, 8(1), 33-58. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/race/article/view/372