Reforma agrária: uma história de desenvolvimento de Querência do Norte – Paraná

  • Amalia Maria Goldberg Godoy
  • Paulo Bento da Silva

Resumo

A discussão sobre desenvolvimento brasileiro e a necessidade de reforma agrária sempre esteve presente tanto em termos teóricos quanto de políticas públicas refletidas em planos governamentais. O presente artigo analisa os impactos socioeconômicos de um assentamento sobre o setor urbano, no período de 1950 ao início do século XXI, assim como busca identificar as principais mudanças dentro e fora do assentamento. Para isso, foi realizada uma pesquisa de campo, em Pontal do Tigre, no município de Querência do Norte, no Paraná. Os resultados apontam que os assentamentos consolidados de reforma agrária apresentam dois impactos importantes: um dentro do assentamento, no qual se observaram menores conflitos, geração de emprego e renda, melhoria das condições de vida e inserção social das famílias assentadas. Outro resultado é que as atividades econômicas existentes dentro do assentamento contribuem de forma importante para maior dinamismo do comércio local e mesmo regional.

Palavras-chave: Reforma agrária. Desenvolvimento local. Querência do Norte.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Godoy, A. M. G., & Silva, P. B. da. (2010). Reforma agrária: uma história de desenvolvimento de Querência do Norte – Paraná. RACE - Revista De Administração, Contabilidade E Economia, 7(2), 131-148. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/race/article/view/364