Uma abordagem pós-keynesiana de preferência pela liquidez: o sistema bancário e a concessão de crédito

  • Jefferson Souza Fraga

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo analisar o comportamento dos bancos e suas concessões de crédito em uma abordagem pós-keynesiana de preferência pela liquidez. O sistema bancário possui preferência pela liquidez; dessa forma, busca maximizar todos os seus lucros, como qualquer outro agente da economia. Assim, na busca por maior alavancagem de suas operações ativas, em grande medida a concessão de crédito, os bancos passam a utilizar técnicas de administração do passivo de forma mais presente. Entretanto, no caso brasileiro, com o aumento da rentabilidade das aplicações em títulos públicos, a administração do passivo causa pouca atenção aos bancos, pois suas aplicações resultam em altas taxas de lucratividade conjuntamente com baixo risco em operações de crédito para terceiros.

Palavras-chave: Preferência pela liquidez. Bancos. Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Fraga, J. S. (1). Uma abordagem pós-keynesiana de preferência pela liquidez: o sistema bancário e a concessão de crédito. RACE - Revista De Administração, Contabilidade E Economia, 8(1), 155-174. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/race/article/view/360