ESTILOS DE APRENDIZAGEM DOS ALUNOS VERSUS MÉTODOS DE ENSINO DOS PROFESSORES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

  • Gustavo Henrique Silva de Souza Universidade Federal de Alagoas
  • Antonio Carlos Silva Costa Universidade Federal de Alagoas
  • Nilton Cesar Lima Universidade Federal de Uberlândia
  • Jorge Artur Peçanha de Miranda Coelho Universidade Federal de Alagoas
  • Paulo da Cruz Freire dos Santos Universidade Federal de Alagoas
  • José Fernandes Vieira Pontes Junior Universidade Federal de Alagoas

Resumo

O aumento da produtividade das aulas em cursos do ensino superior tem partido do pressuposto de que a capacidade de aprendizagem pode ser estimulada por métodos de ensino adequados a estilos de aprendizagem. Nesse sentido, o objetivo deste artigo foi analisar a compatibilidade entre (1) os estilos de aprendizagem dos alunos e (2a) os métodos de ensino e (2b) os estilos de ensino dos professores do Curso de Administração da Universidade Federal de Alagoas, dentro do processo de desenvolvimento das competências do administrador. Por meio de um estudo multinível, exploratório e descritivo, de abordagem qualitativa e quantitativa, a pesquisa foi conduzida com roteiro de observação, questionário semiestruturado e o Inventário de Estilos de Aprendizagem. Os resultados mostraram que os estilos de aprendizagem dos alunos de Administração se concentraram no estilo assimilador (46,2%). Tais indivíduos possuem preferência por aulas expositivas e atividades em sala de aula, verificando-se compatível com os métodos utilizados pelos professores. Logo, atividades e dinâmicas compatíveis com estes estilos de aprendizagem, como auxílios audiovisuais, palestras e visualização de esquemas, diagramas e gráficos como forma de auxiliar as aulas expositivas, podem conseguir melhores resultados no processo de aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gustavo Henrique Silva de Souza, Universidade Federal de Alagoas
Mestrando em Psicologia Social (Comportamento Empreendedor) e Bacharel em Administração pela Universidade Federal de Alagoas. Pesquisador do Laboratório de Avaliação e Medida Cognitiva e Emocional.
Antonio Carlos Silva Costa, Universidade Federal de Alagoas
Professor Associado do Departamento de Administração da Universidade Federal de Alagoas. Doutor e Mestre em Psicologia Experimental pela Universidade de São Paulo.
Nilton Cesar Lima, Universidade Federal de Uberlândia
Professor Adjunto do Departamento de Contabilidade da Universidade Federal de Uberlândia. Avaliador do MEC/INEP. Doutor e Mestre em Administração pela Universidade Federal de São Paulo.
Jorge Artur Peçanha de Miranda Coelho, Universidade Federal de Alagoas
Professor Adjunto do Departamento de Psicologia e Coordenador do Laboratório de Avaliação e Medida Cognitiva e Emocional da Universidade Federal de Alagoas. Doutor e Mestre em Psicologia pela Universidade Federal da Paraíba.
Paulo da Cruz Freire dos Santos, Universidade Federal de Alagoas
Professor Associado do Departamento de Administração e Coordenador do Núcleu de Inovação Empreendedora da Universidade Federal de Alagoas. Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina.
José Fernandes Vieira Pontes Junior, Universidade Federal de Alagoas
Organizador de Eventos Científicos. Bacharel em Adminstração pela Universidade Federal de Alagoas.
Publicado
04-02-2014
Como Citar
Souza, G. H. S. de, Costa, A. C. S., Lima, N. C., Coelho, J. A. P. de M., Santos, P. da C. F. dos, & Pontes Junior, J. F. V. (2014). ESTILOS DE APRENDIZAGEM DOS ALUNOS VERSUS MÉTODOS DE ENSINO DOS PROFESSORES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. RACE - Revista De Administração, Contabilidade E Economia, 12(3), 9-44. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/race/article/view/2970