Análise das competências necessárias aos membros do colegiado pleno do Programa de Pós-graduação em Administração universitária da UFSC para a realização das ações previstas em seu planejamento estratégico

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18593/race.24028

Palavras-chave:

Gestão universitária, Gestão por competências, Mapeamento de competências, Planejamento estratégico

Resumo

Este estudo objetiva identificar as competências necessárias dos membros do Colegiado Pleno do Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária da UFSC para a realização das ações previstas em seu planejamento estratégico. O trabalho se justifica pela necessidade de aprofundamento dos estudos sobre Gestão por Competências no campo das universidades, ao buscar avançar nas discussões sobre o tema e desenvolver novas implicações no que diz respeito às competências necessárias de membros de colegiado em programas de pós-graduação. Buscou-se identificar as ações previstas no planejamento estratégico do PPGAU/UFSC; definir as competências previstas no planejamento estratégico do Programa; mapear as competências dos membros de seu Colegiado Pleno e sugerir ações de encaminhamento para os gestores e membros envolvidos nas ações estratégicas. Quanto à metodologia, trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, estudo de caso, com pesquisas bibliográfica e documental, sendo utilizadas entrevista e análise de conteúdo. Os resultados da pesquisa evidenciam uma quantidade considerável de competências que foram apontadas e validadas pelos entrevistados e pela Coordenação do PPGAU/UFSC, o que indica a minuciosidade das ações do serviço público e a seleção dos indivíduos mais adequados para executar as ações que culminam nos objetivos do planejamento estratégico. As conclusões sugerem a gestão por competências como requisito fundamental para o atingimento da excelência no âmbito das instituições universitárias e que contribuições científicas são indispensáveis aos gestores acadêmicos para ampliar o leque de ferramentas disponíveis para o exercício profissionalizado no cotidiano da gestão universitária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo Borges da Silva Martins, Universidade Federa de Santa Catarina

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária

Nicolas Rufino dos Santos, Universidade Federa de Santa Catarina

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária

Marcos B. L. Dalmau, UFSC

Professor do Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária (PPGAU/UFSC)

Professor do Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA/UFSC)

Professor do Departamento de Ciências da Administração (CAD/UFSC)

Referências

Brandão, H. P., & Bahry, C. P. (2005). Gestão por competências: métodos e técnicas para mapeamento de competências. Revista do Serviço Público - RSP, 56(2), 179-194.

Brandão, H. P., Guimarães, T. A., & Borges-Andrade, J. E. (2002). Competências emergentes na indústria bancária: um estudo de caso. Revista Comportamento Organizacional e Gestão, 8(2), 173-190.

Bruno-Faria, M. F., & Brandão, H. P. (2003). Gestão de competências: identificação de competências relevantes a profissionais da Área T&D de uma organização pública do Distrito Federal. Revista de Administração Contemporânea, 7(3), 35-36.

Carbone, P. P., Brandão, H. P., Leite, J. B. D., & Vilhena, R. (2005). Gestão por competências e gestão do conhecimento. Rio de Janeiro: Ed. da Fundação Getúlio Vargas.

Dalmau, M. B. L. (2019). Disciplina de Gestão por Competências em IES. Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária. UFSC.

Escola Nacional de Administração Pública. (2005). Relatório de gestão 2005. https://repositorio.enap.gov.br/handle/1/703.

Escola Nacional de Administração Pública. (2009). Mesa-redonda de pesquisa-ação. https://repositorio.enap.gov.br/bitstream/1/398/1/livro_mesa_redonda.pdf.

Escola Nacional de Administração Pública. (2020). Regulamento pré-seleção para o cargo de Coordenador-Geral de Pós-Graduação Stricto Sensu. https://enap.gov.br/media_files/documentos/processos-seletivos/DGI/Regulamento_03_04_atualizacao_cronograma.pdf.

Fleury, M. T. L., & Fleury, A. (2001). Construindo o conceito de competência. Revista de administração contemporânea, 5(SPE), 183-196.

Ienaga, C. H. (1998). Competence based management: seminário executivo. São Paulo: Dextron Consultoria Empresarial.

Madruga, R. (2018). Treinamento e desenvolvimento com foco em educação corporativa. São Paulo: Saraiva.

Mcclelland, D. (1973). Testing for competence rather than for intelligence. American Psychologist, January.

Pereira, M. F. (2010). Planejamento estratégico: teorias, modelos e processos. São Paulo: Atlas.

Richardson, R. J. et al. (1999). Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas.

Rios Neto, A. S. (2016). Complexidade nas Organizações. http://www.amb.com.br/portal/docs/artigos/Artigo%20-%20Complexidade%20nas%20Organiza.pdf.

Sparrow, P. R., & Bognanno, M. (1994). Competency requirement forecasting: issues for international selection and assessment. In C. Mabey, & P. Iles. (Orgs.). Managing learning. London : Routledge.

Universidade Federal de Santa Catarina. (2017). Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária. Legislação. Regimento do PPGAU. http://ppgau.paginas.ufsc.br/files/2017/11/Regimento-Final-PPGAU-Processo-n%C2%BA-23080.042491-2017-75-PublicadoBO.pdf.

Universidade Federal de Santa Catarina. (2019). Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária. Planejamento Estratégico do PPGAU. https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/196427/2%20-%2024052019%20-%20Planejamento%20Estrat%c3%a9gico%20AprovadoAssinado.pdf?sequence=1&isAllowed=y.

Vergara, S. M. (2014). Projetos e relatórios de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas.

Zarifian, P. (2001). Objetivo competência: por uma nova lógica. São Paulo: Atlas.

Downloads

Publicado

31-08-2021

Como Citar

Martins, L. B. da S., Santos, N. R. dos, & B. L. Dalmau, M. (2021). Análise das competências necessárias aos membros do colegiado pleno do Programa de Pós-graduação em Administração universitária da UFSC para a realização das ações previstas em seu planejamento estratégico. RACE - Revista De Administração, Contabilidade E Economia, 20(2), 231–268. https://doi.org/10.18593/race.24028

Edição

Seção

Artigos teórico-empíricos