Caracterizando a participação do profissional contábil no contexto da sustentabilidade empresarial

  • Maria Luíza Farias Diniz Universidade Federal da Paraíba
  • Aldo Leonardo Cunha Callado Departamento de Finanças e Contabilidade da Universidade Federal da Paraíba

Resumo

Resumo: Com a preocupação de as empresas se manterem no mercado em longo prazo, passou a ser adotada por algumas organizações uma estratégia voltada à adesão a práticas sustentáveis. Com isso, o profissional contábil pode gerar ou gerenciar informações que auxiliarão no processo de resultados voltados à sustentabilidade. Assim, nesta pesquisa buscou-se responder à seguinte questão: de que forma o profissional contábil participa dos indicadores de sustentabilidade? Diante dessa problemática, o objetivo com o trabalho foi verificar a participação do profissional contábil em aspectos associados aos indicadores de sustentabilidade em uma empresa pertencente ao setor gráfico. A sustentabilidade empresarial foi mensurada a partir do Grid de Sustentabilidade Empresarial (GSE) que integra as dimensões ambiental, econômica e social. A participação do profissional contábil foi analisada a partir de ações voltadas ao planejamento, execução, controle e tomada de decisão dos indicadores de sustentabilidade. Esta pesquisa pode ser caracterizada como descritiva, exploratória e qualitativa, adotando a estratégia de estudo de caso, e foi desenvolvida a partir da aplicação de um questionário estruturado com realização de entrevista e visita técnica com a finalidade de observar in loco as ações mencionadas. A empresa investigada apresentou um resultado classificado como Sustentabilidade Empresarial Relativa, uma vez que possui resultados positivos nas dimensões econômica e social da sustentabilidade. Observou-se, ainda, que o profissional da Contabilidade participa de 14 indicadores dos 43 definidos pelo modelo, sendo quatro da dimensão ambiental, oito da dimensão econômica e dois da dimensão social. Diante do resultado, destaca-se a participação do contador em resultados associados ao desempenho da sustentabilidade empresarial (por meio dos indicadores) na organização analisada.

Palavras-chave: Contabilidade gerencial. Profissional contábil. Sustentabilidade empresarial.

Characterizing the participation of the accounting professional in the context of corporate sustainability

Abstract: With the concern of companies to remain in the market in the long term, a strategy has been adopted by some organizations aimed at adhering to sustainable practices. With this, the accounting professional can generate or manage information that will help in the process of results oriented towards sustainability. Thus, this research sought to answer the following question: How does the accounting professional participate in sustainability indicators? In view of this problem, the objective of the study was to verify the participation of the accounting professional in aspects associated to the sustainability indicators in a company belonging to the graphic sector. . Business sustainability was measured based on the Corporate Sustainability Grid (CSG) that integrates the environmental, economic and social dimensions. The participation of the accounting professional was analyzed based on actions aimed at the planning, execution, control and decision making of the sustainability indicators. This research can be characterized as descriptive, exploratory and qualitative, adopting the case study strategy, and it was developed from the application of a structured questionnaire with interviews and technical visits with the purpose of observing the mentioned actions in loco. The company investigated presented a result classified as Relative Business Sustainability, since it has positive results in the economic and social dimensions of sustainability. It was observed that the accounting professional participates in 14 indicators of the 43 defined by the model, four of the environmental dimension, eight of the economic dimension and two of the social dimension. In view of the result, the accountant's participation in results associated to the performance of corporate sustainability (through the indicators) in the analyzed organization stands out.

Keywords: Management accounting. Accounting professional. Corporate sustainability.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Luíza Farias Diniz, Universidade Federal da Paraíba
Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Federal da Paraíba (2015). Mestranda em Ciências Contábeis pelo Programa de Pós Graduação em Ciências Contábeis (PPGCC) da Universidade Federal da Paraíba.
Aldo Leonardo Cunha Callado, Departamento de Finanças e Contabilidade da Universidade Federal da Paraíba
Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Ceará (1997), Especialista em Contabilidade e Controladoria pela Universidade Federal de Pernambuco (1999), Mestre em Administração na área de Finanças de Empresas pela Universidade Federal da Paraíba (2002) e Doutor em Agronegócios pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2010). Professor Adjunto do Departamento de Finanças e Contabilidade da Universidade Federal da Paraíba. Atua como Professor Permanente nos Programas de Pós-Graduação em Administração (PPGA) e em Ciências Contábeis (PPGCC) da Universidade Federal da Paraíba e no Programa de Pós-Graduação em Controladoria (PPGC) da Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Referências

Almeida, F. (2002). O bom negócio da sustentabilidade. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. Retirado de http://www.fernandoalmeida.com.br/livros/livro-fernando-almeida-sustentabilidade.pdf

Assis, C. R. de F. (2011). Contabilidade gerencial e a sua contribuição para à sustentabilidade empresarial. Retirado de http://www.webartigos.com/artigos/contabilidade-gerencial-e-a-sua-contribuicao-para-a-sustentabilidade-empresarial/79875/

Atkinson, A. A., Banker, R. D., Kaplan, R. S., & Young, S. M. (2000). Contabilidade gerencial (A. O. Mosselman Du Chenoy Castro, Trad.) (R. Famá, Rev. Téc.). São Paulo: Atlas.

Ballou, B., Casey, R. J., Grenier, J. H., & Heitger, D. L. (2012). Exploring the Strategic Integration of Sustainability Initiatives: Opportunities for Accounting Research. American Accounting Association, 26(2), 265-288. Retirado de http://aaapubs.org/doi/10.2308/acch-50088

Berglund, E., & Strand, S. (2015). An examination of the link between management accounting and sustainable development in the Swedish popular press (Bachelor thesis, University of Gothenburg). Retrieved from https://gupea.ub.gu.se/bitstream/2077/39736/1/gupea_2077_39736_1.pdf

Callado, A. L. C. (2010). Modelo de mensuração de sustentabilidade empresarial: Uma aplicação em vinícolas localizadas na Serra Gaúcha (tese de Doutorado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul). Retirado de http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/26743

Frezatti, F., Rocha, W., Nascimento, A. R. do, & Junqueira, E. (2009). Controle gerencial: Uma abordagem da contabilidade gerencial no contexto econômico, comportamental e sociólogo. São Paulo: Atlas.

Furtado, J. S. (2005). Sustentabilidade empresarial. Guia de práticas econômicas, ambientais e sociais. Salvador: NEAMA/CRA. Retirado de http://www.tdtsustentabilidade.org/wpcontent/uploads/2014/09/sustentabilidade_empresarial_guia_de_praticas_economicas_ambientais_sociais_jsf.pdf

Gil, A. C. (2002). Como elaborar projetos de pesquisa. (10ª ed.). São Paulo: Atlas. Retirado de https://professores.faccat.br/moodle/pluginfile.php/13410/mod_resource/content/1/como_elaborar_projeto_de_pesquisa_-_antonio_carlos_gil.pdf

Ghosh, S., Vale, R., & Vale, B. (2014). Indications from Sustainability Indicators. Journal of Urban Design, 11(2), 263-275. Retirado de https://www.researchgate.net/publication/233275514_Indications_from_Sustainability_Indicators

Leal, C. E. (2009). A Era das Organizações Sustentáveis. Novo Enfoque Revista Eletrônica. Retirado de http://www.castelobranco.br/sistema/novoenfoque/files/08/04.pdf

Lourenço, M. R., & Marchiori, M. (2013). Comunicação sustentável – Um processo de construção da consciência dos sujeitos sobre sustentabilidade. Londrina: Universidade Estadual de Londrina. Retirado de http://www.uel.br/grupo-estudo/gecorp/images/GT_5_-_6.pdf

Makarenko, I., & Plastun, A. (2017). The role of accounting in sustainable development. Accounting and Financial Control, 1(2), 4-12. Retirado de https://businessperspectives.org/images/pdf/applications/publishing/templates/article/assets/9472/AFC_2017_02_Makarenko.pdf

Moresi, E. (2003). Metodologia da pesquisa. Brasília: Universidade Católica de Brasília. Retirado de https://pt.scribd.com/document/49051503/MetodologiaPesquisa-Moresi2003

Nappi, V., & Rozenfeld, H. (2015). The Incorporation of Sustainability Indicators into a Performance Measurement System. Procedia CIRP, 26, 7-12. Retirado de https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S2212827114009275

O'Brien, C. (1999). Sustainable production – A new paradigm for a new millennium. International Journal of Production Economics, 60(1), 1-7. Retirado de https://ideas.repec.org/a/eee/proeco/v60-61y1999i1p1-7.html

Parisi, C., & MegliorinI, E. (2011). Contabilidade gerencial. São Paulo: Atlas.

Pimenta, H. C. D. (2010). Sustentabilidade empresarial: Práticas em cadeias produtivas. Natal: IFRN Editora. Retirado de https://memoria.ifrn.edu.br/handle/1044/1161

Raupp, F. M., & Beuren, I. M. (2006). Metodologia da pesquisa aplicável às ciências sociais. (3ª ed.). São Paulo: Atlas.

Santos, M. L. dos., & Souza, M. A. de. (2010, julho). A Importância do Profissional Contábil na Contabilidade Gerencial: Uma percepção dos conselheiros do CRC/MG. Revista E-Civitas, 3(1). Retirado de http://revistas.unibh.br/index.php/dcjpg/article/view/56

Savitz, A. W., & Weber, K. (2007). A empresa sustentável: O verdadeiro sucesso é o lucro com responsabilidade social e ambiental. (3ª ed.). Rio de Janeiro: Elsevier.

Sehnem, S., Lazzarotti, F., & Bencke, F. (2016). Sustainable practices and eco-innovations adopted by industrial companies. International Journal of Innovation, 4(2), 42-58. Retirado de http://www.journaliji.org/index.php/iji/article/view/106

Souza, D. C. de. Evidências de informações gerenciais nos relatórios de gestão fiscal da área pública (dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Paraná). Retirado de http://www.ppgcontabilidade.ufpr.br/wp-content/uploads/2015/05/D006.pdf

Publicado
14-12-2018
Como Citar
Diniz, M. L. F., & Callado, A. L. C. (2018). Caracterizando a participação do profissional contábil no contexto da sustentabilidade empresarial. RACE - Revista De Administração, Contabilidade E Economia, 17(3), 889-912. https://doi.org/10.18593/race.v17i3.17424