Perfil da produção bibliográfica sobre Finanças Comportamentais e Teoria do Prospecto

  • Clésia Ana Gubiani
  • Carlos Eduardo Facin Lavarda

Resumo

O objetivo desta pesquisa é mapear as publicações sobre Finanças Comportamentais nos anais do Congresso USP, Anpcont, Enanpad e Semead referentes aos anos de 2000 a 2009. Para isso, realizou-se uma pesquisa descritiva, bibliográfica e de abordagem quantitativa. Para a análise dos dados se elaboraram redes com a utilização do software Unicet®. Selecionaram-se os artigos que continham no título, no resumo ou nas palavras-chave as palavras: Finanças Comportamentais, Teoria do Prospecto, Teoria dos Prospectos, Vieses Cognitivos, totalizando 39 artigos selecionados. O período analisado foi de 2000 a 2009. Os resultados mostram que o Semead foi o Congresso que publicou o maior número de artigos, na sequência Enanpad, USP e Anpcont. Os autores dos artigos publicados possuem vínculo com 21 instituições. Observou-se que nos artigos analisados ocorreu a predominância da pesquisa descritiva realizada por meio de levantamento, com a utilização de questionários como instrumentos de pesquisa, e na abordagem do problema predominou a análise quantitativa, com a utilização do teste do Qui-Quadrado. Conclui-se que os periódicos internacionais, os livros internacionais e os anais de congressos nacionais foram as referências mais utilizadas na produção dos artigos analisados. Percebe-se, assim, uma utilização maior de referências internacionais sobre o tema.

Palavras-chave: Bibliometria. Finanças Comportamentais. Teoria do Prospecto.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
11-09-2012
Como Citar
Gubiani, C. A., & Lavarda, C. E. F. (2012). Perfil da produção bibliográfica sobre Finanças Comportamentais e Teoria do Prospecto. RACE - Revista De Administração, Contabilidade E Economia, 10(2), 163-184. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/race/article/view/1666