Avaliação de políticas públicas como indutora de aprendizagem: percepção de gestores estaduais do Programa Bolsa Família

  • Doraliza Auxiliadora Abranches Monteiro Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFBA)
  • Elizabeth Matos Ribeiro Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Resumo

No presente estudo objetivou-se analisar como as práticas avaliativas implementadas pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) para o Programa Bolsa Família (PBF) têm proporcionado processos de aprendizagens nas práticas de gestão do Programa junto a governos estaduais. Optou-se pela coleta de dados por meio de questionário semiestruturado, que foi aplicado a gestores estaduais do PBF por meio eletrônico (Google Forms). Foram investigados aspectos do perfil pessoal e profissional dos gestores, bem como questões relacionadas aos processos de aprendizagens resultantes das pesquisas de avaliação do PBF. Os principais achados da pesquisa permitem inferir que os processos de aprendizagem resultantes das pesquisas avaliativas do MDS para o PBF junto aos estados foram baixos, e que a percepção de aprendizado está mais relacionada aos aspectos gerenciais (vinculados à execução do PBF) do que a aspectos mais instrumentais e conceituais que possibilitem a esses atores assumirem um papel mais ativo e autônomo junto à gestão do Programa.

Palavras-chave: Avaliação de políticas públicas. Aprendizagem organizacional. Programa Bolsa Família.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Doraliza Auxiliadora Abranches Monteiro, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFBA)
Professora do Centro de Artes, Humanidades e Letras da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Doutora em Administração pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Mestre em Administração pela Universidade Federal de Viçosa (UFV).
Elizabeth Matos Ribeiro, Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Professora Associada da Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Doutora em Ciências Políticas e da Administração pela Universidade de Santiago de Compostela-Espanha (2000). 

Publicado
21-12-2017
Como Citar
Monteiro, D. A. A., & Ribeiro, E. M. (2017). Avaliação de políticas públicas como indutora de aprendizagem: percepção de gestores estaduais do Programa Bolsa Família. RACE - Revista De Administração, Contabilidade E Economia, 105-130. https://doi.org/10.18593/race.v0i0.13821
Edição
Seção
Edição Especial Administração Pública: Burocracia e Políticas Públicas