Competências gerenciais dos coordenadores de cursos de instituições privadas de ensino superior na cidade de Fortaleza, CE

Resumo

O coordenador de curso está inserido em um cenário que envolve sucessivas mudanças em termos econômicos, sociais e demográficos, o que provocou uma renovação na forma como as instituições de ensino superior devem ser gerenciadas em face da necessidade de sobrevivência ao ambiente competitivo em que estão inseridas. O objetivo com esta pesquisa foi analisar o grau de utilização e de importância das competências gerenciais em instituições privadas de ensino superior na Cidade de Fortaleza, Ceará, segundo a percepção de coordenadores de Cursos de graduação em Administração e Ciências Contábeis. A pesquisa foi caracterizada como de campo, descritivo-exploratória, com abordagens quantitativa e qualitativa, ou seja, com métodos mistos. Os dados de 17 questionários foram tratados por meio da estatística descritiva, com a utilização do software Statistical Package for Social Sciences (SPSS); já os dados das 17 entrevistas com roteiro semiestruturado foram submetidos à análise de conteúdo (BARDIN, 2010). Os achados deste estudo demonstraram que os coordenadores de cursos consideram a maioria das competências gerenciais disponibilizadas como muito utilizada e importante, indicando que as competências gerenciais exercem um papel significativo no desempenho das suas funções e que esses coordenadores estão inseridos em um contexto de alta produtividade.

Palavras-chave: Competências gerenciais. Coordenador de curso. Instituições de ensino superior.


Abstract

 

The course coordinator is inserted in a scenario involving successive changes in economic, social and demographic terms, which caused a renewal in the way higher education institutions must be managed in light of the need to survive the competitive environment in which they operate. The objective of this research was to analyze the degree of use and importance of management competencies in private institutions of higher education in the City of Fortaleza, Ceará, according to the perception of Course coordinators degree in Administration and Accounting Sciences. The research was characterized as field-based, descriptive-exploratory, with quantitative and qualitative approaches, that is, with mixed methods. Data from 17 questionnaires were treated using descriptive statistics using the Statistical Package for Social Sciences (SPSS) software; already the data of the 17 interviews with semi-structured script were submitted to content analysis (BARDIN, 2010). The findings of this study demonstrated that the course coordinators consider most management competencies available as widely used and very important, indicating that the management competencies play a significant role in the performance of their duties and that these coordinators are inserted in a high productivity environment.

Keywords: Management competencies. Course coordinator. Higher education institutions.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jesuína Maria Pereira Ferreira, Universidade Federal de Minas Gerais
Doutoranda em Administração na Universidade Federal de Minas Gerais. Mestre e Pós-graduada em Administração pela Universidade Federal do Ceará. Graduação em Psicologia. Atua como professora convidada nos cursos relacionados às áreas de ciências humanas e sociais. Pesquisadora no grupo de Pesquisa NECOP (Núcleo de estudo sobre comportamento, pessoas e organizações).

Referências

ALMINO FRANCISCO, T. H. et. al. A identificação das core competences da Facierc com base na percepção de seus gestores. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE

GESTÃO UNIVERSITÁRIA NA AMÉRICA DO SUL, 9., 2009, Florianópolis. Anais... Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina. Disponível em: <https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/36820/A%20identifica%C3%A7%C3%A3o%20das%20CORE%20competences%20da%20facierc%20com%20base%20na%20percep%C3%A7%C3%A3o%20de%20seus%20gestores.pdf?sequence=1>. Acesso em: 23 jun. 2016.

ANDRADE; M. M. Competências requeridas pelos gestores de instituições de ensino superior privadas: um estudo em Curitiba e região metropolitana. 2005. 179 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia) – Programa de Pós-graduação em Tecnologia, Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná, Curitiba, 2005. Disponível em: <http://files.dirppg.ct.utfpr.edu.br/ppgte/dissertacoes/2005/ppgte_dissertacao_179_2005.pdf>. Acesso em: 01 jul. 2016.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa, Portugal; Edições 70, LDA, 2010.

BASSOLI, D. A. O coordenador de curso superior de instituições de ensino superior privadas: análise dos contributos políticos, gerenciais, acadêmicos e institucionais. 2014. 239 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) – Programa de Pós-graduação em Engenharia de Produção, Universidade de São Paulo, São Carlos, 2014. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18157/tde-17072014-092602/en.php>. Acesso em: 01 jul. 2016.

BOYATZIS, R. E. The competent manager: a model for effective performance. New York: John Wiley, 1982.

BRASIL. Ministério da Educação (2013). Censo da educação superior, resumo técnico 2013. Brasília, 2013. Disponível em: <http://download.inep.gov.br/download/superior/censo/2013/resumo_tecnico_censo_educacao_superior_2013.pdf>. Acesso em: 05 jul. 2016.

COLLIS, J.; HUSSEY, R. Pesquisa em Administração: um guia prático para alunos de graduação e pós-graduação. Porto Alegre: Bookman, 2006.

DUTRA, J. S. Gestão por competências: um modelo avançado para o gerenciamento de pessoas. São Paulo: Gente, 2001.

______ . Competências: conceitos e instrumentos para a gestão de pessoas na empresa moderna. São Paulo: Atlas, 2009.

FARIA, L. J. Os novos modelos de gestão: análise e algumas práticas em empresas brasileiras. RAE Light/EAESP/FGV. São Paulo, v. 2, n. 4, p. 35-40, 1995. Disponível em: < http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/handle/10438/4577 >. Acesso em: 04 fev. 2016.

FERRARI, F. C.; NASCIMENTO, K. A. Perfil dos coordenadores de cursos de uma instituição de ensino superior mineira. Revista Eletrônica da Faculdade Metodista Granbery. Juiz de Fora, n. 16, jan./jun. 2014. Disponível em: <http://re.granbery.edu.br/artigos/NTA1.pdf>. Acesso em: 03 jun. 2016.

FERREIRA, J. M. P. Gestão institucional e Competências gerenciais: um estudo em instituições privadas de ensino superior – IPES. 2011. 177 f. Dissertação (Mestrado em Administração e Controladoria) – Departamento de Administração, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011. Disponível em < http://www.repositorio.ufc.br/ri/bitstream/riufc/15049/3/2011_dis_jmpferreira.pdf>. Acesso em: 03 out. 2016.

FLECK, C. F.; PEREIRA, B. A. D. Professores e gestores: análise do perfil das competências gerenciais dos coordenadores de pós-graduação das instituições federais de ensino superior (IFES) do RS, Brasil. Revista Organização & Sociedade. Salvador, v. 18, n. 57, p. 285-301, abr/jun. 2011. Disponível em: . Acesso em: 03 jul. 2016.

FINGER, A. P. Gestão de universidades: novas abordagens. Curitiba: Champagnat, 1997.

FREITAS, P. R. Proposta de um modelo de posicionamento estratégico para IES brasileiras. In: GARCIA, M. (Org.). Gestão profissional em instituições privadas de ensino superior: um guia de sobrevivência para mantenedoras, acionistas, reitores, pró-reitores, diretores, coordenadores, gerentes e outros gestores institucionais. Espírito Santo: Hope, 2006. p. 29-36.

GARCIA, P. R. S. Marketing de relacionamento: um desafio para as instituições de ensino superior. Revista Digital Comunicação & Estratégia. v. 3, n. 8, 1 sem., 2008. Disponível em: <http://www.comunicacaoempresarial.com.br/revista/08/artigos/artigo11.asp>. Acesso em: 15 out. 2015.

GREINER, L. E. Evolution and revolution as organizations grow. Harward Business Review, v. 10, n. 4, p. 397-409. 1998.

HAIR Jr. et al. Análise multivariada de dados. Porto Alegre: Bookman, 2009.

KOBS, F.F.; REIS, D.R. Gestão nas Instituições de Ensino Superior Privado. Gestão Revista Científica de Administração e Sistemas de Informação, v. 10, n. 10, jan./jun., p. 7-18, 2008.

LIMA, S. M. P.; VILLARDI, B. Q. Como gestores públicos de uma instituição federal de ensino superior brasileira aprendem na prática a desenvolver suas competências gerenciais. In: ENCONTRO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO, 35., 2011, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro, ANPAD. Disponível em: < http://www.anpad.org.br/admin/pdf/APB2613.pdf >. Acesso em: 14 mai. 2016.

MACHADO, L. E. Gestão Estratégica para instituições de ensino superior privadas. São Paulo: FGV Editora, 2008.

MACIEL, R. G. A., NOGUEIRA, H. G. P. Gestão universitária sob a ótica do desenvolvimento de competências. In: SIMPÓSIO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO E TECNOLOGIA, 5., 2008, Resende. Anais... Resende: Associação Educacional Dom Bosco. Disponível em: <http://www.aedb.br/seget/arquivos/artigos08/259_ARTIGO_SEGET_2008.pdf>. Acesso em: 13 jan. 2016.

MAROCO, J. Análise estatística com a utilização do SPSS. 3ª ed. Lisboa: Sílabo, 2010.

MOTTA, P. R. Gestão contemporânea: a ciência e a arte de ser dirigente. Rio de Janeiro: Record, 2001.

PANIZZI, W. M. Pronunciamento II Reunião Plenária do Conselho Universitário Iberoamericano. Brasília: Andifes, 2004.

PARRY, S. B. The quest for competencies. Training, v. 33, n. 7, p. 48-54. 1996.

RUAS, R. L. Desenvolvimento de competências gerenciais e contribuição da aprendizagem organizacional. In: FLEURY, M. T. L.; OLIVEIRA Jr., M. M. (Orgs.). Gestão estratégica do conhecimento: integrando aprendizagem, conhecimento e competências. São Paulo: Atlas, 2001. p. 242-269.

SAMPAIO, H. M. S. O ensino superior no Brasil: o setor privado. São Paulo: Hucitec/FAPESP, 2000.

SANTOS, A. R. Metodologia científica: a construção do conhecimento. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

SEABRA, A. L. C.; PAIVA, K. C. M.; LUZ, T. R. Competências gerenciais de coordenadores de curso de graduação em enfermagem em Belo Horizonte-MG. Revista Brasileira de Enfermagem. v. 68, p. 5, p. 608-616. 2015.

SILVA, R. Gestão do ensino superior - gestão profissionalizada e qualidade de ensino para instituições de ensino superior privado. Curitiba: Jurua, 2008.

SILVA, M. G. Competências gerenciais dos coordenadores / orientadores do curso de graduação em administração de empresas: Um estudo de caso na Universidade de Caxias do Sul. In: ENCONTRO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO, 26, 2002, Salvador. Anais... Salvador: ANPAD, 2002. CD ROM.

SPENCER, L. M.; SPENCER, S. Competence at work. New York: John Wiley, 1993.

TACHIZAWA, T., ANDRADE, R. O. B. Gestão de instituições de ensino. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.

VAHL, T. R. A privatização do ensino superior no Brasil: causas e consequências. Florianópolis: UFSC, 1980.

VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 10 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

VIEIRA, M. M. F.; ZOUAIN, D. M. (Orgs). Pesquisa qualitativa em administração. Rio de Janeiro: FGV, 2004.

WALTER, S. A., ROCHA, D. T., SOUZA-DOMINGUES, M. J. C. De professor a gestor: uma análise do perfil dos gestores dos cursos de administração das instituições de ensino superior da região oeste do Paraná. Revista ANGRAD, v. 8, n. 1, p. 53-72. 2007.

Publicado
30-08-2017
Como Citar
Ferreira, J. M. P., & Paiva, K. C. M. (2017). Competências gerenciais dos coordenadores de cursos de instituições privadas de ensino superior na cidade de Fortaleza, CE. RACE - Revista De Administração, Contabilidade E Economia, 16(2), 681-702. https://doi.org/10.18593/race.v16i2.13057