Performance e Foco do Gestor em Fundos Multimercados

  • Patrycia Olivo Moreira Universidade Federal de Uberlândia
  • Vitor Borges Tavares Universidade Federal de Uberlândia
  • Rodrigo Fernandes Malaquias Universidade Federal de Uberlândia

Resumo

Resumo

 

O objetivo principal com este artigo foi analisar a relação entre o foco do gestor e a performance dos fundos de investimentos multimercados. Com base em estudos anteriores, o modelo de pesquisa também considerou o foco da família administradora. A base de dados foi composta por 2.942 fundos no período de janeiro de 2012 a dezembro de 2015. Observou-se que o foco da família de fundos apresentou relação positiva com o desempenho, assim como o foco do gestor em fundos multimercados; porém, essa relação não foi persistente para diferentes medidas de performance como variável dependente. Com base nesses resultados, evidenciaram-se, nesta pesquisa, variáveis que podem ser utilizadas por cotistas de fundos de investimentos para a alocação de seus recursos no mercado financeiro.

Palavras-chave: Investidores institucionais. Gestão ativa. Economia de escala.

 

Abstract

 

The aim of this research is to analyze the relationship between managers’ focus and the performance of multimarket investment funds. Grounded in previous research, the quantitative model of this study also involves the focus of funds families. The database is comprised of 2,942 investment funds in the period from january 2012 to december 2015. We observed that both managers’ focus and families’ focus in the category of multimarket funds have a positive effect on the performance of investment funds. Nevertheless, the positive effect of these variables is not consistent among different indexes of performance. Based on these results, this research discloses some variables that investors can use in order to allocate their financial resources in the capital market.

Keywords: Institutional investors. Active management. Economies of scale.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrycia Olivo Moreira, Universidade Federal de Uberlândia
Mestranda em Administração (Gestão Financeira e Controladoria) pela FAGEN/UFU.
Vitor Borges Tavares, Universidade Federal de Uberlândia
Mestrando em Administração (Gestão Financeira e Controladoria) pela FAGEN/UFU.
Rodrigo Fernandes Malaquias, Universidade Federal de Uberlândia

Possui Graduação em Ciências Contábeis, Especialização em Controladoria e Finanças, Mestrado em Administração (Finanças) e Doutorado em Administração (Finanças).

Professor dos cursos de graduação, mestrado e doutorado em Ciências Contábeis da FACIC/UFU, bem como do mesetrado em Administração da FAGEN/UFU.

Referências

ACKERNANN, C.; MCENALLY, R.; RAVENSCRAFT, D. The Performance of Hedge Funds: risk, return, and incentives. The Journal of Finance, v. 54, n. 3, p. 833-874, jun. 1999.

AGARWALl, V.; e NAIK, N. Y.; Multi-Period Performance Persistence Analysis of Hedge Funds. The Journal of Financial and Quantitative Analysis, v. 35, n. 3, 327–342. 2000.

AMBIMA. Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais. Industria de Fundos de Investimentos (Anuário 2015). Disponível em: http://www.anbima.com.br/anuariodefundos/2015/arqs/anuario2015.pdf>. Acesso em: 05 out. 2015.

AMIN, G. S.; KAT, H. M. Hedge Fund Performance 1990-2000: Do the “Money Machines” Really Add Value? Journal of Financial and Quantitative Analysis, v.38, n.2, p.251-274, 2003.

BENCIVENGA, V. R.; SMITH, B. D. Financial Intermadiation and Endogenous Growth. The Review of Economic Studies, v. 58, n. 2, p. 195-209, apr. 1991.

BLACK, B. S.; CARVALHO, A. G.; SAMPAIO, J. O. The evolution of corporate governance in Brazil. Emerging Markets Review, v. 20, p. 176-195, 2014.

BRESSAN, V. G. F., COAGUILA, R. A. I.; SOUSA, E. P.; LÍRIO, V. S. Rentabilidade e assimetria de informação em empresas selecionadas da BOVESPA. Revista Ciências Administrativas, v. 13, n. 2, p. 233-233, 2007.

BRYANT, L. L. “Down but Not Out” mutual fund manager turnover within fund families. Journal of Financial Intermediation, v. 21, n.4, 569-593, 2012.

BUSSE, J. A. Volatility timing in mutual funds: Evidence from daily returns. Review of Financial Studies, v. 12, n. 5, 1009-1041, 1999.

CASTRO, B. R.; MINARDI, A. M. A. F. Comparação do desempenho dos fundos de ações ativos e passivos. Revista Brasileira de Finanças, v. 7, n. 2, p. 143-161, 2009.

CAMARGOS, M. A.; ROMERO, J. A. R. Análise Empírica da Reação do Mercado de Capitais Brasileiro a Eventos Corporativos: Teste Conjunto da Hipótese de Eficiência de Mercado. Revista de Gestão USP, São Paulo, v. 13, n. 3, p.57-74, 2006.

CHEVALIER, J.; ELLISON, G. Risk Taking by Muual Funds as a Response to Incentives. Journal of Political Economy, v. 105, n. 6, 1167-1200. 1997.

CICCOTELLO, C. S.; MILES, J. A.; WALSH, L. S. Should investors choose funds from focused families? Financial Services Review, v. 15, n. 3, p. 247-264, 2006.

COPELAND, T. E., WESTON, J. F., E SHASTRI, K. Financial theory and corporate policy. 4ª Ed. EUA: Addison Wiley Publishing Company, 2005.

DANGL, T.; WU, Y.; ZECHNER, J. Market Discipline and Internal Governance in the Mutual Fund Industry. Review of Financial Studies, v. 21, n. 5, 2307-2343, 2008.

DAVIS, E. P. Institutional investors, financial market efficiency, and financial stability. European Investment Bank (EIB) papers, v. 8, n. 1, p. 77-107, 2003.

DELI, D. N. (2002). Mutual fund advisory contracts: An empirical investigation. Journal of Finance, v. 57, n. 1, 109-133.

EID JR., W.; SECURATO, J. R. Financial Markets Development: Evidence for Brazil, India and China. Version: 2010. Disponível em: <http://www.ssrn.com/>. Acesso em 08 de outubro de 2015.

FAMA, E. F. Efficient Capital Markets: A Review of Theory and Empirical Works. The Journal of Finance, v.25, n.2, p.383-417, 1970.

FAMA, E. F. Efficient Capital Markets: II. The Journal of Finance, v.46, n.5, 1991.

GOMES, F.A.R.; CRESTO, V. Avaliação do Desempenho dos Fundos Long-Short no Brasil. Revista Brasileira de Finanças, v.8, n.4, p.505-529, 2010.

GUTERMAN, M. A Relação Convexa entre Desempenho e Captação de Fundos de Investimento no Brasil. Dissertação (Mestrado em Economia). Instituto de Ensino e Pesquisa (INSPER), São Paulo. 2009.

HEALY, P. M.; PALEPU, K. G. The effect of firms’ financial disclosure strategies on stock prices. Accounting Horizons, v. 7, n. 1, p. 1-11. 1993.

IQUIAPAZA, R. A.; BARBOSA, F. V.; AMARAL, H. F.; BRESSAN, A. A. Condicionantes do crescimento dos fundos mútuos de renda fixa no Brasil. Revista de Administração, São Paulo, v.43, n.3, p.250-262, jul.-set. 2008.

IQUIAPAZA, R. A. Performance, captação e foco das famílias de fundos de investimento. Tese de Doutorado, 2009, Universidade Federal de Minas Gerais, Minas Gerais, MG, Brasil.

INTERNATION MONETARY FUND–IMF. World Economic Outlook Database, October 2015. Acessado em 15 de dezembro de 2015. http://www.imf.org/external/pubs/ft/weo/2015/02/pdf/text.pdf

JENSEN, M. C.; MECKLING, W. H. Theory of the firm: Managerial behavior, agency costs and ownership structure. Journal of financial economics, v. 3, n. 4, p. 305-360, 1976.

JOAQUIM, G. P. G.; MOURA, M. L. Performance and persistence of Brazilian hedge funds during the financial crisis. Brazilian Review of Finance, v. 9, n. 4, p. 525-548, 2011.

LANZANA, A. P. Relação entre disclosure e governança corporativa das empresas brasileiras. 2004. Dissertação de mestrado, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil.

LI, H.; ZHANG, X.; ZHAO. R. Investing in Talents: Manager Characteristics and Hedge Fund Performances. Journal of Financial and Quantitative Analysis, v. 46, p. 59–82; 2011.

MALAQUIAS, R. F. Desempenho de Fundos Multimercados. 2012. Tese de doutorado, Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, SP, Brasil, 2012.

Malaquias, R. F.; Eid Jr. W. Eficiência de Mercado e Desempenho de Fundos Multimercados. Revista Brasileira de Finanças, 11(1), 119-142, 2013.

Malaquias, R. F.; Eid Jr., W. Fundos Multimercados: Desempenho, Determinantes do Desempenho e Efeito Moderador. Revista de Administração Mackenzie, v. 15, n. 4, 135-163, 2014.

MILANI, B.; CERETTA, P. S. Tamanho e rentabilidade dos fundos brasileiros de investimento em ações. Revista Alcance, v. 19, n. 4, p. 461-475, 2013.

ROCHMAN, R. R.; EID JR, W. Fundos de investimento ativos e passivos no Brasil: comparando e determinando os seus desempenhos. In: 30º Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração. Anais... Salvador: ANPAD, 2006.

ROCHMAN, R. R.; EID JR., W. Insiders conseguem retornos anormais?: Estudos de eventos sobre as operações de insiders das empresas de governança corporativa diferenciada da Bovespa. In: 7º Encontro Brasileiro de Finanças. Anais... São Paulo: SBFin, 2007.

SIGGELKOW, N. Why focus? A study of intra-industry focus effects. The Journal of Industrial Economics, v.51, n.2, p.121-150, Jun 2003.

TIZZIANI, E.; KLOTZLE, M. C.; NESS JR., W. L.; MOTTA, L. F. The Disposition Effect in the Brazilian Equity Fund Industry. Brazilian Review of Finance, v.8, n.4, p.383-416, 2010.

Publicado
30-08-2017
Como Citar
Moreira, P. O., Tavares, V. B., & Malaquias, R. F. (2017). Performance e Foco do Gestor em Fundos Multimercados. RACE - Revista De Administração, Contabilidade E Economia, 16(2), 633-654. https://doi.org/10.18593/race.v16i2.12250