Impacto dos Ratings de crédito nas ações de empresas de capital aberto no Brasil

  • Rafaela Augusta Cunha Silveira Universidade Federal de Minas Gerais
  • Renata Turola Takamatsu Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Bruna Camargos Avelino Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Resumo

Resumo

 

O rating de crédito expressa uma opinião, por intermédio de escalas, sobre a qualidade do crédito de empresas, utilizado-a como medida de avaliação de risco no mercado. Agências de classificação de risco de crédito, como a Moody’s, divulgam os ratings que atribuem às empresas. Primeiramente, essas agências emitem o new rating, que representa o primeiro rating da companhia, e, posteriormente, essa emissão pode apresentar variações, denominadas upgrades e downgrades, relativas a boas e más notícias, respectivamente. Além disso, os ratings podem ser colocados em uma Watchlist quando, em breve, pode haver uma mudança do rating para downgrade ou para upgrade. O objetivo com este estudo consistiu, diante do que foi tratado, em abordar o impacto do rating de crédito sobre os preços das ações de empresas listadas na bolsa de valores brasileira. Para alcançar o objetivo proposto, foi analisada uma amostra de 44 empresas comercializadas na BM&FBovespa e 65 ratings nacionais de longo prazo emitidos pela Moody’s entre 2000 e 2015. Utilizou-se a metodologia de estudo de eventos, com os retornos normais calculados pelo modelo de retornos ajustados ao risco e ao mercado, e o Teste-F e o Teste-T para verificar a significância dos resultados. As análises finais evidenciaram que os preços das ações não são afetados de forma significativa pelas divulgações dos new ratings, downgrades, upgrades, on watch – possible downgrades e on watch – possible upgrades em nenhuma janela do evento, indicando que os ratings, para a amostra analisada, não trazem novas informações ao mercado.

Palavras-chave: Ações. Rating. Estudo de eventos. Retornos anormais.

 

Abstract

 

Credit ratings are used as a mean to investors get new information on the companies by reducing the information asymmetry in the market. Thus, the rating is an important mean of business information with investors, enabling share prices relating to companies react to it. Branches of credit rating as Moody's, disclose the ratings they assign to companies. First, the agency issues the new rating, which represents the company's first rating, then this issue may vary, upgrades and downgrades calls relating to good and bad news respectively. In addition, the ratings could be placed in a Watchlist when, soon there may be a change to the rating downgrade or upgrade. The purpose of this study was to discuss the impact that the credit rating has on stock prices of companies listed on the Brazilian stock exchange. For a sample of 44 companies traded on BM&FBovespa and 65 long-term national ratings issued by Moody's between 2000 and 2015, we used the event study methodology, with normal returns calculated by the model of returns adjusted for risk and market the F-Test and T-Test to test the significance of the results. The final analysis showed that stock prices are not significantly affected by the disclosures of new ratings, downgrades, upgrades, on watch – possible downgrades and on watch – possible upgrades in any event window, indicating that the ratings do not bring new information to the market.

Keywords: Stocks. Rating. Event studies. Abnormal returns.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafaela Augusta Cunha Silveira, Universidade Federal de Minas Gerais

Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Av. Antonio Carlos, 6627, Pampulha, 31270-901- Belo Horizonte/MG

Renata Turola Takamatsu, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Doutora em Controladoria e Contabilidade (FEA/USP)

Professora Adjunta do Departamento de Ciências Contábeis da UFMG

Av. Antonio Carlos, 6627, Pampulha, 31270-901- Belo Horizonte/MG
Bruna Camargos Avelino, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Doutora em Controladoria e Contabilidade (FEA/USP)

Professora Adjunta do Departamento de Ciências Contábeis da UFMG

Av. Antonio Carlos, 6627, Pampulha, 31270-901- Belo Horizonte/MG

Publicado
30-08-2017
Como Citar
Silveira, R. A. C., Takamatsu, R. T., & Avelino, B. C. (2017). Impacto dos Ratings de crédito nas ações de empresas de capital aberto no Brasil. RACE - Revista De Administração, Contabilidade E Economia, 16(2), 573-602. https://doi.org/10.18593/race.v16i2.10556

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##