ATIVIDADE CREPUSCULAR DE MOSQUITOS (DIPTERA: CULICIDAE) DOS GÊNEROS Anopheles E Mansonia NO PARQUE MUNICIPAL RIO DO PEIXE, JOAÇABA, SC

Autores

  • Elton Orlandin
  • Emili Bortolon dos Santos
  • Mônica Piovesan
  • Mário Arthur Favretto
  • André Henrique Schneeberger
  • Vilmar de Oliveira
  • Gerson Muller

Resumo

Os gêneros de culicídeos Anopheles e Mansonia possuem espécies com potencial vetorial de causadores de doenças como a malária e as arboviroses. São mosquitos de hábito preferencialmente crepuscular e noturno, cujos criadouros são formados a partir do acúmulo de água sobre o solo (e.g. poças d’água e lagos); as larvas de Mansonia respiram a partir de sua fixação nos tecidos vegetais de plantas aquáticas, retirando seu oxigênio do parênquima aerífero destas. O objetivo deste estudo foi verificar a atividade crepuscular de mosquitos dos gêneros Anopheles e Mansonia no Parque Municipal Rio do Peixe. Para isso, foram utilizados armadilha de Shannon com lampião e sugadores de Castro. As coletas foram realizadas no período entre novembro de 2013 e abril de 2014, com frequência mensal, sendo as capturas efetuadas durante o pré-crepúsculo, endocrepúsculo e pós-crepúsculo, com 30 minutos de duração cada, totalizando um esforço amostral de nove horas. Após a coleta, os espécimes foram levados ao Laboratório de Vetores e Reservatórios de Agentes Infecto-Parasitários, na Unoesc de Joaçaba, onde foram montados em alfinetes entomológicos com dupla montagem, e posteriormente identificados com auxílio de lupa estereoscópica e chaves dicotômicas. Foram coletados 53 mosquitos adultos, sendo 32 (60,38%) do gênero Anopheles e 21 (39,62%) do gênero Mansonia. Desse total, 22,7% foram encontrados durante o período pré-crepuscular, 72,72% de Anopheles e 27,28% de Mansonia. No endocrepúsculo, foram coletados 1,9% do total de Culicidae, sendo todos eles pertencentes ao gênero Anopheles, e no período pós-crepúsculo foram registrados 75,4% dos Culicidae, sendo 56,89% de Anopheles e 43,11% de Mansonia. As espécies encontradas foram: An. lutzi, An. benarrochi, An. intermedius, An. strodei, Mansoniatitillans e Ma. pseudotitillans. Assim, o presente estudo identificou uma maior atividade de mosquitos adultos dos gêneros Anopheles e Mansonia no período pós-crepúsculo, além de identificar espécies consideradas vetores secundários do Plasmodium, como An. benarrochi e An. intermedius.

Palavras-chave: Hematofagia. Malária. Santa Catarina. 

Downloads

Publicado

21-05-2014

Como Citar

Orlandin, E., dos Santos, E. B., Piovesan, M., Favretto, M. A., Schneeberger, A. H., de Oliveira, V., & Muller, G. (2014). ATIVIDADE CREPUSCULAR DE MOSQUITOS (DIPTERA: CULICIDAE) DOS GÊNEROS Anopheles E Mansonia NO PARQUE MUNICIPAL RIO DO PEIXE, JOAÇABA, SC. Jornada Integrada Em Biologia, 10. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/jornadaintegradaembiologia/article/view/4726

Edição

Seção

Resumos