Encefalocele occipital: revisão bibliográfica com um relato de caso

Palavras-chave: Malformações, Tubo neural, Herniação do cérebro

Resumo

Os defeitos do sistema nervoso acometem 1 a 10:1.000 dos nascidos vivos e são as malformações mais comuns detectadas nos fetos, sendo a maioria delas diagnosticada pelo ultrassom do segundo trimestre da gestação. A encefalocele, que consiste na herniação do cérebro e/ou das meninges através de um defeito na calota craniana, está entre os quatro principais defeitos do fechamento do tubo neural durante o desenvolvimento embrionário. Assim, o objetivo deste estudo foi realizar uma revisão de literatura sobre encefalocele occipital e apresentar um relato de caso de natimorto diagnosticado com essa malformação. Para a revisão bibliográfica foram consultadas bases de dados nacionais e internacionais referentes ao período de dezembro de 2016 a agosto de 2018; já no relato de caso fez-se a descrição de exames clínicos e imaginológicos, bem como a evolução clínica da paciente. Parte das anomalias relacionadas aos defeitos de fechamento do tubo neural, como a encefalocele, não apresenta uma causa específica conhecida, dessa forma, faz-se necessária a divulgação de estudos explorando de forma detalhada esse tema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Emanuelle Bernardi Mozzer, Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc)

Área das Ciências da Vida - Medicina

Referências

Ramos AP, Oliveira MND, Cardoso JP. Prevalência de malformações congênitas em recém-nascidos em hospital da rede pública. Rev.Saude.Com. [Internet] 2008 [citado 2017 jan 16];4(1):27-42. Disponível em: http://www.uesb.br/revista/rsc/v4/v4n1a04.pdf

Horovitz DDG, Llerena JCL, Jr., Mattos RA. Atenção aos defeitos congênitos no Brasil: panorama atual. Cadernos de Saúde Pública. 2005;21(4):1055-64. doi: 10.1590/S0102-311X2005000400008

Aguiar MJB, Campos AS, Aguiar RALP, Lana AMA, Magalhães RL, Babeto L T. Defeitos de fechamento do tubo neural e fatores associados em recém-nascidos vivos e natimortos. J.Pediatr. 2003;79(2):129-34. doi: 10.1590/S0021-75572003000200007

Almeida LFG, Araújo JE, Crot GC, Okido MM, Berezowski AT, Duarte G et al. Epidemiological Risk Factors and Perinatal Outcomes of Congenital Anomalies. Rev. Bras. Ginecol. Obstet. 2016;38(7):348-55. doi: org/10.1055/s-0036-1586160

Barros ML, Campos AD, Aguiar RALP, Lana AMA, Magalhães RL, Babeto LT. Malformações do sistema nervoso central e malformações associadas diagnosticadas pela ultrassonografia obstétrica. Radiol Bras. 2012 12;45(6):309-14. doi: 10.1590/S0100-39842012000600005

Arena, JF. Encephalocele. Nord - National Organization for Rare Disorders [Internet]. 2012 [citado 2016 dez 27]. Disponível em: https://rarediseases.org/rare-diseases/encephalocele/.

Sharma R, Radswiki et al. Encephalocele. [Internet] [citado 2016 dez. 27]. Disponível em: https://radiopaedia.org/articles/encephalocoele

Paz GJ, Laborde YS, Montejo WAF. Diagnóstico ecográfico del encefalocele. MEDISAN [Internet]. 2013 [citado 2016 dez 21];17(5):871-6. Disponível em: <http://scielo.sld.cu/pdf/san/v17n5/san18175.pdf

Yucetas S, Uçler N. A Retrospective Analysis of Neonatal Encephalocele Predisposing Factors and Outcomes. Pediatr Neurosurg. 2017;52:73-6. doi: 10.1159/000452805

Souza LMM, Diniz CP, Souza ASR, Oliveira MAS, Noronha C, Neto. Ácido fólico na prevenção de gravidez acometida por morbidade fetal: aspectos atuais. Femina [Internet]. 2009 [citado 2018 ago 4];10;37(10):569-75. Disponível em: http://files.bvs.br/upload/S/0100-7254/2009/v37n10/a010.pdf

Brasil. Atenção ao pré-natal de baixo risco. Brasília; 2012.

Vita S. Encefalocele occipital: Reporte de un caso. RFM [Internet]. 2008 [citado 2016 dez 21]6;31(1):70-4. Disponível em: http://www.scielo.org.ve/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0798-04692008000100011&lng=es&nrm=iso

Oliveira ALB, Azevedo MJA, Sanseverino MTV. Epidemiologia dos defeitos de fechamento do tubo neural no Hospital de Clinicas de Porto Alegre [monografia] [Internet]. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul; 2008. [citado 2017 jan. 26]. Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/13567

Siffel C, Wong LY, Olney RS, Correa A. Survival of infants diagnosed with encephalocele in Atlanta, 1979-98. Paediatr Perinat Epidemiol. [Internet] 2003 [citado 2017 jan 23];17(1):40-8. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12562471

Schupp TR, Miyadahira S, Zugaib M. Qual é a conduta atual no óbito fetal? Revista da Associação Médica Brasileira. 2002;48(4):284-4. doi: 10.1590/S0104-42302002000400017

Publicado
28-06-2019
Como Citar
Bernardi Mozzer, E., de Bortoli Bonatto, K. Z., Mezzomo Debiasi, M., & Maurer D’Agostini, F. (2019). Encefalocele occipital: revisão bibliográfica com um relato de caso. Evidência - Ciência E Biotecnologia, 19(1), 73-84. https://doi.org/10.18593/eba.v19i1.20592