Identificação e avaliação da susceptibilidade a antimicrobianos de sorotipos de salmonella sp. De uma cadeia produtiva de frangos de corte do Sul do Brasil

Palavras-chave: Resistência, Patógeno, Aviário, Florfenicol

Resumo

O setor avícola brasileiro vem ganhando cada vez mais competitividade. Mas, entre as principais preocupações estão as doenças veiculadas por alimentos-DTAs. Salmonella se destaca entre os agentes biológicos veiculados por alimentos. Outra questão associada a patógenos é o aumento da resistência bacteriana aos antimicrobianos. Nesta pesquisa buscou-se identificar e caracterizar isolados de sorotipos de Salmonella sp. de uma cadeia produtiva de frango de corte, analisando o perfil de susceptibilidade a antimicrobianos. Amostras de frango foram obtidas de ambiente aviário, de cadeia produtiva no Sul do Brasil. Foram isoladas 23 linhagens de Salmonella enterica subesp. enterica sorotipo Heidelberg:n=16, e outras pertencentes aos sorotipos: Agona (n=1); Cubana (n=1) Virchow (n=1) Rissen (n=1); Schwarzengrund (n=1); M.Bandaka (n=1) e Anatum (n=1). O perfil de susceptibilidade antimicrobiana foi testado por disco difusão em ágar Mueller-Hinton, com os antimicrobianos: Fosfomicina 200µg, Ceftiofur 30µg, Norfloxacina 10µg, Ciprofloxacina 5µg, Enrofloxacina 5µg, Gentamicina 10µg, Neomicina 30µg e Florfenicol 30µg. S. enterica subsp. enterica sorotipo Typhimurium CCCD-S004 foi utilizada como padrão/controle. A incubação foi realizada a 35±1° C/24h. Florfenicol foi o antibiótico no qual houve maior número de linhagens resistentes (8,7%). O sorotipo Salmonella Schwarzengrund foi resistente também a vários antimicrobianos. Salmonella sp. é recorrente na cadeia produtiva de frango de corte e a resistência aos antimicrobianos exige monitoramento constante e novas medidas de controle de disseminação do patógeno.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafaela Ansiliero, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Acadêmica Cursop Bacharelado em Biotecnologia Industrial

Bolsista CNPq_PIBIC

Jane Lafayette Neves Gelinski, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Professora

Mestre em Genética -UFRGS

Doutora em Ciência dos Alimentos-USP

Referências

Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). Relatório anual 2018. Available from: http://abpa-br.com.br/storage/files/relatorio-anual-2018.pdf

Figueiredo AVA. Riscos emergentes dos alimentos: frangos de corte e sua relação com a presença de Salmonella sp. [dissertação]. Jataí: Universidade Federal de Goiás; 2018.

Lima LA. Manejo sanitário de aviário de Pequeno porte de regulação, conflitos e tensões; uma experiência brasileira [tese]. Brasília, DF: Universidade de Brasília, Brasília, DF; 2014.

Cardoso ALP, Kanashiro AMI, Stoppa GFZ, Castro AGM, Luciano RL, Tessar ENC.

Prevalence of Salmonella enteritidis isolated of drag swabs in poultry houses of broiler chickens. Rev Cient Eletr Med Vet. 2013;20:1-15.

Telles CT. Rastreabilidade e certificação de produtos de origem animal [especialização]. Curitiba: Universidade Federal do Paraná; 2016.

Hoelzer K, Switt AIM, Wiedmann M. Animal contact as a source of human non-typhoidal salmonellosis. Vet Res. 2011;42:27.

Silva EM, Duarte A. Salmonella Enteritidis em Aves: retrospectiva no Brasil. Rev Bras Cienc Avic. 2002;4(2):85-100.

Brasil. Ministério da Saúde. Manual Técnico de Diagnóstico Laboratorial da Salmonella Sp. Brasília: Ministério da Saúde; 2011, 60p. Available from: http://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2014/dezembro/15/manual-diagnostico-salmonella-spp-web.pdf

World Health Organization (WHO). Salmonella (non-typhoidal). 2018. Available from:

https://www.who.int/en/news-room/fact-sheets/detail/salmonella-(non-typhoidal)

Almeida AS. Salmonella Heidelberg em aves e na saúde pública [trabalho de conclusão de curso]. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul; 2018.

Lourenço MC. Alterações histológicas e imunológicas em frangos desafiados com diferentes sorovares de Salmonella entérica [tese]. Curitiba: Universidade Federal do Paraná; 2016.

Dougnon TV, Bankolé HS, Johnson RC, Houmanou G, Souza M, Borba-Moussa L, et al. Review on the problematic of Salmonellosis and interests of traditional herbs in the treatment. Clinical Microbiol. 2016;5(3):1-4.

Vaz AN. Pesquisa de Salmonella em mutuns (mitu mitu) mantidos em cativeiro. Ciênc Anim Bras. 2015;16(1):68-72.

Lima AL, Rodrigues DP, Araújo MS, Reis EMF, Festivo ML, Rodrigues ECP, et al. Sorovares e perfil de suscetibilidade a antimicrobianos em Salmonella sp. Isoladas de produtos de origem. Arq Bras Med Vet e Zoo. 2016;68(1):39-47.

Mota RA, Silva KPC, Freitas MFL, Porto WJN, Silva LBG. Utilização indiscriminada de antimicrobianos e sua contribuição à multirresistência bacteriana. Braz J Vet Res Anim Sci. 2005;42(6):465-470.

Black JG. Microbiologia: fundamentos e perspectivas. 4a ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2002.

Arias MVB, Carrilho CMDM. Antimicrobial resistance in animals and in human being. There is reason for concern? Semina. 2012;33(2):775-790.

Madigan MT, Martinko JM, Bender KS, Buckley DH, Stahl DA. Microbiologia de Brock. 14th ed. Porto Alegre: Artmed; 2016.

Foley SL, Johnson TJ, Ricke SC, Nayak R, Danzeisen J. Salmonella pathogenicity and host adaptation in chicken-associated serovars. Microbiol Mol Biol Rev. 2013;77(4):582-607.

Oliveira RW, Santos MR, Martins Sobrinho GK, Aragão NVBT. Importância da Enfermagem na antibioticoterapia do Paciente Portador de Infecções por Bactérias Multirresistentes: uma Revisão Integrativa. In: Anais do Congresso Internacional de Enfermagem. Universidade Tiradentes. Maio 6-10, 2017. Aracajú, Sergipe, Brasil; 2017. Disponível em: https://eventos.set.edu.br/index.php/cie/article/view/5751/2181

Perin AP. Ocorrência e quantificação de Salmonella sp. em cortes de frango congelados: levantamento epidemiológico no Estado do Paraná e perfil de suscetibilidade e antimicrobianos [dissertação]. Palotina: Universidade Federal do Paraná; 2017.

Mattiello SP. Caracterização da resistência a antimicrobianos em isolados de Salmonella enterica provenientes de materiais de origem avícola [dissertação]. Porto Alegre: Universidade Católica do Rio Grande do Sul; 2013.

Dutil L, Irwin R, Finley R, King LN, Avery B, Boerlin P, et al. Ceftiofur resistance in Salmonella enterica serovar Heidelberg from chicken meat and humans, Canada. Emerg Infect Dis. 2010;16(1):48.

Bacteriological Analytical Manual, Food and Drug Admistration (BAM/FDA) [Internet]. . Salmonella. In: Andrews WH, Hammack TS. Food and Drug Administration, USA. Bacteriol Anal Man [on-line] 2007. cap. 5. Available from:

https://www.fda.gov/food/foodscienceresearch/laboratorymethods/ucm070149.htm

Clinical Laboratory Standards Institute. M100-S23: Performance Standards for Antimicrobial Susceptibility Testing. Wayne, PA, USA: Twenty-Third Informational Supplement; 2013. Available from: file:///C:/Users/Usu%C3%A1rio/Downloads/CLSI2013.pdf

Scheffmarcher MGC, Gelinski JMLN, Baratto CM. Linhagens de Salmonella Heidelberg sem motilidade em meio semi-sólido Rappaport Vassiliadis Modificado. In: Anais do Seminário de Iniciação Científica, Seminário Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão e Mostra Universitária. Set 14-15, 2017. Videira, Santa Catarina, Brasil; 2017. p. 1. Disponível em: https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/14858

Pandini JA, Silva Pinto FG, Muller JM, Weber LD, Moura AC Occurrence and antimicrobial resistance profile of Salmonella sp. serotypes isolated from poultry farms in Paraná, Brazil. Arq Inst Biol. 2015;82:1-6. doi: http://dx.doi.org/10.1590/1808-1657000352013

Moraes DMC, Andrade MA, Minafra-Rezende CS, Barnabé ACS, Jayme VS, Nunes IA, et al. Sources of infection and antimicrobial susceptibility profile of Salmonella sp. isolated in broiler production flow. Arq Inst Biol. 2014;81(3):195-201.

Bassani J. Eficácia de sanitizantes e susceptibilidade antimicrobiana de Salmonella Heidelberg isoladas de fontes avícolas em 2006 e 2016 [dissertação]. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul; 2017.

Baptista, MGFM. Mecanismos de resistência a antibióticos [dissertação]. Portugal: Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologia, Faculdade de Ciências e Tecnologias da Saúde; 2013.

Brasil. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Relatório de Pesquisa em Vigilância Sanitária de Alimentos. Brasília, DF: Anvisa; 2012. Disponível em:

http://portal.anvisa.gov.br/documents/33916/395481/Relat%25C3%25B3rioPrebaf-vers%25C3%25A3ofinal-ar2012.pdf/f6bb5296-e633-4f7b-b81f-48a99430da6a

Zhao S, White DG, Friedman SL, Glenn A, Blickenstaff K, Ayres SL, et al. Antimicrobial resistance in Salmonella enterica serovar Heidelberg isolates from retail meats, including poultry, from 2002 to 2006. Appl Env Microbiol. 2008;74(21):6656-6662.

Publicado
28-06-2019
Como Citar
Ansiliero, R., Gelinski, J. L. N., & Scheffmacher, M. G. C. (2019). Identificação e avaliação da susceptibilidade a antimicrobianos de sorotipos de salmonella sp. De uma cadeia produtiva de frangos de corte do Sul do Brasil. Evidência - Ciência E Biotecnologia, 19(1), 57-72. https://doi.org/10.18593/eba.v19i1.20513

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 > >>