O Tribunal para a antiga Iugoslávia na formação da norma da responsabilidade individual por graves violações de direitos humanos: tensões entre direitos humanos e princípios penais liberais

  • Renata Reverendo Vidal Kawano Nagamine Faculdade de Direito da USP

Resumo

Resumo: Neste artigo pretendeu-se analisar como o Tribunal Penal Internacional para a antiga Iugoslávia concorreu para consagrar uma concepção de justiça global que toma o direito internacional penal como coextensivo aos direitos humanos. Nele, parte-se de um estudo da cientista política Kathryn Sikkink sobre a formação da norma da responsabilidade criminal individual por graves violações de direitos humanos para explorar as tensões entre princípios penais e normas de direitos humanos naquele que foi o primeiro tribunal penal internacional desde o Tribunal de Nuremberg. Para tanto, analisam-se as primeiras decisões do Tribunal para a antiga Iugoslávia, tomadas entre os anos 1995 e 2000, com foco nas formulações sobre crimes contra a humanidade e legalidade pelos juízes de primeira e segunda instâncias do Tribunal. Palavras-chave: Direitos humanos. Jurisdição internacional penal. Crimes contra a humanidade. Legalidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Reverendo Vidal Kawano Nagamine, Faculdade de Direito da USP

Mestre e Doutoranda em Direito pela Faculdade de Direito da USP

Pesquisadora colaboradora no Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap)

Referências

ARTHUR, Paige. How “transitions” reshaped human rights: A conceptual history of transitional justice. Human Rights Quarterly, 31(2), 321:367, 2009.

FINNEMORE, Martha; SIKKINK, Kathryn. International norm dynamics and political change. International Organization, 52, 887:917, 1998.

ICTY. Prosecutor v. Tihomir Blaskic. Judgment, IT-95-14-T, 3 March 2000.

ICTY. Prosecutor v. Drazen Erdemovic. Judgment, IT-96-22-T, 29 Nov. 1996.

ICTY. Prosecutor v. Zejnil Delalic et al. Judgment, IT-96-21-T, 16 Nov. 1998.

ICTY. Prosecutor v. Msksic, Radic and Sljivancanin. Review of Indictment pursuant to Rule 61 of the Rules of Procedure and Evidence, IT-95-13-R61, 3 April 1996.

ICTY. Prosecutor v. Dragan Nikolic. Review of Indictment pursuant to Rule 61 of the Rules of Procedure and Evidence, IT-94-2-R61, 20 Oct. 1995.

ICTY. Prosecutor v. Dusko Tadic. Decision on the Defence Motion for Interlocutory Appeal on Jurisdiction, 2 october 1995.

ICTY. Prosecutor v. Dusko Tadic. Judgment, IT-94-1-T, 7 May 1997.

KECK, Margaret; SIKKINK, Kathryn. Activists beyond borders: Advocacy networks in international politics. Ithaca-London, Cornell University Press, 1998.

KELLY, Tobias. This side of silence: Human rights, torture, and the recognition of cruelty. Philadelphia, University of Pennsylvania, 2012.

KEYS, Barbara J. Reclaiming American virtue: The human rights revolution of the 1970s. Cambridge-London, Harvard University Press. (versão Kindle), 2014.

MÉGRET, Frédéric. À quoi sert la justice pénale internationale? Disponível em http://ssrn.org/abstract=2161053, acessado em 17 de maio de 2014.

MORENO-OCAMPO, Luís. The Nuremberg parallel in Argentina. Journal of International Criminal Justice, 11, 357:9, 1990.

MOYN, Samuel. The last utopia: Human rights in history. Cambridge-London, Belknap Press-Harvard University Press, 2010.

MOYN, Samuel. Human rights and the use of history. London-NewYork, Verso. (versão Kindle), 2014.

SCHABAS, William. Unimaginable atrocities: Justice, politics, and rights at the war crimes tribunals. Oxford, Oxford University Press. (versão Kindle), 2012.

SIKKINK, Kathryn. The justice cascade: How human rights prosecutions are changing world politics. New York-London, W. W. Norton&Company, 2011.

VEÇOSO, Fabia Fernandes Carvalho Veçoso. Entre absolutismo de direitos humanos e história contextual: Aspectos da experiência da Corte Interamericana de Direitos Humanos. Tese de doutorado. Universidade de São Paulo, 2012.

Publicado
20-12-2016
Como Citar
Nagamine, R. R. V. K. (2016). O Tribunal para a antiga Iugoslávia na formação da norma da responsabilidade individual por graves violações de direitos humanos: tensões entre direitos humanos e princípios penais liberais. Espaço Jurídico Journal of Law [EJJL], 17(3), 779-796. https://doi.org/10.18593/ejjl.v17i3.9247
Seção
Direitos humanos e cenário internacional