Estado Federal Brasileiro: centralismo, impropriedades normativas e algumas relações com os novos direitos

  • Aristides Cimadon

Resumo

O presente artigo traz algumas observações sobre o federalismo brasileiro. Procura relacionar a impropriedade da legislação que impede, de certa forma, a autonomia dos Entes federados para buscar soluções dos problemas locais. Faz uma abordagem sobre o Estado de Direito brasileiro, cujas políticas de governo pretendem equacionar os problemas por intermédio do princípio da legalidade, sendo a Constituição o principal instrumento normativo. Por outro lado, alerta a respeito dos perigos da interpretação normativa com decisões dos juízes e tribunais fundamentadas, primordialmente, nos princípios constitucionais. São abordados alguns instrumentos legais, como mecanismos de proteção aos direitos fundamentais individuais e sociais.

Palavras-chave: Estado Federal. Estado de Direito. Democracia. Separação dos Poderes. Direitos Fundamentais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Cimadon, A. (2010). Estado Federal Brasileiro: centralismo, impropriedades normativas e algumas relações com os novos direitos. Espaço Jurídico Journal of Law [EJJL], 11(1), 91-106. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/espacojuridico/article/view/1940