Estado, soberania e poder: uma visão a partir da sociedade internacional

  • Silvana Colombo

Resumo

A partir da Paz de Vestfália, em  1648, o Estado Moderno se consolida na sociedade internacional como seu principal ator e também como poder soberano,  livre de qualquer vínculo de dependência a outros poderes inferiores ou superiores. Desta forma, nas páginas que seguem, procede-se um estudo do Estado Moderno. É que a Paz de Vestfália não apenas marcou a  derrocada da supremacia da Igreja e do Império e, portanto, da descentralização do poder, mas também assinalou o surgimento da sociedade internacional moderna integrada por Estados iguais, independentes e soberanos

Palavras-chave: Estado. Soberania. Paz de Vestfália. Sociedade Internacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Colombo, S. (2010). Estado, soberania e poder: uma visão a partir da sociedade internacional. Espaço Jurídico Journal of Law [EJJL], 8(1), 61-74. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/espacojuridico/article/view/1891
Seção
Artigos