O caso Belo Monte: desenvolvimento humano de povos indígenas e tecnopolítica de geração de energia

Resumo

Resumo: O presente estudo de caso está dividido em quatro momentos. O primeiro momento destina-se à apresentação do histórico político-institucional da Usina de Belo Monte, no Pará. O segundo momento expõe os detalhes da Ação Civil Pública, ajuizada pelo Ministério Público Federal, e que contesta os procedimentos formais e materiais que autorizaram os estudos ambientais e antropológico de oitiva das comunidades afetadas, nos termos do § 3º do art. 231 da Constituição Federal. A ação foi escolhida como objeto de estudo, pois foi a primeira medida judicial que teve uma decisão do Supremo Tribunal Federal autorizando os estudos sob o fundamento de possível lesão à ordem pública e à economia pública. O terceiro momento articula o conteúdo das decisões proferidas pelo Poder Judiciário no trâmite da Ação Civil Pública, com destaque à posição da Corte Constitucional. O quarto momento apresenta considerações técnico-jurídicas que foram extraídas da análise dos documentos que compunham o presente estudo.

Palavras-chave: Direito. Tecnopolítica. Desenvolvimento Humano. Megaobras. Indígenas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Faria Silva, Universidade Positivo
Doutor em Direito pela Universidade Federal do Paraná (2011). Professor Doutor Titular de Direito Constitucional da Universidade Positivo.
Anderson Marcos Santos, Universidade Positivo

Doutor em Sociologia pela Unicamp. Professor Doutor de Sociologia e Antropologia da Universidade Positivo.

Referências

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA – ANEEL. Potencial hidrelétrico brasileiro. Em: Energia hidráulica. Brasília: DF, s.d. Disponível em: http://www.aneel.gov.br/aplicacoes/atlas/energia_hidraulica/4_3.htm. Acessado em: 20 de dezembro de 2016.

BRASIL. CONGRESSO NACIONAL. Decreto Legislativo n.º 788, de 13 de julho de 2005. Autoriza o Poder Executivo a implantar o Aproveitamento Hidroelétrico Belo Monte, localizado em trecho do Rio Xingu, no Estado do Pará, a ser desenvolvido após estudos de viabilidade pela Centrais Elétricas Brasileiras S.A. - Eletrobrás. Brasília, DF, 2005. Disponível em:< http://legis.senado.gov.br/legislacao/ListaTextoIntegral.action?id=231371>. Acessado em: 20 de janeiro de 2017.

BRASIL. PALÁCIO DO PLANALTO. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília: DF, 2000. Disponível em <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm>. Acessado em: 5 de fevereiro de 2017.

BRASIL. PALÁCIO DO PLANALTO. Decreto n.º 96.652, de 6 de setembro de 1988. Aprova o Plano Nacional de Energia Elétrica 1987/2010 - Plano 2010 -, fixa diretrizes e normas para concessão ou autorização de centrais geradoras de energia elétrica no País e dá outras providências. Brasília, DF, 2005. p. 56. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/1980-1989/D96652.htm>. Acessado em: 11 de novembro de 2016.

BRASIL. PALÁCIO DO PLANALTO. Decreto n.º 5.051, de 19 de abril de 2004. Promulga a Convenção no 169 da Organização Internacional do Trabalho - OIT sobre Povos Indígenas e Tribais. Brasília, DF. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/decreto/d5051.htm>. Acessado em: 2 de fevereiro de 2017.

BRASIL. PALÁCIO DO PLANALTO. Potencial hidrelétrico brasileiro está entre os cinco maiores do mundo. Em: Portal Brasil. Brasília: DF, 2011. Disponível em: http://www.brasil.gov.br/infraestrutura/2011/12/potencial-hidreletrico-brasileiro-esta-entre-os-cinco-maiores-do-mundo. Acessado em: 10 de fevereiro de 2017.

CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS - ELETROBRÁS. Atualização do Inventário Hidrelétrico da Bacia do Rio Xingu: alternativas locacionais de Belo Monte. 8892/00-3X-RL-0005-0. Rio de Janeiro: Eletrobrás, outubro de 2006. Disponível em: <https://www.eletrobras.com/ELB/services/DocumentManagement/FileDownload.EZTSvc.asp?DocumentID=%7B940DEA02-C135-4F1B-8FBE-79A196C7DDBE%7D&ServiceInstUID=%7B9F99B54C-E9F1-479F-A9B0-F08EFBF20600%7D> Acessado em: 11 de janeiro de 2017.

CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS - ELETROBRÁS. Atualização do Inventário Hidrelétrico da Bacia do Rio Xingu. Consolidação dos Estudos Realizados. Relatório Geral. Volume I – Texto. Tomo I. Processo Aneel n.º 48500.004313/05-47. 8892/00-10-RL-0001-0. Rio de Janeiro: Eletrobrás, outubro de 2007. p. 1-4.

CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS - ELETROBRÁS. Aproveitamento Hidrelétrico de Belo Monte: Relatório de Impacto Ambiental – RIMA. Rio de Janeiro: Eletrobrás, 2009. p. 46. Disponível em: http://www.eletrobras.com/ELB/data/Pages/LUMIS46763BB8PTBRIE.htm. Acessado em: 10 de janeiro de 2017.

ESTADO DO PARÁ. Mapa do Estado do Pará. Pará: PA, 2012. Disponível em: http://pa.gov.br/O_Para/opara.asp . Acessado em 10 de novembro de 2016.

FIGUEIRA NETTO, Carlos Alberto de Moya; FRANCO, Hélio Costa de Barros; REZENDE, Paulo Fernando Vieira. AHE Belo Monte: evolução dos estudos. Em: Comitê Brasileiro de Barragens - XXVII Seminário Nacional de Grandes Barragens. Pará: PA, 2007. Disponível em: http://www.eletrobras.gov.br/ELB/extranet/data/documents/storedDocuments/%7B5947E09B-BDF0-4A21-A48F-518B42072401%7D/%7BCA553E55-5660-4778-8CD7-6BCB07905B74%7D/AHE%20Belo%20Monte%20Evolu%E7%E3o%20dos%20Estudos.pdf. Acessado em: 10 janeiro de 2017.

INTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Consulta por Unidade da Federação. Brasília: DF, s.d. Em: Área territorial brasileira. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/geociencias/areaterritorial/principal.shtm. Acessado em: 20 de janeiro de 2017.

INTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Estados@. . Brasília: DF, 2015. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/estadosat/perfil.php?sigla=pa. Acessado em: 20 de janeiro de 2017.

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA – IPEA. O que é? Amazônia Legal. Em Revista Desafios do Desenvolvimento, Brasília, edição 44, ano 5, agosto de 2008. Disponível em: <http://www.ipea.gov.br/desafios/index.php?option=com_content&id=2154:catid=28&Itemid=23> Acessado em: 3 de fevereiro de 2017.

INSTITUTO SOCIOAMBIENTAL - ISA. Cronologia do Projeto. Especial Belo Monte. Disponível em: < http://www.socioambiental.org/esp/bm/hist.asp>. Acesso em: 16 de janeiro de 2017.

INSTITUTO SOCIOAMBIENTAL – ISA. Cronologia de um desastre anunciado. Em: Movimento Xingu Vivo para sempre. Publicado em 14 de outubro de 2010. Disponível em: http://www.xinguvivo.org.br/2010/10/14/cronologia-de-um-desastre-anunciado/. Acesso em: 02 de fevereiro de 2017.

JUSTIÇA FEDERAL DE 1ª INSTÂNCIA. SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DO PARÁ. SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE ALTAMIRA. VARA ÚNICA. Sentença do processo n.º 2006.39.03.000711-8. Juiz: Herculano Martins Nacif. Pará: Altamira, 27 de março de 2007. p. 4. Disponível em: <http://processual.trf1.jus.br/consultaProcessual/processo.php?proc=200639030007118&secao=ATM>. Acessado em: 06 de fevereiro de 2017.

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL. Ação Civil Pública Ambiental n.º 2006.39.03.000711-8. Procuradoria da República no Município de Altamira. Pará: Altamira, 2006.

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL. Ação civil pública ambiental com pedido de liminar. Processo n.º 2001.39.00.005867-6. Estado do Pará: Altamira. 2001.

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL. Ação civil pública combinada com ação de responsabilidade por ato de improbidade administrativa com requerimento de medida liminar. Processo n.º 2008.39.03.000071-9. Estado do Pará: Altamira. 2008.

PEREIRA, Ana Karine Pereira. Desenvolvimentismo, conflito e conciliação de interesses na política de construção de hidrelétricas na amazônia brasileira. Em: Texto para discussão. Ipea – Brasília: Rio de Janeiro, 2013. p. 19. Disponível em: <http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/2001/1/TD_1884.pdf> Acessado em: 10 de fevereiro de 2017.

SEVÁ FILHO, Arsenio Oswaldo; SWITKES, Glenn. Tenotã Mõ: alertas sobre as consequências dos projetos hidrelétricos no rio Xingu. 1ª ed. International Rivers Network. São Paulo, 2005.

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. Ação Direita de Inconstitucionalidade n.º 3.573/2005. Ministro Relator: Carlos Ayres Britto. Brasília: DF, 2005. Disponível em: < http://www.stf.jus.br/portal/processo/verProcessoAndamento.asp?incidente=2319559>. Acessado em: 10 de janeiro de 2017.

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL.Reclamação Constitucional n.º 14404 MC / DF - Distrito Federal. Ministro Relator: Carlos Ayres Britto. Brasília: DF. 27 de agosto de 2012. Disponível em: < http://www.stf.jus.br/portal/jurisprudencia/listarJurisprudencia.asp?s1=%28%28reclama%E7%E3o+belo+monte%29%29+E+S%2EPRES%2E&base=basePresidencia>. Acessado em: 23 de janeiro de 2017.

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. Suspensão Liminar n.º 125. Ministra Relatora: Ellen Gracie. Brasília: DF, 2007. Disponível em: < http://www.stf.jus.br/portal/processo/verProcessoAndamento.asp?incidente=2400547>. Acessado em: 23 de janeiro de 2017.

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO. Agravo de Instrumento n.º 2006. 01.00.017736-8/PA. Desembargadora Federal Relatora: Selene Maria de Almeida. Brasília: DF. 24 de maio de 2006. Disponível em: <http://arquivo.trf1.jus.br/PesquisaMenuArquivo.asp?p1=200601000177368&pA=200601000177368&pN=170064520064010000> Acessado em: 30 de janeiro de 2017.

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO. Apelação Cível n.º 2006. 39.03.000711-8/PA. Desembargadora Federal Relatora: Selene Maria de Almeida. Brasília: DF. 14 de novembro de 2011. p. 8. Disponível em: <http://arquivo.trf1.jus.br/PesquisaMenuArquivo.asp?p1=200639030007118&pA=200639030007118&pN=7098820064013903>. Acessado em: 30 de janeiro de 2017.

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO. Apelação Cível n.° 0025999-75.2010.4.01.3900/PA. Desembargador Federal Relator: Souza Prudente. Brasília: DF, 2010. 26 de março de 2014. Disponível em: http://processual.trf1.jus.br/consultaProcessual/processo.php?secao=TRF1&proc=00259997520104013900&pg=1 Acessado em: 30 de janeiro de 2017.

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO. Embargos de Declaração n.º 2006. 39.03.000711-8/PA. Desembargador Federal Relator: Souza Prudente. Brasília: DF. 13 de agosto de 2012. p. 4-5. Disponível em: <http://arquivo.trf1.jus.br/PesquisaMenuArquivo.asp?p1=200639030007118&pA=200639030007118&pN=7098820064013903>. Acessado em: 30 de janeiro de 2017.

Publicado
28-04-2017
Como Citar
Silva, E. F., & Santos, A. M. (2017). O caso Belo Monte: desenvolvimento humano de povos indígenas e tecnopolítica de geração de energia. Espaço Jurídico Journal of Law [EJJL], 18(1), 243-276. https://doi.org/10.18593/ejjl.v18i1.13105