Análise de uma mistura de agregados para utilização em concretos rodados em obra

  • Alexandre Luiz de Matos Filho Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Fabiano Alexandre Nienov
Palavras-chave: Concreto rodado em obra, Empacotamento das partículas, Resistência à compressão

Resumo

Na região meio oeste de Santa Catarina grande parte das obras de construção civil é de médio e pequeno porte, sendo que em muitas delas o concreto ainda é rodado in loco, sem os cuidados necessários para atingir a resistência estipulada em projeto, fato que ocasiona inúmeras patologias construtivas. A fim de melhorar a qualidade dos concretos rodados em obra, uma pedreira da região passou a fornecer uma mistura pronta de agregados, utilizando brita 1, pedrisco, pó de pedra e areia. Através do presente trabalho, possibilitou-se avaliar a mistura de agregados de forma individual, global e suas propriedades no desenvolvimento de concreto. Inicialmente foi avaliada a mistura atual disponibilizada pela pedreira e posteriormente desenvolvido o empacotamento buscando uma nova mistura, mais densa e com menor índice de vazios que a atual. Também com relação ao esqueleto granular da mistura, desenvolveu-se um empacotamento teórico, a fim de avaliar a continuidade granulométrica da mesma, comparando-a as curvas propostas por Fuller e Thompson. Outra parte relevante deste trabalho foi a avaliação do desempenho desta mistura para a execução de concreto. Sendo desenvolvido um traço 1:3, variado sua relação a/c, e testado por dois métodos, um com os agregados secos em estufa e outro com a umidade dos materiais corrigida através do método da frigideira. Contudo foi possível concluir que a mistura atual é viável para aplicação em obra, visto as resistências apresentadas, embora possa ser melhorada em termos de empacotamento das partículas, aumentando sua massa específica, diminuindo seu índice de vazios e com isso melhorando seu comportamento com relação a sua continuidade granulométrica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Luiz de Matos Filho, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Engenharia Civil

Referências

ANDRIOLO, Francisco Rodrigues. Uso e abusos do pó de pedra em diversos tipos de concreto. In: SEMINÁRIO: O USO DA FRAÇÃO FINA DA BRITAGEM, 2., 2005, São Paulo. Anais [...]. São Paulo: EPUSP, 2005.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 45 – Agregados – Determinação da massa unitária e do volume de vazios. Rio de Janeiro, 2006.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 248 – Agregados – Determinação da composição granulométrica. Rio de Janeiro, 2003.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 5738 – Concreto – Procedimento para moldagem e cura de corpos-de-prova. Rio de Janeiro, 2016.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 5739 – Concreto – Ensaio de compressão de corpos-de-prova cilíndricos. Rio de Janeiro, 2007.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 12655 – Concreto de Cimento Portland: Preparo, controle e recebimento – Procedimento. Rio de Janeiro, 2015.

ASSUNÇÃO, José Wilson. Curvas de dosagem para concretos convencionais e aditivados confeccionados com materiais da região noroeste do Paraná. 2002. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2002.

CASTRO, Alessandra Lorenzetti de; LIBORIO, Jefferson Benedicto Libardi Libório; PANDOLFELLI, Victor Carlos. A influência do tipo de cimento no desempenho de concretos avançados formulados a partir do método de dosagem computacional. São Carlos: Universidade Federal de São Carlos, 2011.

MEHTA, P. Kumar; MONTEIRO, Paulo J. M. Concreto: microestrutura, propriedades e materiais. São Paulo: Ibracon, 2008.

MILITO, José Antonio de. Técnicas de construção civil e construção de edifícios. São Paulo: [s. l.], 2009. 303 p.

PETRUCCI, Eladio G. R. Concreto de cimento portland. 12. ed. São Paulo: Globo, 1993. 307 p.

REGINATO, Lucas Alexandre; TRENTIN, Liana Camila; PIOVESAN, Angela Zamboni. Utilização do método do empacotamento em dosagens de Concretos de Alta Resistência utilizando agregados britados do Meio Oeste Catarinense. In: CONGRESSO BRASILEIRO DO CONCRETO, 52., 2010, Fortaleza. Anais [...]. Fortaleza: IBRACON, 2010.

TUTIKIAN, Bernardo Fonseca; DAL MOLIN, Denise Carpen. Concreto Auto-Adensável. São Paulo: PINI, 2008.

VANDERLEI, Romel Dias; LIBÓRIO, Jeferson Benedicto L.; GIONGO, José Samuel. Análise da Microestrutura do Concreto de Pós Reativos. In: CONGRESSO BRASILEIRO DO CONCRETO, 49., 2007, Bento Gonçalves. Anais [...]. Bento Gonçalves: IBRACON, 2007.

Publicado
27-05-2020
Como Citar
Matos Filho, A. L. de, & Nienov, F. A. (2020). Análise de uma mistura de agregados para utilização em concretos rodados em obra. Conhecimento Em Construção, 7(1), 7-24. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/conhecconstr/article/view/23887