OLHARES SOBRE INFÂNCIA EM INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO INFANTIL NO MUNICÍPIO DE CHAPECÓ (SC)

Autores

  • Fatima Quadrado Caminero
  • Rosana Maria Badalotti

Resumo

 

Este artigo parte do pressuposto de que existem diferentes visões construídas socialmente sobre a infância. Buscou analisar as concepções de professores (as) sobre a infância, em instituições de Educação Infantil no município de Chapecó (SC). Para responder esta problemática tomamos como referencial teórico perspectivas que buscam compreender a infância e a criança em sua condição de ser histórico, político e cultural, produtor de cultura e novos conhecimentos, a exemplo, da Sociologia da infância. O estudo se caracteriza como qualitativo e como instrumentos metodológicos foram aplicadas entrevistas a cinco professores e dois coordenadores pedagógicos. Constatou-se que, os entrevistados apresentam concepções sobre a criança e infância, baseadas principalmente na Psicologia do desenvolvimento, estando ausente perspectivas teóricas como a Sociologia e a Antropologia da infância.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-09-08

Como Citar

Caminero, F. Q., & Badalotti, R. M. (2014). OLHARES SOBRE INFÂNCIA EM INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO INFANTIL NO MUNICÍPIO DE CHAPECÓ (SC). Colóquio Internacional De Educação, 2(1), 271–284. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/coloquiointernacional/article/view/5208

Edição

Seção

Eixo 2. Organização e gestão da educação básica e superior